Filmes por gênero

CASA, COMIDA E CARINHO (1950)

Summer stock
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Festa no campo (Portugal)
La jolie fermière (França)
La vallée heureuse (Bélgica)
Repertorio de Verano (Espanha)
Valle alegre (Venezuela)
L'allegra fattoria (Itália)
If You Feel Like Singing (UK)
Upp med ridån (Suécia)
Летние гастроли (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Musical, Romance
Direção: Charles Walters
Roteiro: George Wells, Sy Gomberg
Produção: Joe Pasternak
Música Original: Conrad Salinger
Direção Musical: Saul Chaplin, Johnny Green
Fotografia: Robert H. Planck
Edição: Albert Akst
Direção de Arte: Cedric Gibbons, Jack Martin Smith
Figurino: Walter Plunkett
Guarda-Roupa: Helen Rose
Maquiagem: William Tuttle
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1952

Elenco

Judy Garland Jane Falbury
Gene Kelly Joe D. Ross
Eddie Bracken Orville Wingait
Gloria DeHaven Abigail Falbury
Marjorie Main Esme
Phil Silvers Herb Blake
Ray Collins Jasper G. Wingait
Nita Bieber Sarah Higgins
Carleton Carpenter Artie
Hans Conried Harrison I. Keath
Eddie Dunn Xerife
Kathryn Sheldon Amy Fliggerton
Almira Sessions Constance Fliggerton
Paul E. Burns Frank
Erville Alderson Zeb
Reginald Simpson Produtor
A. Cameron Grant Produtor

Indicações

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Musical Americano (George Wells, Sy Gomberg)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Jane Falbury, proprietária de uma fazenda em Connecticut, tem trabalhado arduamente para manter a fazenda da família produtiva, apesar de três anos de más colheitas a terem deixado quase na miséria. Apesar de sua crise financeira, ela continua a pagar a educação de sua irmã Abigail, que estuda teatro em Nova York.

Quando Frank e Zeb deixam a fazenda por novos empregos em Hartford, Jane sente a necessidade de ter um trator caro para ajudá-la no trabalho pesado.

No entanto, como não dispõe de dinheiro suficiente para a compra do trator, ela tenta obter um empréstimo através de seu namorado, Orville Wingait, cujo pai, Jasper G. Wingait , é proprietário de uma loja na cidade e líder na Comunidade.

Inicialmente, Jasper recusa-se a atendê-la, a não ser que ela se case com seu filho. No entanto, quando ela se recusa a aceitar os seus termos, ele decide fornecer-lhe o trator, apesar de tudo.

Jane retorna à fazenda e descobre que ela foi invadida por uma trupe de atores que Abigail trouxe de Nova York para se apresentar no celeiro. Furiosa com a irmã, ela pede que o grupo se retire. Joe Ross, que é namorado de Abigail e diretor do show, também se mostra irritado com Abigail por não ter pedido permissão à Jane, mas usa seu charme natural para persuadi-la a deixá-los ficar. Jane insiste, no entanto, que se eles permanecerem, deverão desempenhar algumas das tarefas diárias da fazenda. A trupe, relutantemente, concorda com o arranjo, e Jane imediatamente lhes dá instruções sobre o dia-a-dia.

Certo dia, enquanto sua governanta, Esme, a ajuda na cozinha, Jane improvisa um pequeno sapateado, sem saber que Joe está a observá-la. Quando ele a elogia, dizendo-lhe que possui muito talento para a dança, ela se mostra envergonhada.

Quando a notícia da presença da trupe se espalha pela pequena cidade, Jasper procura Jane para expressar sua preocupação com o súbito afluxo de pessoas do show business na tranquila comunidade.

Enquanto isso, Herb Blake, um dos atores, acidentalmente bate com o novo trator, fazendo com que Jane expulse todos da fazenda, com exceção da irmã, que ela exige que fique para ajudá-la. No entanto, ela muda de ideia quando os atores se cotizam e compram um novo trator para a fazenda.

Joe continua a incentivar o interesse de Jane pelo teatro e, em pouco tempo, os dois se sentem atraídos um pelo outro. Quando Abigail e Harrison Keath, de repente, deixam a fazenda para estrelarem um show em Nova York, Joe decide assumir o principal papel masculino e encoraja Jane a fazer o papel que era da irmã.

Ao tomar conhecimento da participação de Jane na peça, Orville exige sua saída, enquanto Jasper, como líder da comunidade, ameaça interditar o espetáculo. Jane reage ao ameaçar acabar seu noivado com Orville.

Pouco antes da primeira apresentação do show, Abigail retorna de Nova York e pede que Jane abandone seu papel. No entanto, ao descobrir que a irmã se acha apaixonada por Joe, ela decide não interferir no romance. No final, pouco antes do início do show, Joe propõe casamento à Jane e ela aceita com prazer.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Charles Walters, a partir de um roteiro escrito por George Wells e Sy Gomberg, “Casa Comida e Carinho” é mais um belo musical produzido pela Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) nos anos de ouro do cinema americano.

O filme marca o terceiro e último musical em que Gene Kelly e Judy Garland trabalharam juntos, onde se destacam diversos números musicais, tais como “Get Happy”, “You Wonderful You” e “Heavenly Music”, dentre outros.

Enfim, sem se tratar de uma obra-prima do gênero, “Casa Comida e Carinho” é sem dúvida um musical agradavelmente conduzido e realizado com entusiasmo, tendo Judy Garland e Gene Kelly como seus principais astros.

CAA