Filmes por gênero

GAIJIN - OS CAMINHOS DA LIBERDADE (1980)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les chemins de la liberté (França)
Gaijin, a brazilian odyssey (USA)
A jöttmentek (Hungria)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Tizuka Yamasaki
Roteiro: Tizuka Yamasaki, Jorge Durán
Produção: Carlos Alberto Diniz, Sumiko Akiyoshi Yamasaki
Design Produção: Yurika Yamasaki
Música Original: John Neschling
Fotografia: Edgar Moura
Edição: Vera Freire, Lael Rodrigues
Figurino: Carlos Eduardo Martins, Namie Koseki
Guarda-Roupa: Tereza Fujino, Ivonete Pomponet do Carmo
Maquiagem: Antônio Pacheco
Efeitos Sonoros: Juarez Dagoberto Costa, Roberto Leite, Zezé d'Alice
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1981

Elenco

Kyoko Tsukamoto Titoe
Antônio Fagundes Tonho
Jiro Kawarazaki Yamada
Gianfrancesco Guarnieri Enrico
Louise Cardoso Angelina
Celso Saiki Ueno
Carlos Augusto Strazzer Dr. Heitor
Keniti Kaneko Kobayashi
José Dumont Ceará
Clarisse Abujamra Maria Felícia
Álvaro Freire Chico Santos
Oswaldo Barreto Fazendeiro
Carlos Costa Luizão
Wanda Marchetti D. Iracema
Lineu Dias Ministro
Missaki Tanaka Sra. Nishi
Paulo Yamaguti Sr. Nakano
Tima Mizumoto Sra. Massuni

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

FIPRESCI - Menção Especial (Tizuka Yamasaki)

Festival de Gramado, Brasil

Kikito de Ouro de Melhor Filme Brasileiro (Tizuka Yamasaki)

Kikito de Ouro de Melhor Trilha Sonora (John Neschling)

Kikito de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante (José Dumont)

Kikito de Ouro de Melhor Roteiro (Tizuka Yamasaki, Jorge Durán)

Kikito de Ouro de Melhor Cenografia (Yurika Yamasaki)

Festival de Cinema de Havana, Cuba

Grand Coral - 1º Prêmio (Tizuka Yamasaki)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No início do século XX, japoneses chegam ao Brasil, dando início ao processo de imigração que vem atender à falta de mão-de-obra nos cafezais, substituindo o trabalho dos escravos negros, recém libertados.

A adolescente Titoe se vê obrigada a se casar com Yamada, amigo de seu irmão Kobayashi, para cumprir as exigências da Companhia de Imigração, que dava preferência aos candidatos que emigrassem com sua família.  Dessa forma, embarcam juntos, no navio Kasato Maru, o casal, seu irmão e o seu primo Ueno.

No Brasil, a família de Titoe é contratada para trabalhar na fazenda de café do Dr. Heitor.  Juntamente com outros imigrantes, são mal remunerados e explorados pelo capataz, que exige ritmo de trabalho desumano.  As dívidas contraídas com as passagens pagas pelo contratante e com compras de alimento básico no armazém da fazenda, crescem continuamente, destruindo os sonhos de todos os japoneses, que vieram acreditando no retorno em um prazo de 5 anos, com um bom pé de meia.

O contador Tonho acaba se apaixonando por Titoe.  Ele vive o conflito de ser obrigado a se sujeitar a malversações da contabilidade da fazenda, reconhecendo, por outro lado, as injustiças que sofrem os japoneses e italianos, estes liderados pelas idéias anarquistas de Enrico.  

Não suportando a pressão, alguns se suicidam.  Se não morrem lutando, se degradam socialmente. Outros, como Ueno, que foge com Angelina, sofrem um processo de assimilação cultural,  contribuindo para a formação do povo e da cultura brasileiros.

imagem

Comentários

"Gaijin - Os Caminhos da Liberdade" é um ótimo filme.  Realizado pela cineasta Tizuka Yamasaki, o filme é um projeto autobiográfico sobre os imigrantes japoneses no Brasil, e suas relações com os italianos e os nordestinos.

A direção de Tizuka é consistentemente boa, apresentando ótimas seqüências, marcadas por um realismo impressionante.  Com uma magnífica trilha sonora, o filme conta ainda com um bom trabalho de cenografia e ótimas interpretações.

CAA