Filmes por gênero

A FÚRIA DA CARNE (1957)

Wild is the wind
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Selvagem é o vento (Portugal)
Car sauvage est le vent (França)
Selvaggio è il vento (Itália)
Viento salvaje (Espanha)
Wild ist der wind (Alemanha, Austria)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Melodrama
Direção: George Cukor
Roteiro: Arnold Schulman
Produção: Hal B. Wallis
Música Original: Dimitri Tiomkin
Direção Musical: Dimitri Tiomkin
Fotografia: Charles Lang
Edição: Warren Low
Direção de Arte: Hal Pereira, Tambi Larsen
Figurino: Edith Head
Maquiagem: Wally Westmore
Efeitos Sonoros: Gene Merritt, Winston H. Leverett, Howard Beals
Efeitos Especiais: Farciot Edouart, John P. Fulton
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1959

Elenco

Anna Magnani Gioia
Anthony Quinn Gino
Anthony Franciosa Bene
Joseph Calleia Alberto
Dolores Hart Angela "Angie"
Lili Valenty Teresa
James Flavin Comprador de lã
Franklyn Farnum Passageiro no aeroporto
Dick Ryan Padre
Joseph Vitale Convidado na Festa
Trude Wyler Convidada na Festa
Ruth Lee Convidada na Festa
Iphigenie Castiglioni Convidada na Festa
Frances Morris Convidada na Festa
Ken Hooker Convidado na Festa
Fern Barry Convidada na Festa
Max Power Convidado na Festa
Robert R. Stephenson Convidado na Festa

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Prata de Melhor Atriz (Anna Magnani)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Atriz (Anna Magnani)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator (Anthony Quinn)

Oscar de Melhor Atriz (Anna Magnani)

Oscar de Melhor Canção Original (Wild Is the Wind)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Estrangeira (Anna Magnani)

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (George Cukor)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Anna Magnani)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Quando Gino, um solitário e rico criador de ovelhas em Nevada, decide se casar com a irmã de sua falecida esposa, Gioia, ela emigra da Itália e logo se muda para casa de seu novo marido. O irmão de Gino, Alberto, sua cunhada Teresa, sua filha Angie de 21 anos e Bene, um pastor de ovelhas a quem ele trata como a um filho adotivo, dão as boas-vindas à Gioia com gentileza e compreensão.

Gino, no entanto, acostumado a exercer controle sobre as pessoas, logo começa a criticá-la por falar italiano e por não ser como sua irmã. Vários meses depois de sua chegada, Gioia acompanha Gino e Bene em um passeio pela propriedade. Do jipe, Gino vê uma manada de cavalos selvagens pastando em suas terras, e quando puxa um rifle para matar um deles, Gioia se aproxima do animal e faz com que ele fuja. Profundamente comovida com a visão dos magníficos cavalos, ela diz ao marido que gostaria de ter um, mas quando ele, mais tarde, amarra com cordas um cavalo para ela, ela fica horrorizada e implora para que ele deixe o animal livre.

Exasperado, Gino a derruba e, quando se curva para acalmá-la, Bene olha em seus olhos e, envergonhado, afasta-se em seguida. Mais tarde, Teresa e Gioia discutem sobre quem deve cuidar da casa, e Gioia queixa-se por não ter nada a fazer. Logo em seguida, ela tenta sozinha domar um cavalo selvagem. Quando o animal a ameaça, Bene salta por cima da cerca e a protege, mas logo depois, impulsivamente, a beija. Chocada, Gioia lhe dá um tapa e se afasta aturdida.

Uma semana depois, Gino prepara uma bela festa de aniversário para ela, mas quando durante o evento, ele levanta os óculos para fazer-lhe um brinde e a chama pelo nome da falecida, Gioia sente-se fortemente ofendida. Ao recolher-se, ela tranca o quarto, fazendo com que ele durma do lado de fora. Sem ter percebido seu engano, Gino viaja aborrecido para Boston, a fim de visitar Angie na Faculdade.

Enquanto Gino se acha fora, começa a temporada das ovelhas terem suas novas crias. Depois que Bene e Gioia ajudam uma delas a ter o seu novo cordeiro, Bene a segue até o celeiro onde a beija apaixonadamente. Os amantes encontram-se muitas vezes durante as semanas seguintes, e na noite que antecede a chegada de Gino, Gioia visita Bene em seu quarto. Na manhã seguinte, Teresa, que sabe do caso, confronta Gioia, que desafiadoramente declara que Bene a ama e que os dois planejam contar tudo a Gino e ir embora juntos.

Quando Gioia encontra Bene apascentando as ovelhas, o casal se abraça no momento em que Gino surge na colina. Este ataca Bene e o acusa de traição, depois do que, o pastor de ovelhas, profundamente envergonhado, declara que não pode mais olhar para Gioia. Ele deixa o rancho, e Gioia, percebendo que seu amante a abandonou, prepara-se para voltar para a Itália.

Antes de levá-la ao aeroporto, Alberto tenta convencer Gino de que, na tentativa de forçar Gioia a assumir a personalidade de sua esposa morta, ele nunca lhe deu a chance de ser ela mesma. Mais tarde, depois de refletir sobre as palavras do irmão, ele a procura no aeroporto, onde lhe pede perdão e declara todo o seu amor por ela. Acreditando em suas palavras, Gioia pega a mão dele e os dois voltam para casa.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado no livro “Furia” do escritor italiano Vittorio Nino Novarese, “A Fúria da Carne” é uma segunda versão, agora americana, da referida história, levada inicialmente para o cinema italiano em 1947, pelo cineasta Goffredo Alessandrini, tendo nos principais papéis os atores Rossano Brazzi, Isa Pola e Gino Cervi. Nesta nova versão, a trama que envolve um triângulo amoroso, foi roteirizada por Arnold Schulman e dirigida pelo grande cineasta George Cukor.

Mais uma vez, Cukor realiza um ótimo trabalho na direção. Também ótimo em seu trabalho, acha-se o maestro e compositor nascido na Ucrânia, Dimitri Tiomkin, ao apresentar em sua trilha sonora, belas canções como o tema principal, “Wild Is the Wind”, indicada ao Oscar, e "Scapricciatiello”, de Fernando Albano e Pacifico Vento, na voz de Anna Magnani.

No elenco, um dos pontos fortes do filme, talvez o mais forte, destacam-se principalmente os desempenhos de Magnani e Quinn. A primeira, no papel de Gioia, além de ser indicada a diversos prêmios de melhor atriz, inclusive ao do Oscar, foi contemplada com o David de Donatello e com o Urso de Prata do Festival de Berlim. Por outro lado, Anthony Quinn, que já havia atuado em diversos filmes do cinema italiano, inclusive “A Estrada da Vida”, ao lado de Giulietta Masina, também foi indicado ao Oscar, perdendo a estatueta para Alec Guinness por sua brilhante atuação em “A Ponte do Rio Kwai”.

CAA