Filmes por gênero

JUNO (2007)

Juno
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Juno - Crecer, correr y tropezar (México)
La joven vida de Juno (Argentina)
Pais: Canadá, Estados Unidos
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Jason Reitman
Roteiro: Diablo Cody
Produção: Lianne Halfon, John Malkovich, Mason Novick, Russell Smith
Design Produção: Steve Saklad
Música Original: Matt Messina
Fotografia: Eric Steelberg
Edição: Dana E. Glauberman
Direção de Arte: Michael Diner, Catherine Schroer
Figurino: Monique Prudhomme
Guarda-Roupa: Lise Hache, Maria Bradley
Maquiagem: Toby Lindala, Ann Pala, Robert A. Pandini
Efeitos Sonoros: James Kusan, Rickley W. Dumm, Barney Cabral
Efeitos Especiais: Ken Reynolds, Ian Korver, Michael Bolan
Efeitos Visuais: Ken Locsmandi, Danita Slaughter, Brandon Flyte
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 2008

Elenco

Ellen Page Juno MacGuff
Michael Cera Paulie Bleeker
J.K. Simmons Mac MacGuff
Jennifer Garner Vanessa Loring
Jason Bateman Mark Loring
Allison Janney Bren MacGuff
Olivia Thirlby Leah
Eileen Pedde Gerta Rauss
Darla Vandenbossche Carol Bleeker
Daniel Clark Steve Rendazo
Valerie Tian Su-Chin
Emily Perkins Recepcionista 'Punk'
Kaaren de Zilva Técnica em ultrassom
Sierra Pitkin Liberty Bell MacGuff
Kirsten Williamson Enfermeira
Colin McSween Keith
Wendy Russell Amiga de Vanessa
Robyn Ross Amiga de Vanessa

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro Original

Associação dos Críticos de Cinema de Toronto, Canadá

Prêmio de Melhor Atriz (Ellen Page)

Festival Internacional de Cinema de Estocolmo, Suécia

Prêmio do Público (Jason Reitman)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Direção (Jason Reitman)

Oscar de Melhor Atriz (Ellen Page)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz (Ellen Page)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Roteiro

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Ellen Page)

Prêmios Amanda - Festival de Haugesund, Noruega

Amanda de Melhor Filme Estrangeiro (Jason Reitman)

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Estrangeiro em Língua não Espanhola (Jason Reitman)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Americano (Jason Reitman)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Americano (Jason Reitman)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em uma pequena cidade de Minnesota, Juno é uma jovem adolescente de 16 anos. Aparentemente rebelde, enquanto a maior parte de suas colegas passa o tempo a atualizar a página na comunidade virtual MySpace, ou no Centro Comercial, ela prefere curtir o som das canções dos "The Sturges".

Certa tarde, ao se encontrar com seu amigo Paulie Bleeker, adolescente como ela, decide ter sua primeira relação sexual. Algumas semanas depois, ao descobrir que se encontra grávida, sua primeira reação é a de procurar fazer um aborto. Entretanto, ao chegar à Clínica para se submeter à citada intervenção, muda de idéia e decide levar sua gravidez adiante. Por outro lado, sentindo não se achar preparada para enfrentar as responsabilidades da maternidade, com a ajuda de sua melhor amiga, Leah, passa a procurar em jornais um casal a quem possa entregar o bebê assim que ele nascer.

Dessa forma, conhece Vanessa e Mark Loring, um casal com boas condições financeiras que há cinco anos vem tentando sem sucesso ter um filho e que está disposto a bancar todas as suas despesas médicas, bem como, de lhe dar uma compensação financeira. Entretanto, Juno não aceita tais ofertas, exigindo apenas que eles sejam ótimos pais para seu filho.

Ao voltar para casa, ela decide finalmente contar, ao seu pai e à sua madrasta, tudo que está ocorrendo. Depois do choque inicial, a família se une para ajudá-la. Mac, seu pai, a acompanha à casa dos Lorings,  a fim de avaliar os futuros pais adotivos e se certificar de que os mesmos têm realmente condições para cuidar da criança. Por outro lado, Bren, sua madrasta, oferece apoio emocional à Juno, que enfrenta os preconceitos de uma gravidez prematura.

À medida que os meses passam, Vanessa, uma consumista convicta, não pára de fazer compras para o futuro bebê, enquanto Mark, músico e compositor, descobre sua afinidade com Juno no que diz respeito ao tipo de música e aos filmes de terror que ambos adoram. Poucos dias antes do nascimento da criança, ele comunica à jovam que está se divorciando de Vanessa, já que se não se sente preparado para ser pai.

Juno se desespera com a situação criada e apela para que Vanessa não desista da adoção combinada. Ao chegar o dia do parto, Bleeker a procura na maternidade e os dois decidem não conhecer o bebê. Horas depois, Vanessa vai ao berçário, onde embala seu filho pela primeira vez.

Sentindo-se mais madura e mais confiante, Juno retoma sua vida, certa de que Bleeker é o jovem de sua vida.

imagem imagem imagem

Comentários

“Juno” é um ótimo exemplo de cinema interessante e original. Realizada pelo cineasta Jason Reitman, essa comédia dramática aborda, de maneira leve, um tema polêmico como o da gravidez na adolescência.

Partindo de um roteiro muito bem construído, assinado por Diablo Cody, Reitman apresenta um trabalho consistentemente bom, no que é ajudado por um elenco de primeira linha, onde se destaca a magnífica atuação da jovem atriz canadense Ellen Page, de apenas 20 anos de idade. Sua peculiar trilha sonora inclui “Once I Loved” (O Amor em Paz), de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, interpretada por Astrud Gilberto.

Apesar de todas essas suas qualidades, particularmente não me acho convencido de que “Juno” seja merecedor das quatro indicações ao Oscar, por ele recebidas, principalmente a de Melhor Filme do ano.

CAA