Filmes por gênero

COISAS BELAS E SUJAS (2002)

Dirty pretty things
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Loin de chez eux (Canadá francês)
Estranhos de passagem (Portugal)
Piccoli affari sporchi (Itália)
Negocios ocultos (Espanha)
Kleine schmutzige Tricks (Alemanha)
Pais: Reino Unido
Gênero: Drama, Suspense, Crime
Direção: Stephen Frears
Roteiro: Steven Knight
Produção: Robert Jones, Tracey Scoffield
Design Produção: Hugo Luczyc-Wyhowski
Música Original: Nathan Larson
Fotografia: Chris Menges
Edição: Mick Audsley
Direção de Arte: Rebecca Holmes
Figurino: Odile Dicks-Mireaux
Guarda-Roupa: Philip Goldsworthy, Lucilla Simbari
Maquiagem: Annabel Hill, Natasha Nischol, Matthew Smith
Efeitos Sonoros: Mark Rose, Mark Auguste, Christian Joyce e outros
Efeitos Especiais: Graham Longhurst, Christopher Longhurst, Dan Frye
Efeitos Visuais: Mark Nelmes
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 2004

Elenco

Chiwetel Ejiofor Okwe
Audrey Tautou Senay
Benedict Wong Guo Yi
Sophie Okonedo Juliette
Sotigui Kouyaté Shinti
Sergi López Sneaky
Jean-Philippe Écoffey Jean-Luc
Nizwar Karanj Motorista de Mini Cab
Kriss Dosanjh Homem de negócios asiático
Zlatko Buric Ivan
Israel Aduramo Motorista de Mini Cab
Yemi Ajibade Motorista de Mini Cab
Dhobi Oparei Motorista de Mini Cab
Jeffery Kissoon Controlador de Mini Cabs
Kenan Hudaverdi Proprietário do Café
Paul Bhattacharjee Mohammed
Abi Gouhad Filho de Shinti
Rita Hamill Enfermeira
Sabina Michael Alemã
Michael Mellinger Alemão
Norma Dumezweni Celia
Adrian Scarborough Médico

Prêmios

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Roteirista Britânico do Ano (Steven Knight )

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Sergio Trasatti (Stephen Frears)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio Alexander Korda de Melhor Filme Britânico

Prêmio de Melhor Roteiro Original

Academia do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Roteiro

Prêmio de Melhor Ator (Chiwetel Ejiofor)

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio do Público de Melhor Ator (Sergi López)

Prêmio do Público de Melhor Atriz (Audrey Tautou )

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Leão de Ouro (Stephen Frears)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Ator Britânico do Ano (Chiwetel Ejiofor)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Steven Knight )

Videoclipes

70 anos de cinema 70 anos de cinema 70 anos de cinema 70 anos de cinema 70 anos de cinema

Sinopse

No submundo de Londres, Okwe é um imigrante ilegal nigeriano que trabalha de dia como motorista de uma rede de 'mini cabs' e, à noite, como recepcionista em um hotel decadente.  Para agüentar a dupla jornada, masca folhas de coca e tenta dormir num sofá secretamente cedido por sua amiga Senay.   Esta é uma jovem virgem turca, exilada, que trabalha ilegalmente no mesmo hotel, como camareira, já que é proibida de exercer qualquer atividade pelo Serviço de Imigração.  Seu sonho é conseguir ir um dia para Nova York.

Como teria cursado medicina na Nigéria, Okwe é de certa forma explorado pelo seu chefe da frota de 'mini cabs', para dar diagnósticos e conseguir remédios para ele e seus colegas, também ilegais, como Guo Yi, funcionário do necrotério de um hospital.  No hotel, ao ser avisado sobre o entupimento de um vaso sanitário em um dos quartos, ele sobe até o local e descobre, horrorizado, que a obstrução fora causada por um coração humano.  Perturbado, começa a buscar explicações e acaba se deparando com uma rede de tráfico de órgãos.  Ao procurar seu chefe, o inescrupuloso gerente, Sneaky, este o desafia a denunciar o caso à polícia.  Okwe se vê, então, obrigado a ignorar o incidente face à sua condição de imigrante ilegal.  Sneaky pertence à essa rede criminosa e recompensa os doadores com falsos passaportes e novas identidades.

Quando Senay, por falta de opções, se vê obrigada a doar um rim em troca de um passaporte, que lhe permita viajar para Nova York, Okwe se junta a uma prostituta chinesa para, com Senay, tentar livrá-la dessa terrível mutilação.

imagem imagem imagem

Comentários

"Coisas Belas e Sujas" é um ótimo filme sobre os problemas da imigração ilegal e do tráfico de órgãos humanos no submundo de Londres.  Tendo por base o excelente roteiro de  Steven Knight, o cineasta britânico Stephen Frears consegue nos levar a esse mundo cruel e desconhecido, de forma contundente e, ao mesmo tempo, contagiante.  Um ponto interessante é que os imigrantes ilegais são tratados com carinho, enquanto que os homens da lei, como os fiscais do Serviço de Imigração, aparecem como se fossem vilões.

Com uma fotografia primorosa, o filme tem ainda no elenco, um dos seus maiores destaques.  O ator inglês Chiwetel Ejiofor, embora pouco conhecido, tem um desempenho excepcional.  À dele, somam-se as ótimas atuações de Sergi López, Audrey Tautou e Sophie Okonedo.

 CAA