Filmes por gênero

O GUARANI (1996)

imagem

Ficha Técnica

Pais: Brasil
Gênero: Drama, Romance
Direção: Norma Bengell
Roteiro: José Joffily Filho
Produção: Norma Bengell, Jaime A. Schwartz, Miriam Cavour
Design Produção: Alexandre Meyer
Música Original: Wagner Tiso
Fotografia: Antônio Luiz Mendes
Edição: Isabelle Rathery
Direção de Arte: Alexandre Meyer
Figurino: Kika Lopes
Maquiagem: Jaque Monteiro, Luis Michelotti
Efeitos Sonoros: Walter Goulart, Norma Bengell
Efeitos Especiais: Mauricio Couto Bevilaqua
Nota: 7.1
Filme Assistido em: 1996

Elenco

Márcio Garcia Peri
Tatiana Issa Cecília 'Ceci'
Glória Pires Isabel
Herson Capri Dom Antônio de Mariz
José de Abreu Loredano
Marco Ricca Dom Álvaro Sá
Imara Reis Dona Laureana
Cláudio Mamberti Mestre Nunes
Tonico Pereira Aires Gomes
Renato Dantas Fernão Aires
Breno Moroni Rui Soeiro
Raphael Molina Romão
Guti Fraga Bento Simões
Arnaldo Marques Martin Vaz
Eduardo Werneck Gusmão
Tamur Aimara .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Século XVII.  Colonizadores a serviço do Rei de Portugal, aventureiros e bandeirantes viajam pelas terras de Novo Mundo em busca de ouro e outras riquezas.  No vale do Paquequer, instala-se numa fortaleza a família do fidalgo português Dom Antonio de Mariz: sua mulher, Dona Laureana, seu filho Diogo, sua filha Cecília, Isabel, ama e amiga da jovem, e Dom Álvaro Sá, fiel escudeiro de Dom Antonio.  A fortaleza foi construída nas cercanias das terras dos índios aimorés, que parecem conviver sem maiores hostilidades com os colonizadores e os aventureiros que passam por lá.

Peri, índio goitacás que vive afastado da sua tribo, salva da morte a jovem Cecília, por quem se apaixona.  Para ficar perto da amada, o guerreiro - que Dom Antônio considera "um cavalheiro português em corpo de selvagem" - coloca-se a serviço do fidalgo.  Ao mesmo tempo em que alimenta sua paixão por Cecília, Peri observa atentamente as traiçoeiras maquinações de Loredano.  Ex-padre, Loredano ambiciona o poder e, com seus seguidores, desencadeia dentro da fortaleza uma conspiração para enfraquecer a posição do fidalgo senhor da fortaleza.

O amor de Peri e da meiga Cecília - a sua Ceci - transtorna emocionalmente Isabel.  Dividida entre a inveja que sente da amiga e sua paixão secreta por Dom Álvaro Sá, Isabel tenta a todo custo conquistar o coração do escudeiro de Dom Antonio.  Os sentimentos de Isabel ficam ainda mais conturbados quando descobre que é filha de Dom Antônio.

As intrigas de Loredano criam uma atmosfera de mal-estar na fortaleza, dividindo seus moradores. Mas um incidente mudará a vida dos colonizadores: Dom Diogo, o herdeiro, provoca a morte de uma índia aimoré, levando a tribo á guerra contra os portugueses.  Em vários ataques, os aimorés minam a resistência dos colonos sitiados.  Antes da destruição da fortaleza, Dom Antônio pede a Peri que salve Ceci.  O guerreiro e sua amada fogem do palco dos conflitos.

Como novos Adão e Eva, o nobre selvagem e a donzela branca começam a lançar bases de uma nova civilização, no paraíso tropical.

imagem

Comentários

Baseado no romance de José de Alencar, "O Guaraní" é um bom filme nacional.  Realizado pela diretora Norma Bengel, o filme narra o romance do índio goitacás, Peri, com a filha de um fidalgo português, Cecí, bem como, as dificuldades que os dois têm que vencer para ficarem juntos.

O trabalho de direção é mediano.  As seqüências de ação são boas e a música de Wagner Tiso é ótima.  O elenco apresenta algumas boas interpretações.

CAA