Filmes por gênero

O SENHOR DA GUERRA (1965)

The war Lord
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Le seigneur de la guerre (França)
Il principe guerriero (Itália)
El dios de la guerra (México)
El señor de la guerra (Espanha)
Die Normannen kommen (Alemanha)
De grymma och de tappra (Suécia)
Bóg wojny (Polônia)
Ridderen fra Normandiet (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Histórico
Direção: Franklin J. Schaffner
Roteiro: John Collier, Millard Kaufman
Música Original: Jerome Moross
Direção Musical: Joseph Gershenson
Coreografia: Kenny Williams
Fotografia: Russell Metty
Edição: Folmar Blangsted
Direção de Arte: Henry Bumstead, Alexander Golitzen
Figurino: Vittorio Nino Novarese
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: William Russell, Waldon O. Watson
Efeitos Visuais: Albert Whitlock
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 1994

Elenco

Charlton Heston Chrysagon
Richard Boone Bors
Rosemary Forsyth Bronwyn
Guy Stockwell Draco
Maurice Evans Padre
Niall MacGinnis Odins
James Farentino Marc
Henry Wilcoxon Príncipe frísio
Sammy Ross Volc
Woodrow Parfrey Piet
John Alderson Holbracht
Allen Jaffe Tybald
Michael Conrad Rainault
Dal Jenkins Dirck
Johnny Jensen Príncipe
Forrest Wood Homem de Chrysagon
Belle Mitchell Senhora idosa
Paul Frees Narrador (voz)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No século XI, Chrysagon, um senhor da guerra sob o Duque da Normandia, seu irmão Draco e seu companheiro Bors afastam os invasores Frísios de uma cidade litorânea. Chrysagon, que é responsável por manter a ordem na aldeia, encontra-se e se sente atraído por Bronwyn, uma jovem noiva de Marc, o filho do líder do vilarejo, Odins.

Ele aproveita-se do seu direito de ter privilégios com a noiva, na noite do casamento, e os dois terminam se apaixonando. Assim, quando se recusam a partir ao amanhecer, Marc busca vingança. Ele procura os frísios e os informa de que o filho do rei foi feito prisioneiro na aldeia. Enquanto os frísios preparam-se para o ataque, Draco sai à procura de reforços e retorna com a notícia de que está assumindo a posição do irmão.

Percebendo que não será capaz de manter o apoio dos normandos, enquanto Chrysagon estiver vivo, Draco organiza um duelo com seu irmão, mas é morto. Chrysagon, então, devolve a jovem para os frísios, e eles concordam em dar abrigo a Bronwyn. De repente, Marc ataca e o senhor da guerra, ferido, vai com Bors fazer as pazes com o Duque da Normandia.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Franklin J. Schaffner, “O Senhor da Guerra” é um razoável filme norte-americano de meados dos anos 1960.

Na direção, Schaffner realiza um trabalho não uniforme, com uma primeira metade marcada por um ritmo bastante lento. Seu roteiro se mostra até certo ponto inteligente, com destaque para as belas cenas de ação. Os cenários e a fotografia são razoavelmente bons.

No elenco, Charlton Heston e Richard Boone se sobressaem com ótimas atuações.

CAA