Filmes por gênero

A LEGIÃO BRANCA (1943)

So proudly we hail !
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les anges de miséricorde (França, Bélgica)
Sorelle in armi (Itália)
Sangre en Filipinas (Espanha)
La legión blanca (México)
Mutige Frauen (Alemanha, Austria)
Vi hälsa livet (Suécia)
Døtre af U.S.A. (Dinamarca)
Zij die wij vereren (Holanda)
Bohaterki Pacyfiku (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, 2ª Guerra Mundial
Direção: Mark Sandrich
Roteiro: Allan Scott
Produção: Mark Sandrich
Música Original: Miklós Rózsa
Fotografia: Charles Lang
Edição: Ellsworth Hoagland
Direção de Arte: Hans Dreier, A. Earl Hedrick
Efeitos Sonoros: Harold Lewis, Walter Oberst
Efeitos Especiais: Gordon Jennings, Farciot Edouart, George Dutton
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1949

Elenco

Claudette Colbert Ten. Janet -Davy- Davidson
Paulette Goddard Ten. Joan O Doul
Veronica Lake Ten. Olivia D Arcy
Yvonne De Carlo Garota
George Reeves Ten. John Summers
Barbara Britton Ten. Rosemary Larson
John Litel Dr. Harrison
Sonny Tufts Kansas
Mary Servoss Capt. -Ma- McGregor
Ted Hecht Dr. José Bardia
Jean Willes Ten. Carol Johnson
Walter Abel Capelão
James Bell Coronel White
Dorothy Adams Ten. Irma Emerson
Ann Doran Ten. Betty Peterson
William Forrest Major
Mary Treen Ten. Sadie Schwartz
Lorna Gray Ten. Tony Dacolli
Dick Hogan Ten. Archie McGregor
Kitty Kelly Ten. Ethel Armstrong
Helen Lynd Ten. Elsie Bollenbacher
Lynn Walker Ten. Fay Leonard
Joan Tours Ten. Margaret Stevenson
Mimi Doyle Enfermeira
Linda Brent Enfermeira filipina
Isabel Cooper Enfermeira filipina

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Paulette Goddard)

Oscar de Melhor Roteiro Original (Allan Scott )

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Charles Lang )

Oscar de Melhores Efeitos Especiais e Sonoros (Farciot Edouart, Gordon Jennings, George Dutton)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Sonny Tufts)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Um grupo de enfermeiras da Cruz Vermelha deixa São Francisco com destino à Honolulu.  O ataque japonês à Pearl Harbor, em 07 de dezembro de 1941, faz com que o navio em que viajam se junte a um comboio que se dirige às Filipinas.

Durante o percurso, alguns navios são bombardeados e os náufragos, entre os quais se encontra a Ten. Olivia D'Arcy, são resgatados pelo navio em que viajam as enfermeiras.  Olivia, que também é enfermeira, passa imediatamente a fazer parte do grupo, sob o comando da  Ten. Janet 'Davy' Davidson.  Nada amigável, ela logo se torna rejeitada pos suas colegas.  Como sua superior, Davy procura ajudá-la, conseguindo finalmente saber que o motivo de sua revolta se deve ao fato dela ter perdido o noivo quando de um ataque japonês.

Davy e o Ten. John Summers, um dos oficiais feridos, se sentem atraídos um pelo outro, o mesmo ocorrendo entre a Ten. Joan O'Doul e o fuzileiro Kansas.

Ao chegarem à Bataã, nas Filipinas, Summers e Kansas são enviados para a frente de batalha, enquanto as enfermeiras se apresentam à Capitã McGregor, no hospital de Lamay.  As condições de trabalho não são boas e, com o tempo, ficam cada vez mais difíceis.

No front, a pressão japonesa aumenta a cada dia.  McGregor recebe ordens para evacuar o local e seguir para um hospital de base na selva.  Antes da retirada, uma patrulha japonesa chega à Lamay, ameaçando a todos.  Olivia, ainda marcada pela morte do noivo, decide se sacrificar em benefício do grupo, transformando-se numa mulher-bomba e fazendo com que a explosão ocorra ao se aproximar da referida patrulha.

De lá, elas são enviadas para outro hospital de base, em Beguior, a 4 km de distância.  Os combates continuam acirrados.  Beguior é duramente bombardeada e o grupo de enfermeiras recebe ordens para se transferir para a ilha oceânica de Corregidor.

Lá, a situação é inicialmente tranqüila, mas gradualmente vai-se tornando difícil.  Começam a faltar comida e quinino.  Summers e outros são enviados a Mindanao à procura de suprimentos.  Antes, porém, ele se casa com Davy.  Na hora da partida, ele diz à mulher que voltará o mais rapidamente possível, enquanto ela lhe garante que estará lá esperando por ele.

Pouco tempo depois, a situação em Corregidor torna-se insustentável.  O grupo de enfermeiras é, então, enviado à Austrália.  Antes da partida, Davy se nega a viajar, alegando que vai ficar aguardando a volta de Summers, mas termina embarcando à força.  Durante a viagem, entretanto,  recebe notícias do marido que a deixam finalmente tranqüila.

imagem

Comentários

"Legião Branca" é um clássico filme de guerra.  Produzido e dirigido por Mark Sandrich, o filme mostra a bravura de homens e mulheres, mais especificamente de um grupo de enfermeiras da Cruz Vermelha, que lutaram no Pacífico logo após o ataque japonês à Pearl Harbor.

Seu roteiro, assinado por Allan Scott, foi escrito a partir de diários e depoimentos de várias das enfermeiras que, efetivamente, serviram em Corregidor.  Quando da realização do filme, em 1943, os EUA ainda estavam em Guerra contra os japoneses, e algumas dessas mulheres trabalharam como conselheiras técnicas e outras como figurantes.

A fotografia de Charles Lang e, principalmente, os efeitos especiais são dois pontos altos para um filme do início da década de 40.

No elenco, embora não tenha sido indicada ao Oscar, Claudette Colbert está magnífica.  Paulette Goddard, na época recém-divorciada de Charles Chaplin, também realiza um grande trabalho, e recebe a indicação.  Veronica Lake, conhecida pelos seus longos cabelos louros, tem uma participação relativamente curta, no papel da Ten. Olivia D'Arcy.  Merecem ainda ser destacadas as participações dos atores George Reeves e Sonny Tufts.

CAA