Filmes por gênero

ESPÍRITO INDOMÁVEL (1945)

Back to Bataan
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Voltemos à carga (Portugal)
Retour aux Philippines (França)
Gli eroi del Pacifico (Itália)
La patrulla del coronel Jackson (Espanha)
Regreso a Bataan (Argentina, México, Venezuela, Chile)
Zwei schlagen zurück (Alemanha, Austria)
Djungelpartisaner (Suécia)
Urskovens partisaner (Dinamarca)
Terug naar Bataan (Holanda)
Возвращение на Батаан (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: 2ª Guerra Mundial
Direção: Edward Dmytryk
Roteiro: Ben Barzman, Richard H. Landau
Produção: Robert Fellows, Theron Warth
Música Original: Roy Webb
Direção Musical: C. Bakaleinikoff
Fotografia: Nicholas Musuraca
Edição: Marston Fay
Direção de Arte: Ralph Berger, Albert S. D'Agostino
Figurino: Renié
Maquiagem: Charles Gemora
Efeitos Sonoros: Earl A. Wolcott, James G. Stewart
Efeitos Especiais: Vernon L. Walker
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1947

Elenco

John Wayne Coronel Joe Madden
Anthony Quinn Capitão Andreas Bonifacio
Beulah Bondi Bertha Barnes
Fely Franquelli Dalisay Delgado
Richard Loo Major Hasko
Philip Ahn Coronel Kuroki
Alex Havier Sargento Biernesa
Ducky Louie Maximo Cuenca
Lawrence Tierney Tenente Comandante Waite
John Miljan General Jonathan Wainwright
Leonard Strong General Homma
Vladimir Sokoloff Sr. Buenaventura Bello
Ray Teal Tenente Coronel Roberts
Kenneth MacDonald Major McKinley
Abner Biberman Capitão japonês
Paul Fix Bendle Jackson
Harold Fong Príncipe Ito
Joseph Kim Sargento Osami
Roger Cole Assessor do Gen. Wainwright
Erick Hanson Assessor do Gen. Wainwright
Marcello Estorres Padre
Carmen Padilla Marie
Angel Cruz Cruz

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 30 de janeiro de 1945, o Exército dos Estados Unidos liberta prisioneiros detidos pelos japoneses no campo de Cabanatuan nas Filipinas. As bases para tal libertação começaram anos antes, quando o Coronel Joe Madden, um oficial do exército americano que possui uma forte ligação com o povo filipino e um compromisso de manter sua independência, foi indicado para organizar um grupo de guerrilheiros com o fim de resistir à invasão do exército japonês.

Antes de deixar suas tropas, Madden coloca o capitão Andreas Bonifacio, neto de um venerado líder filipino, no comando. Bonifacio fica abatido porque sua antiga namorada, Dalisay Delgado, agora trabalha como porta-voz para os japoneses e advoga a rendição das Filipinas. Enquanto Madden monta seu exército de guerrilha na selva, os japoneses invadem um vilarejo próximo e fecham sua escola. Quando um capitão japonês dá ordens a Buenaventura Bello para que substitua a bandeira americana pela do Japão, o diretor da escola se nega a fazê-lo, sendo enforcado no mastro por sua insubordinação.

A professora Bertha Barnes foge para a selva com Maximo e os outros alunos, onde se encontram com Madden. Suas palavras levam os guerrilheiros a tentarem explodir um depósito de gasolina em um campo de pouso japonês. Mais tarde, chega a notícia da queda de Bataan e da captura de Bonifacio. Madden e seus homens encontram e libertam Bonifacio, que se acha ferido. A Srta. Barnes cuida dele que, finalmente, se recupera. Enquanto isso, os guerrilheiros de Madden libertam a aldeia de Maximo, onde depois de executar o capitão japonês, colocam um epitáfio no túmulo de Bello.

Embora recuperado de seus ferimentos físicos, a fé de Bonifacio na causa filipina não é restaurada. Por outro lado, informado de que Dalisay está clandestinamente trabalhando como mensageira do movimento de independência das Filipinas, Madden envia Bonifacio à Manila com uma mensagem. Lá, este fica surpreso ao descobrir que seu contato é Dalisay. Depois que ela disserta sobre a importância da resistência à agressão japonesa, Bonifacio retorna à selva e concorda em lutar até que possa sair do país com a jovem.

Quando Madden e seus homens recapturam as vilas que se achavam nas mãos dos japoneses, o coronel Kuroki decide acalmar o povo filipino, encenando uma cerimônia para declarar sua independência. Madden e seus homens planejam sabotar a cerimônia, ocasião em que Maximo implora para se juntar a eles no ataque. Madden se recusa, mas depois de dar ao menino sua águia de coronel como consolo, pede-lhe para que tome conta das outras crianças. Quando os japoneses começam a transmitir a cerimônia, o coronel e seus homens atacam e Dalisay denuncia os invasores japoneses. Depois que Bonifacio a resgata, todos se refugiam na selva.

Maximo prepara-se para fugir, mas é capturado por soldados japoneses e espancado até concordar em levá-los até a sede da guerrilha. Quando o garoto é levado por seus captores em direção aos guerrilheiros, ele agarra o volante e faz com que o veículo se precipite de um penhasco. Testemunhando o acidente, Madden e seus homens acorrem ao local, onde Maximo morre nos braços da Srta. Barnes.

Ao receber ordens para avançar, Madden coloca Bonifacio como encarregado da guerrilha e parte em seguida. Meses se passam até que surge a notícia de que um submarino americano está para chegar com um carregamento de armas. Depois de se dirigir para a praia de Leyte, Bonifacio, que ainda carece de fé, é surpreendido ao encontrar a praia cheia de pessoas esperando a chegada do tal submarino. A chegada do submarino restaura as forças de Bonifacio, que promete lutar até o fim. No submarino, chegam também Madden e o Tenente Comandante Waite, da Marinha dos Estados Unidos, que anuncia o propósito do General MacArthur de desembarcar com suas tropas naquela praia.

Madden e seus homens se escondem em um arrozal, perto do quartel-general nipônico, usando juncos para conseguirem respirar. No momento certo, eles vêm à superfície para atacar. Enquanto os guerrilheiros lutam contra tanques japoneses que se aproximam, os americanos chegam com reforços. Com a derrota dos japoneses, a bandeira americana é hasteada e o povo filipino alcança sua liberdade tão duramente conquistada.

imagem

Comentários

Baseado numa história de Æneas MacKenzie e William Gordon, “Espírito Indomável” é um bom filme de guerra. Roteirizado por Ben Barzman e Richard H. Landau, e dirigido pelo cineasta Edward Dmytryk, sua trama relata o movimento de resistência do povo filipino durante a 2ª Guerra Mundial.

Como em grande parte dos filmes de guerra dos anos 40, “Espírito Indomável” peca um pouco pelo exagero decorrente do interesse de passar uma mensagem de propaganda das ações aliadas durante o conflito. A música de Roy Webb reforça tal mensagem, como no caso do confronto final, onde as ações são acompanhadas por uma música cujo conteudo é tipicamente heroico.

Dmytryk consegue imprimir um ótimo ritmo à trama, principalmente nas cenas de batalhas. Entre os diversos momentos marcantes, há ainda aquele em que um capitão japonês ordena o enforcamento de Buenaventura Bello no mastro da bandeira americana, quando ele se recusa a substituí-la pela do Japão.

No elenco, o grande nome é o de John Wayne, com uma brilhante atuação. Anthony Quinn, no papel do Capt. Andreas Bonifacio, também nos brinda com um grande trabalho, assim como, Beulah Bondi no papel da professora/enfermeira que trabalha nas aldeias.

CAA