Filmes por gênero

CAMINHANDO SOB A CHUVA DE PRIMAVERA (1970)

A walk in the spring rain
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Chuva na Primavera (Portugal)
La pluie de printemps (França)
Passeggiata sotto la pioggia di primavera (Itália)
Secretos de una esposa (Espanha)
Die frau des Anderen (Austria, Alemanha)
En promenad i vårregnet (Suécia)
Spacer w wiosennym deszczu (Polônia)
En tur i forårsregnen (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Guy Green
Roteiro: Stirling Silliphant
Produção: Stirling Silliphant
Música Original: Elmer Bernstein
Fotografia: Charles Lang
Edição: Ferris Webster
Direção de Arte: Malcolm C. Bert
Figurino: Donfeld
Maquiagem: Ben Lane, John O'Gorman
Efeitos Sonoros: Les Fresholtz, Arthur Piantadosi
Nota: 7.8
Filme Assistido em: 1971

Elenco

Anthony Quinn Will Cade
Ingrid Bergman Libby Meredith
Fritz Weaver Roger Meredith
Katharine Crawford Ellen Meredith
Tom Holland Boy Cade
Virginia Gregg Ann Cade
Mitchell Silberman Bucky
Janet Nelson Chadwick Cantora no Festival
David Opatoshu .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Libby Meredith e seu marido Roger, um professor universitário, têm um casamento tranqüilo e confortável. O casal viaja para a região das Montanhas Great Smoky, no Tennessee, onde Roger pretende passar seu ano sabático escrevendo um livro de direito. Ao chegarem ao local numa noite fria, eles param na casa de Will Cade, um caipira hospitaleiro, a fim de pegarem as chaves da casa por eles alugada.

Infeliz em seu casamento com Ann Cade, Will apaixona-se por Libby à primeira vista. Aproveitando-se do fato de que o professor está sempre envolvido com a confecção de seu livro, ele passa grande parte de seu tempo a fazer com que Libby se familiarize com as maravilhas dos Appalaches com suas belas paisagens, bem como, presenteando-a com flores do campo e dois cabritinhos.

Apesar de atormentada pela culpa, Libby não consegue negar a paixão súbita e avassaladora que passa a sentir depois que aquele homem simples declara seu amor por ela. Os dois passam a vivenciar momentos de extrema felicidade até que a filha dos Merediths, Ellen, chega inesperadamente de Nova York.  

Anunciando que foi aceita pela Faculdade de Direito de Harvard, Ellen exige que a mãe volte com ela para cuidar do neto, Bucky. Embora reconheça o mérito da filha em batalhar por uma carreira profissional, Libby lhe pergunta se ela já pensou em sua mãe como uma pessoa humana de meia-idade, para a qual aquela temporada nas montanhas é de fundamental importância.

Ao mesmo tempo, Boy Cade, o grosseiro filho de Will que, ao descobrir o romance extraconjugal do pai, o vinha acompanhando com uma crescente hostilidade, tenta embriagado molestar Libby, mas esta é defendida por Will que, acidentalmente, mata o filho. Desiludidos, os Merediths voltam para Nova York, Libby tendo que abandonar suas esperanças românticas e Roger, suas ambições literárias.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num livro de Rachel Maddux e produzido pela Columbia Pictures, “Caminhando Sob a Chuva da Primavera” é um razoavelmente bom filme do início da década de 70. Realizado pelo cineasta britânico Guy Green, sua trama gira em torno de um romance extraconjugal vivido pela esposa de um professor universitário e por um homem simples do campo, quando o casal deixa Nova York para passar uma temporada nas Montanhas Rochosas do Tennessee.

O grande problema do filme é o seu fraco roteiro, o que prejudica sobremaneira a direção de Green. Nessas circunstâncias, não era de se esperar muito da dupla Bergman e Quinn, mas o talento desses dois astros faz com que o espectador mantenha seu interesse até a última cena.

A fotografia de Charles Lang consegue captar as belíssimas paisagens das montanhas onde o filme foi rodado.

CAA