Filmes por gênero

EU SEI QUE VOU TE AMAR (1986)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Love me forever or never (Estados Unidos)
Parle-moi d'amour (França)
Yo sé que te voy a amar (Espanha)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Arnaldo Jabor
Roteiro: Arnaldo Jabor
Produção: Arnaldo Jabor, Hélio Ferraz
Design Produção: Maria Helena Salles, Sérgio Silveira
Fotografia: Lauro Escorel Filho
Edição: Mair Tavares
Figurino: Glória Kalil
Efeitos Sonoros: José Luiz Sasso, Virginia Flores, Romeu Quinto, Licio Oliveira
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1987

Elenco

Thales Pan Chacon Ele
Fernanda Torres Ela

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Atriz (Fernanda Torres)

Indicações

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Arnaldo Jabor)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Um casal separado há mais de um ano resolve reencontrar-se.  O clima começa ameno, cada um contando como é melhor estar livre.  Lentamente, por trás de uma amizade falsa que ainda resta entre eles, o passado começa a ser revirado.  E dele emerge tudo que tentou ser escondido por anos:

Ela amava outro.  Ele a traiu várias vezes.  Ela sentia-se protegida demais, queria ser quem realmente era.  Ele, para sentir-se mais homem, deu para um travesti.  Ela, para se sentir mais forte e poderosa, queria ser a putona de Ipanema!

No meio dessa verdadeira dança de acusações, as máscaras começam a cair e com elas, toda a estrutura podre de uma sociedade conservadora e hipócrita que oprime as pessoas a serem o que os outros querem.

A discussão do casal é intercalada por pequenos monólogos, que mostram o que cada um está pensando no momento.  Assim, é possível perceber que, mesmo naquela situação, na qual tentam encontrar a verdade, a vontade de mostrar-se mais forte do que o outro faz com que, a cada situação, surjam novas mentiras.

Cada revelação traz consigo mais falsidade.  Cada passo para um real conhecimento de quem são e foram, é um passo para trás, que os afasta ainda mais.  Até que a racionalidade é colocada de lado e o desejo começa a falar mais alto.

Ele começa a beijá-la.  Ela quer, mas tenta esquivar-se.  Ele insiste e começa a tirar-lhe a roupa.  Ela ameaça chamar a polícia e usa contra ele uma espécie de gás paralisante.  Entretanto, o gás é uma espécie de alucinógeno, que não o paralisa, mas faz com que algo semelhante à pomba-gira desça sobre ele.  Ela assusta-se e não tem mais coragem de fugir.  Ele começa a gritar, dançar balé e derrubar as estantes da casa.  O tubo de gás cai no chão e ela também é possuída.  Acabam os dois dançando e amando-se no meio de penas e caixas derrubadas.  Na seqüência final, os dois, nus, encontram-se deitados à beira mar, com um polvo gigante cobrindo-lhes.

imagem

Comentários

"Eu Sei Que Vou Te Amar" é um excelente filme nacional, escrito e dirigido pelo cineasta Arnaldo Jabor.

Além do ótimo trabalho de Jabor, o filme apresenta a magnífica fotografia de Lauro Escorel Filho, o excelente trabalho de edição de Mair Tavares e as extraordinárias interpretações de Fernanda Torres e Thales Pan Chacon, o que é realçado pelos diálogos inteligentes.

Com apenas dois atores, encerrados numa casa, o filme lembra muito uma peça de teatro.  Enfim, "Eu Sei Que Vou Te Amar" é um filme imperdível.

CAA