Filmes por gênero

SANGUE DO MEU SANGUE (1949)

House of strangers
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La maison des étrangers (França)
La maison de la haine (Bélgica)
Amaro destino (Itália)
Odio entre hermanos (Espanha)
Sangre de mi sangre (Argentina, México, Chile, Colômbia)
Das haus des Hasses (Austria)
Blutsfeindschaft (Alemanha)
Lidelsernas hus (Suécia)
Vreemd in eigen huis (Holanda)
Дом посторонних (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Filme Noir
Direção: Joseph L. Mankiewicz
Roteiro: Philip Yordan
Produção: Sol C. Siegel
Música Original: Daniele Amfitheatrof
Fotografia: Milton R. Krasner
Edição: Harmon Jones
Direção de Arte: George W. Davis, Lyle R. Wheeler
Guarda-Roupa: Charles Le Maire
Maquiagem: Ben Nye
Efeitos Sonoros: Roger Heman Sr., W.D. Flick
Efeitos Especiais: Fred Sersen
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1952

Elenco

Edward G. Robinson Gino Monetti
Susan Hayward Irene Bennett
Richard Conte Max Monetti
Luther Adler Joe Monetti
Paul Valentine Pietro Monetti
Efrem Zimbalist Jr. Tony Monetti
Debra Paget Maria Domenico
Hope Emerson Helena Domenico
Esther Minciotti Theresa Monetti
Diana Douglas Elaine Monetti
John Kellogg Danny
Tito Vuolo Lucca
Argentina Brunetti Requerente
Tommy Garland Adversário de Pietro
Thomas Browne Henry Juiz
David Wolfe Promotor
Fred Hillebrand Detetive
Scott Landers Detetive
Dolores Castle Secretária
Charles McClelland Policial
Charles Flynn Guarda
John Butler Barman
Frank Wilcox

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Ator (Edward G. Robinson)

Indicações

Festival Internacional de Cannes, França

Grand Prix do Festival (Joseph L. Mankiewicz)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Gino Monetti é um rude imigrante italiano que vive em Nova Iorque e enriqueceu ao fundar um banco de empréstimos para seus compatriotas. Ele adora seu filho caçula Max, que se formou em advocacia, e despreza seus outros filhos, que trabalham como empregados no banco.

Embora noivo de uma linda garota italiana, Maria Domenico, Max passa a ter um caso com Irene, uma cliente por quem se apaixonou depois de se tornar seu advogado. Quando a mãe de Maria reclama da traição de Max, Gino afirma que o que um homem faz antes do casamento não diz respeito a ninguém. Maria jura nunca mais voltar a pensar em casamento, mas concordando com a sugestão de Gino de que o casamento venha a ocorrer na semana seguinte à páscoa, ela corre para os braços de Max e o beija apaixonadamente. Naquele mesmo dia, Irene sente que Max está preocupado e lhe diz que aquela será a última noite dos dois juntos. Uma semana depois, no entanto, ele volta ao apartamento dela, onde conhece Danny, com quem ela agora se acha comprometida. Ela evita que os dois iniciem uma briga e informa Max que seu pai telefonou à sua procura.

Ao ignorar a lei bancária que coíbe a agiotagem, Gino é julgado por práticas comerciais questionáveis. Max tenta subornar uma jurada para salvar seu pai, mas é preso e cumpre sete anos de prisão. Joe, o filho mais velho, assume o controle do Banco e seus irmãos Tony e Pietro passam a assessorá-lo como vice-presidentes.

Após cumprir sua pena, Max volta à casa da família, onde seu pai falecera cinco anos antes, sendo recebido pelos irmãos com champanhe, um charuto e mil dólares. Ele recusa a oferta, joga o dinheiro no lixo e vai até o apartamento luxuoso de Irene, que se mostra muito feliz com sua libertação. Logo depois, ao descobrir que ele tem planos para se vingar dos irmãos, ela lhe implora para que esqueça qualquer tipo de vingança e comece uma vida nova com ela em San Francisco. Assim, com a ajuda de Irene, ele percebe que seu pai foi o responsável por toda a tensão criada no seio da família.

Depois de se reconciliar com os irmãos, Max aguarda a chegada de Irene, quando, sorrindo, parte em seu conversível para San Francisco, onde os dois planejam começar uma nova vida juntos.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Joseph L. Mankiewicz, a partir de um roteiro escrito por Philip Yordan, “Sangue do meu Sangue” é um ótimo filme ‘noir’ produzido pela Twentieth Century Fox Film Corporation em 1949. Sua trama, baseada num romance de Jerome Weidman, consegue prender a atenção do espectador do início ao fim.

Sob a mão orientadora do brilhante diretor Mankiewicz, o filme é marcado pela magistral fotografia em preto e branco de Milton R. Krasner, bem como, pela excelente trilha sonora assinada pelo maestro e compositor russo Daniele Amfitheatrof.

No elenco, Edward G. Robinson brilha no papel de Gino Monetti, seguido pelas ótimas atuações de Richard Conte e Susan Hayward.

CAA