Filmes por gênero

ALMAS EM FÚRIA (1950)

The furies
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les furies (França, Bélgica)
Die farm der Besessenen (Austria, Alemanha)
Las furias (Espanha)
Le furie (Itália)
Det flammende had (Dinamarca)
Våldets lag (Suécia)
De heerser (Holanda)
Фурии (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Anthony Mann
Roteiro: Charles Schnee
Produção: Hal B. Wallis
Música Original: Franz Waxman
Fotografia: Victor Milner
Edição: Archie Marshek
Direção de Arte: Hans Dreier, Henry Bumstead
Figurino: Edith Head
Maquiagem: Wally Westmore
Efeitos Sonoros: Hugo Grenzbach, Walter Oberst
Efeitos Especiais: Gordon Jennings, Farciot Edouart
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1953

Elenco

Barbara Stanwyck Vance Jeffords
Wendell Corey Rip Darrow
Walter Huston T. C. Jeffords
Judith Anderson Flo Burnett
Gilbert Roland Juan Herrera
Thomas Gomez El Tigre
Beulah Bondi Sra. Anaheim
Albert Dekker Sr. Reynolds
John Bromfield Clay Jeffords
Wallace Ford Scotty Hyslip
Blanche Yurka Sra. Herrera
Louis Jean Heydt Bailey
Frank Ferguson Dr. Grieve
Charles Evans Velho Anaheim
Craig Kelly Anaheim, jovem
Movita Chiquita
Myrna Dell Dallas Hart
Pepe Hern Feliz Herrera
Lou Steele Aguirre Herrera
Rosemary Pettit Carol Ann
Sam Finn Comerciante

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Victor Milner)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Na década de 1870, o rancheiro viúvo T. C. Jeffords retorna de San Francisco para seu rancho “The Furies” no território do Novo México. Com ele encontra-se o Sr. Reynolds, avaliador de um Banco no qual Jeffords espera conseguir um empréstimo. Embora Jeffords, que governa o território como um rei, desdenhe de seu filho, Clay, ele admira sua voluntariosa filha, Vance, que tem seguido os seus passos. Em nome do Banco de Anaheim, Reynolds concede-lhe um empréstimo de US$100.000 na condição de que ele expulse os posseiros de suas terras. No entanto, Vance insiste que seu pai permita que a família méxico-americana Herrera permaneça, uma vez que Juan Herrera tem sido seu melhor amigo desde a infância.

Jeffords assegura Vance que ela irá administrar o rancho depois que ele retornar à San Francisco e lhe oferece um dote de US $50.000, caso ela venha a se casar com alguém que ele aprove. Ao invés disso, Vance apaixona-se por  Rip Darrow, um mercenário proprietário de um Saloon, cujo pai foi morto por Jeffords, e que está determinado a recuperar a terra fértil, conhecida como a "Faixa de Darrow," que Jeffords ganhara em uma batalha legal. Embora Vance acredite que ela seduziu Rip, ele aceita a oferta do dote de US $50.000 em troca de deixá-la. Assim, Rip funda o Banco Darrow, e um ano mais tarde, passa legalmente a conduzir os negócios locais do Banco de Anaheim.

Quando Anaheim e Darrow recusam renovar o empréstimo de Jeffords, a menos que Vance expulse os posseiros de suas terras, ela ordena que seu implacável capataz, El Tigre, queime as terras de todos, exceto a de Herrera. Vance, no entanto, ainda se recusa a despejar Juan, seu único amigo. Jeffords, em seguida, retorna ao rancho com sua noiva, Flo Burnett. Esta anuncia que contratou um gerente para administrar o rancho e afugentar os Herreras. Enciumada e furiosa, Vance parte para cima de Flo com um par de tesouras, desfigurando-a, e em seguida corre para avisar os Herreras.

Vance encontra-se ao lado de Juan quando seu pai ataca as terras dos Herreras. No entanto, apaixonado por Vance, Juan se rende ao perceber que ela teme pela vida do pai. Apesar de Jeffords concordar em deixá-los sair pacificamente, ele insiste em enforcar Juan por roubar um cavalo. Vance jura vingança e viaja por todo o sudoeste para comprar todos os vales de seu pai, que os usava mais frequentemente do que dinheiro em espécie. Ao retornar ao Novo México, ela e Rip se aliam, ocasião em que ela concorda em devolver a "Faixa de Darrow" e, em troca, ele lhe empresta os US$50.000 e a ajuda a retomar o rancho. Agora, Jeffords encontra-se completamente falido. E Flo, que se tornou uma alcoólatra, se recusa a emprestar-lhe dinheiro com receio de ser abandonada por ter se tornado desfigurada.

Vance convence Anaheims a prorrogar o empréstimo do pai e depois, secretamente, compra 20.000 cabeças de seu gado. Quando seu pai procura receber o dinheiro da venda, ele descobre que a compradora é sua filha, que lhe paga com os vales que ela adquirira ao viajar por todo o sudoeste. Impressionado com a perspicácia da filha, Jeffords aceita sua derrota sem discutir. Em seguida, ele faz as pazes com Rip, quando este manifesta sua intenção de se casar com Vance.

Quando os três caminham até a cidade para comemorarem a paz encontrada, a mãe de Juan atira em Jeffords pelas costas, como forma de vingar a morte do filho. Antes de morrer, ele pede a Rip e à filha para enterrarem seu nome juntamente com seu corpo, pois sua reputação seria um fardo muito pesado para sua herdeira. No entanto, depois de levarem seu corpo para o rancho, Vance e Rip planejam dar, ao seu futuro filho, o nome do avô.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Anthony Mann, a partir de um roteiro escrito por Charles Schnee, “Almas em Fúria” é um ótimo faroeste ‘noir’ produzido por Hal B. Wallis em 1950. Sua trama, baseada num livro de Niven Busch, é muito bem arquitetada, conseguindo prender a atenção do espectador do início ao fim.

Na direção, embora não atinja o nível por ele alcançado em “Winchester ‘73”, Mann realiza um bom trabalho, no que é ajudado pelo excelente trabalho de câmera a cargo de Victor Milner. No elenco, Walter Huston brilha no papel de T. C. Jeffords, seguido pela ótima atuação de Barbara Stanwyck. A propósito, “Almas em Fúria” marcou o último trabalho de Walter Huston, já que ele veio a falecer antes mesmo de seu lançamento.

CAA