Filmes por gênero

A SEREIA DAS ILHAS (1940)

Road to Singapore
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A caminho de Singapura (Portugal)
En route pour Singapour (França)
Ruta de Singapur (Espanha)
La danzatrice di Singapore (Itália)
Der weg nach Singapur (Alemanha)
Abenteuer in Singapore (Austria)
Två glada sjömän går i land (Suécia)
De verliefde vagebonden (Holanda)
På eventyr i Singapore (Dinamarca)
Дорога в Сингапур (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Musical
Direção: Victor Schertzinger
Roteiro: Frank Butler, Don Hartman
Produção: Harlan Thompson
Música Original: Victor Young
Direção Musical: Victor Young
Coreografia: LeRoy Prinz
Fotografia: William C. Mellor
Edição: Paul Weatherwax
Direção de Arte: Hans Dreier, Robert Odell
Figurino: Edith Head
Efeitos Sonoros: John Cope, Earl S. Hayman
Efeitos Visuais: Farciot Edouart
Nota: 7.7
Filme Assistido em: 1947

Elenco

Bing Crosby Joshua 'Josh' Mallon V
Dorothy Lamour Mima
Bob Hope Ace Lannigan
Charles Coburn Joshua Mallon IV
Anthony Quinn Caesar
Judith Barrett Gloria Wycott
Jerry Colonna Achilles Bombanassa
Pierre Watkin Morgan Wycott
Miles Mander Sir Malcolm Drake
Steve Pendleton Gordon Wycott
Roger Gray Pai de Cherry
Don Brodie Fred
Monte Blue Religioso
Arthur Q. Bryan Barman
John Kelly Marinheiro
Kitty Kelly Mulher do marinheiro
Edward Gargan Bill
Harry C. Bradley Secretário
Johnny Arthur Timothy Willow
Carmen D'Antonio Jovem nativa
Paula DeCardo Dançarina nativa
Gloria Franklin Ninky Poo
Benny Inocencio Jovem nativo
Greta Granstedt Babe

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Josh Mallon, herdeiro de um puritano e austero magnata, e seu melhor amigo, Ace Lannigan, ridicularizam a instituição do casamento. Os dois trabalham a bordo de um mesmo navio e, ao retornarem aos Estados Unidos depois de uma longa viagem, vêem os marinheiros sendo maltratados por suas esposas e namoradas, fazendo com que eles prometam nunca mais voltarem a se envolver com mulheres. Tal promessa, no entanto, é testada quase que imediatamente. Primeiramente, Ace é confrontado com a família de uma antiga amante, Cherry, que insiste para que os dois se casem. Em seguida, Josh tem que enfrentar os desejos do pai de que ele se case com a socialite, Gloria Wycott, e de que ele assuma os negócios da família. As coisas pioram quando os dois amigos vão pescar e se atrasam para a festa de comemoração do noivado de Josh e Gloria. Embriagado, Gordon, irmão da noiva, inicia uma briga, fotografada por um repórter, que causa um verdadeiro escândalo. Josh e Ace fogem para o Havaí e, de lá, seguem para Cingapura.

Entretanto, a dupla só consegue chegar até a ilha de Kaigoon por falta de dinheiro. Pobres, mas felizes, reafirmam o desejo de permanecerem solteiros para sempre. Tal reafirmação tem vida curta, pois, depois que separam uma bela e exótica dançarina, Mima, de seu abusivo e ciumento parceiro, Caesar, durante uma briga, ela decide se mudar para a tenda deles. Os três tentam ganhar dinheiro das mais diversas maneiras, incluindo a de vender um removedor de manchas que é tão ruim que dissolve roupas. Em pouco tempo, ambos apaixonam-se por ela, embora não o admitam.

Enquanto isso, Timothy Willow, o representante do Sr. Joshua Mallon em Kaigoon, telegrafa para ele avisando-o que seu filho desaparecido encontra-se na cidade. O Sr. Mallon e Gloria voam em busca de Josh. Quando chegam à ilha, eles são procurados pelo ressentido Caesar que se propõe a levá-los até o local onde Ace, Josh e Mima estão desfrutando de uma festa. Ao ocorrer o encontro, Mima fica de coração partido ao saber que Gloria é noiva de Josh, já que ela também se acha apaixonada.

Josh resiste aos apelos de Gloria para voltar para os Estados Unidos até que Mima, num gesto de auto-sacrifício, aceita o pedido de casamento de Ace. Josh, então, embarca em um transatlântico em companhia do pai e de Gloria. Enquanto isso, Caesar informa a polícia local de que Ace se encontra ilegalmente na ilha. Este é preso, mas consegue escapar e fugir clandestinamente a bordo de um navio, em companhia de Mima. Durante a viagem, ele finalmente percebe que a jovem não o ama, e sim a Josh.

Quando o transatlântico ancora em uma ilha tropical, um passageiro reclama de um removedor de manchas que acabou com seu paletó. Josh, então, levanta a possibilidade de Ace e Mima se encontrarem também na tal ilha. Ao procurá-los, ele finalmente os encontra, oportunidade em que seu melhor amigo lhe afirma que é a ele que ela realmente ama. Feliz, ele decide ficar com ela.

imagem

Comentários

“A Sereia das Ilhas” é o primeiro de uma série de road-movies estrelados por Bing Crosby, Bob Hope e Dorothy Lamour nos anos 40. Como os que viriam a seguir, trata-se de uma comédia leve, recheada de números musicais e de dança, que não deseja nada mais do que entreter. O humor pode até parecer cafona para os dias de hoje, mas Crosby, Hope e Lamour exalam o charme de um tempo mais simples.

Realizado pelo cineasta Victor Schertzinger, o filme apresenta um bom ritmo, com algumas cenas de ação, a ponto dos personagens de Crosby e Hope entrarem em pelo menos três brigas nos primeiros 30 minutos. A trama apresenta inúmeras seqüências engraçadas, como aquela em que Hope tenta vender sabão com água engarrafada para os nativos, ou quando o trio sai furtivamente de uma cerimônia tribal.

Além de uma atuação razoavelmente boa, Dorothy Lamour contribui com seu charme e sua sensualidade, mas as grandes atuações ficam por conta de Bing Crosby e Bob Hope, com ênfase para este último. No papel do vilão Caesar, o filme apresenta um Anthony Quinn bem moço, com apenas 25 anos de idade.

CAA