Filmes por gênero

PIRATA SANGRENTO (1952)

The crimson pirate
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O pirata vermelho (Portugal)
Le pirate rouge (França, Bélgica)
Il corsaro dell'isola verde (Itália)
Der rote Korsar (Austria, Alemanha)
El temible burlón (Espanha)
El pirata hidalgo (Chile)
Röde piraten (Suécia)
Den knaldrøde pirat (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Ação, Aventura
Direção: Robert Siodmak
Roteiro: Roland Kibbee
Produção: Harold Hecht
Música Original: William Alwyn
Direção Musical: Muir Mathieson
Fotografia: Otto Heller
Edição: Jack Harris
Direção de Arte: Paul Sheriff
Figurino: Margaret Furse
Guarda-Roupa: Marjorie Best
Maquiagem: Tony Sforzini, Gladys Atkinson
Efeitos Sonoros: A.E. Rudolph, Cecil Mason
Efeitos Especiais: Russell Shearman
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1953

Elenco

Burt Lancaster Capitão Vallo (O pirata sangrento)
Nick Cravat Ojo
Eva Bartok Consuelo
Frederick Leister Sebastián, El Libre
Leslie Bradley Barão José Gruda
Torin Thatcher Humble Bellows
Margot Grahame Bianca
Noel Purcell Pablo Murphy
Dana Wynter A senhorita
Eliot Makeham Governador
Christopher Lee Joseph
Frank Pettingell Coronel
Ewan Roberts Claw Paw
John Chandos Stub Ear
Derek Tansley Patch Eye
Charles Farrell Poison Paul
Violet Farebrother Viúva
Enzo Giobbe Marinheiro
Charles Horvath Marinheiro
Harry Lane Marinheiro
James Hayter Professor Prudence

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No século XVIII, no Caribe, o Capitão Vallo, conhecido como o "Pirata Sangrento", captura um fragata espanhola, tendo a bordo o emissário do rei, Barão José Gruda, juntamente com armas e munições destinadas a reprimir uma rebelião do povo das ilhas. Os homens de Vallo ficam decepcionados por não encontrarem ouro na fragata, mas ele pensa em vender as armas e munições apreendidas para o líder rebelde Sebastián, El Libre, e ao invés de matar o Barão, entregá-lo em troca de um resgate adicional. O primeiro imediato, Humble Bellows, reluta por acreditar que tais atitudes não são dignas de um pirata. Todavia, Vallo decide seguir para a Ilha de Cobra com o fim de se encontrar com El Libre.

Vallo e seu ajudante mudo, Ojo, desembarcam e encontram Pablo Murphy, que suspeitam fazer parte do grupo rebelde, mas eles provam sua lealdade ao lutarem com os soldados do rei. Depois que Pablo os ajuda a escapar, eles se apresentam e tentam fazer um acordo, mas os rebeldes os fazem prisioneiros com a intenção de trocá-los por armas. Vallo e Ojo são liberados com a ajuda da filha de El Libre, Consuelo, mas ela exige, em troca, ajuda para libertar seu pai, que se acha preso na Ilha de Perro. Assim, com Vallo se passando pelo Barão Gruda, eles navegam para Perro a bordo da fragata espanhola, onde pedem, em nome do rei, que El Libre seja transferido para a fragata.

O governador convida Vallo para jantar. Assim, este, juntamente com Consuelo e Ojo, participam do jantar e, após o mesmo, são reconhecidos por uma dançarina. Vallo e seus companheiros, no entanto, conseguem fugir com El Libre e o professor Prudence, um cientista preso por traição. Ele sente-se atraído por Consuelo, que é grata a ele, até que Bellows revela seu plano para entregá-los ao Barão Gruda. Vallo planeja fazer com que ela, juntamente com El Libre e o professor Prudence deixem o navio, mas Bellows, que considera tal cortesia indigna da dignidade de um pirata, provoca um motim. Como consequência, Vallo, Ojo e o professor são amarrados em um pequeno barco para morrerem no mar, mas com a ajuda do conhecimento científico de Prudence, eles conseguem chegar à praia.

Enquanto isso, o Barão Gruda informa Consuelo que ela vai se casar com Herman, o governador de Cobra, sob pena de ele exterminar os moradores da pequena ilha. Em seguida, Gruda anuncia a data do casamento e a presença obrigatória de todos. Quando Vallo, Ojo e o professor Prudence, que haviam conseguido chegar à praia, tomam conhecimento do casamento, o Capitão imediatamente demonstra-se decidido a resgatar Consuelo, ocasião em que o professor o convence a não ser precipitado. Assim, sob a supervisão de Prudence, o povo da ilha constrói armas avançadas para sua próxima revolta, incluindo granadas de nitroglicerina, lança-chamas, rifles e um grande balão inflável.

No dia do casamento, o povo armado desencadeia uma verdadeira guerra contra o Barão Gruda e seus homens. Este consegue escapar para sua fragata, levando Consuelo consigo. Vallo e Ojo o perseguem no grande balão inflável. Ao encontrarem seu velho navio, eles o abordam, libertam os piratas que se achavam presos e passam a perseguir a fragata do Barão Gruda. Em seguida, eles abordam a fragata e, na luta que se segue, os guardas são dominados e o Barão é morto. No final, o Capitão Vallo e Consuelo se abraçam.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Robert Siodmak, a partir de um roteiro escrito por Roland Kibbee, “Pirata Sangrento” é um ótimo filme de ação e aventura produzido pela Hecht-Lancaster Productions em 1952.

Embora não se trate de uma obra premiada, a direção de Siodmak é de primeira linha, no que é ajudada pela bela fotografia a cargo de Otto Heller, bem como, pela excelente trilha sonora assinada por William Alwyn. No elenco, Burt Lancaster brilha no papel do pirata sangrento, seguido pelas ótimas atuações de Nick Cravat e Eva Bartok.

Enfim, “Pirata Sangrento” é um filme marcado por uma boa dose de ação e imperdível para os fãs de Burt Lancaster.

CAA