Filmes por gênero

VIRTUDE SELVAGEM (1946)

The yearling
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O despertar (Portugal)
Jody et le faon (França)
El despertar (Espanha)
Il cucciolo (Itália)
Die wildnis ruft (Alemanha, Austria)
Hjortkalven (Suécia)
Roczniak (Polônia)
Олененок (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Clarence Brown
Roteiro: Paul Osborn
Produção: Sidney Franklin
Música Original: Herbert Stothart
Fotografia: Charles Rosher, Leonard Smith, Arthur Arling
Edição: Harold F. Kress
Direção de Arte: Cedric Gibbons, Paul Groesse
Figurino: Valles
Guarda-Roupa: Irene
Maquiagem: Jack Dawn
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer
Efeitos Especiais: Warren Newcombe
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1951

Elenco

Gregory Peck Penny Baxter
Jane Wyman Ma Baxter
Claude Jarman Jr. Jody
Chill Wills Buck Forrester
Clem Bevans Pa Forrester
Margaret Wycherly Ma Forrester
Henry Travers Sr. Boyles
Forrest Tucker Lem Forrester
June Lockhart Twink Weatherby
Jane Green Sra. Saunders
Arthur Hohl Arch Forrester
George Mann Pack Forrester
Joan Wells Eulalie Boyles
Dan White Millwheel Forrester
Matt Willis Gabby Forrester
Chick York Doc Wilson
Jeff York Oliver

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia a Cores (Charles Rosher, Leonard Smith, Arthur E. Arling)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Interiores (Cedric Gibbons, Paul Groesse, Edwin B. Willis)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Gregory Peck)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Direção (Clarence Brown)

Oscar de Melhor Edição (Harold F. Kress)

Oscar de Melhor Ator (Gregory Peck)

Oscar de Melhor Atriz (Jane Wyman)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Jody é um garoto que vive com seus pais, Penny e Ma Baxter, em uma isolada propriedade em Everglades, na região dos pântanos da Flórida, logo após a Guerra Civil.  Com todos seus irmãos mortos, ele sonha em ter um pequeno animal de estimação.

Quando seu pai se vê forçado a matar uma corça, o filhote desta, um belo cervo, é por Jody adotado.  O jovem passa a dispensar um amor e um carinho todo especial para com o animal.  Entretanto, tal fato não evita que o pequeno cervo passe a devorar a colheita da família Baxter.

Com tristeza, Penny Baxter diz ao filho que é preciso matar o cervo antes que sua colheita seja completamente destruída.  Sem coragem para ver seu animal de estimação morto, Jody decide levar o pequeno cervo até uma mata próxima, onde o solta.

Infelizmente, de vez em quando, o animal volta à fazenda, causando estragos na colheita.  Um dia, ao encontrá-lo, Ma Baxter atira contra ele, ferindo-o.  Agora, Jody não tem escolha.  Não suportando vê-lo contorcer-se em agonia, Jody termina matando-o.

Embora esse episódio resulte num desentendimento entre ele e sua família, Jody finalmente percebe que, assumindo a responsabilidade de salvar a fazenda às custas de seus próprios sentimentos, ele está dando um grande passo em direção à idade adulta.

imagem

Comentários

Baseado no livro homônimo de Marjorie Kinnan Rawlings, "Virtude Selvagem" é uma das experiências mais emotivas de que me lembro dos meus 17 anos.

Realizado pelo cineasta Clarence Brown, o filme se passa na Flórida pós-Guerra Civil.  Além da ótima e sensível direção de Brown, "Virtude Selvagem" conta com uma fotografia espetacular e uma produção de alto nível.

No quesito elenco, Gregory Peck, Jane Wyman e Claude Jarman Jr. estão magníficos em seus papéis, tendo os dois primeiros sido indicados ao Oscar por seus respectivos trabalhos.

CAA