Filmes por gênero

AS IRMÃS DOLLY (1945)

The Dolly sisters
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Donne e diamanti (Itália)
Las hermanas Dolly (Espanha)
Las Dolly Sisters (Argentina)
Die Dolly Sisters (Austria)
Siostry Dolly (Polônia)
Dolly Sisters (Suécia, Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Musical, Biográfico, Drama, Romance
Direção: Irving Cummings
Roteiro: John Larkin, Marian Spitzer
Produção: George Jessel
Direção Musical: Charles Henderson
Coreografia: Seymour Felix
Fotografia: Ernest Palmer
Edição: Barbara McLean
Direção de Arte: Leland Fuller, Lyle R. Wheeler
Figurino: Orry-Kelly
Guarda-Roupa: Sam Benson
Efeitos Sonoros: Arthur von Kirbach
Efeitos Especiais: Fred Sersen
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1951

Elenco

Betty Grable Yansci 'Jenny' Dolly
June Haver Roszika 'Rosie' Dolly
John Payne Harry Fox
S.Z. Sakall Tio Latsie Dolly
Reginald Gardiner Tony, Duque de Breck
Frank Latimore Irving Netcher
Gene Sheldon Professor Winnup
Sig Ruman Ignatz Tsimmis
Trudy Marshall Lenora Baldwin
Mae Marsh Annie
André Charlot Sr. Philippe
Betty Farrington Sra. Al Smith
Sam Garrett Will Rogers
Paul Hurst Tim Dowling
J.C. Fowler Al Smith
Herbert Ashley Fields
Frank Ferguson Repórter
Virginia Brissac Enfermeira
Lester Allen Morrie Keno
Nino Bellini Ator francês
Trude Berliner Atriz alemã
Igor Dolgoruki Ator russo

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Canção Original (James V. Monaco, Mack Gordon)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1904, as irmãs húngaras Yansci e Roszika Dolly emigram para a América com seu tio Latsie Dolly, e sua primeira parada é um restaurante de Nova York, dirigido pelo amigo do Latsie, Ignatz Tsimmis. Para se divertirem, as garotas dançam com a banda do restaurante e tocam canções folclóricas, para deleite dos fregueses. Em 1912, as jovens, agora crescidas, são conhecidas como Jenny e Rosie e ainda gostam de dançar e cantar canções populares no Tsimmis.

Precisando de dinheiro para pagar as dívidas do tio, Jenny e Rosie persuadem Tsimmis a conseguir um emprego para elas em outro local. Assim, elas conseguem trabalhar em um vaudeville. Num trem, elas conhecem o cantor Harry Fox e Jenny se apaixona por ele. Com a ajuda de Harry, elas conseguem participar de um teste com o famoso empresário Oscar Hammerstein, que está à procura de novos atores. Reassumindo seus acentos húngaros, as jovens impressionam o empresário e, duas semanas mais tarde, elas estreiam em um de seus shows.

Em 1915, Rosie e Jenny são muito bem sucedidas e estão prestes a embarcar em sua primeira turnê para Paris. Certo dia, Harry visita Jenny e admite que deseja terminar seu relacionamento porque ela tirou a sorte grande enquanto ele ainda está a lutar por uma carreira vitoriosa. No entanto, seus problemas são resolvidos quando a editora de Sam Harris se encanta com uma das composições de Harry. Assim, Jenny tira uma licença para se casar com ele.

Na véspera do primeiro show na Broadway de Harry, no entanto, ele se alista no exército e é enviado para o exterior. Jenny, então, acompanha Rosie em sua turnê pela França e as irmãs Dolly conquistam o Folies Bergère. De lá, elas seguem para Londres, onde Jenny atrai a atenção de Tony, o Duque de Breck. Uma fotografia do casal em uma revista,  enfurece Harry, que exige que ela retorne com ele para os Estados Unidos, mas ela não pode deixar Rosie sozinha, já que assinaram um novo contrato com o Folies Bergère para mais uma temporada. Com o coração partido, Jenny ameaça se divorciar quando Harry a deixa e mergulha em um turbilhão de trabalho, jogatina e recusas de propostas de casamento de Tony.

Enquanto isso, Rosie apaixona-se por Irving Netcher, proprietário de uma Loja de Departamentos de Nova York. Na cidade, Harry alcança o sucesso e persegue a bela Lenora Baldwin. Certa noite, Jenny ouve Rosie dizer a Irving que eles devem esperar um tempo para se casarem. Assim, para que a irmã se sinta livre, Jenny concorda em se casar com Tony. No entanto, quando eles se dirigem para a cerimônia, suas emoções a desorientam e ela inconscientemente joga o carro de um penhasco. Tony sai ileso do acidente, mas Jenny fica gravemente desfigurada.

Por outro lado, na noite em que se torna noivo de Lenora, Harry toma conhecimento do acidente sofrido por Jenny e lhe envia um telegrama que a deixa consolada. Esta insta Rosie a se casar com Irving imediatamente, e depois que o casal viaja em lua de mel, a beleza de Jenny é restaurada através de uma cirurgia plástica realizada num hospital parisiense, após o que ela retorna à Nova York. Rosie e Irving ficam consternados ao descobrirem que Jenny vendeu suas joias para pagar as contas médicas.

Irving concorda que Rosie volte aos palcos ao lado de Jenny, e Lenora,  ao observar Harry assistindo uma apresentação de Jenny, percebe que ele ainda a ama. Lenora então diz à Rosie, que não vai mais se casar com Harry, e observa quando ele convida Jenny para se juntar a ele no palco. O casal se reconcilia enquanto eles cantam juntos e, num gesto de felicidade, os dois pedem que Rosie se junte a eles.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Irving Cummings, a partir de um roteiro escrito por John Larkin e Marian Spitzer, “As Irmãs Dolly” é um ótimo musical produzido pela Twentieth Century Fox Film Corporation em 1945.

A direção de Cummings é consistentemente boa, apresentando um ótimo ritmo do início ao fim. Merecem ainda ser destacadas a bela fotografia a cores a cargo de Ernest Palmer, bem como a excelente trilha sonora assinada por Charles Henderson, com mais de vinte números musicais, dentre os quais se encontram “I'm Always Chasing Rainbows”, “Smiles”, “Don’t Be Too Old Fashioned”, “Carolina in the Morning”.

No elenco, destacaria as atuações de Betty Grable e June Haver nos papéis das irmãs gêmeas. Enfim, para os fãs do gênero, “As Irmãs Dolly” é uma deliciosa maneira de se passar alguns momentos assistindo a belos números musicais.

CAA