Filmes por gênero

O GRANDE MOTIM (1935)

Mutiny on the Bounty
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les révoltés du Bounty (França)
Gli ammutinati del Bounty (Itália)
Rebelión a bordo (Espanha)
Motín a bordo (Argentina, México)
Meuterei auf der Bounty (Alemanha, Austria)
Myteriet på Bounty (Suécia)
Lázadás a Bountyn (Hungria)
Kapina laivalla (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Drama, Histórico
Direção: Frank Lloyd
Roteiro: Talbot Jennings, Carey Wilson, Jules Furthman
Produção: Frank Lloyd
Música Original: Herbert Stothart
Fotografia: Arthur Edeson
Edição: Margaret Booth
Direção de Arte: Cedric Gibbons
Maquiagem: Robert J. Schiffer
Efeitos Sonoros: Douglas Shearer
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 1948

Elenco

Charles Laughton Capt. William Bligh
Clark Gable 1º Oficial Fletcher Christian
Franchot Tone Aspirante Roger Byam
Herbert Mundin Smith
Eddie Quillan Marinheiro Thomas Ellison
Dudley Digges Dr. Bacchus, cirurgião do navio
Donald Crisp Marinheiro Thomas Burkitt
Henry Stephenson Sir Joseph Banks
Francis Lister Capt. Nelson
Spring Byington Sra. Byam
Movita Tehani
Mamo Clark Maimiti
Percy Waram Marinheiro Coleman
David Torrence Lord Hood
John Harrington Ten. Purcell
Douglas Walton Stewart
Ian Wolfe Maggs
DeWitt Jennings Fryer
Vernon Downing Hayward
Marion Clayton Anderson Mary Ellison
Crauford Kent Ten. Edwards
Pat Flaherty Churchill
Marion Clayton Sra. Mary Ellison
David Niven Marinheiro Able-Bodied
Charles Irwin Marinheiro Matthew Thompson
Alec Craig Marinheiro William McCoy
Byron Russell Quintal
Bill Bambridge Hitihiti
Nadine Beresford Mãe de Ellison
James Cagney Pequena participação

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Charles Laughton)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Frank Lloyd)

Oscar de Melhor Ator (Clark Gable, Charles Laughton, Franchot Tone )

Oscar de Melhor Roteiro (Jules Furthman, Talbot Jennings, Carey Wilson)

Oscar de Melhor Edição (Margaret Booth)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Nat W. Finston, Herbert Stothart)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1787, o navio H.M.S. Bounty parte de Portsmouth, Inglaterra, para uma viagem ao Tahití, onde deverá ser carregado com pés de fruta-pão destinados às Índias Ocidentais.  O navio é comandado pelo tirânico Capitão William Bligh e pelo seu respeitado 1º Oficial, Fletcher Christian.

Durante a longa viagem, Bligh logo implanta seu regime de medo e punição, junto à tripulação.  Mas, finalmente, o Bounty chega ao Tahiti.  Christian permanece em serviço a bordo, enquanto o aspirante Byam recebe permissão para desembarcar.

Uma vez em terra, Byam conhece o chefe local, Hitihiti.  Logo a seguir, encontra e se apaixona por uma bela mulher tahitiana, Tehanni.  Quando Christian, de folga, vai à terra, também se apaixona por uma nativa, Maimiti, neta de Hitihiti.

Depois de meses na idílica Tahiti, quando a maioria dos tripulantes casa-se com nativas da ilha, o Bounty prepara-se para zarpar.  Uma vez a bordo, o tratamento desumano dado por Bligh ao Dr. Bacchus, que se acha gravemente doente e que vem a falecer, é o estopim para que irrompa um motim liderado pelo 1º Oficial Christian.

Os amotinados colocam o Capt. Bligh e 18 homens que não aderiram ao motim, num pequeno barco e retornam com o Bounty para o Tahiti, onde vivem felizes por muitos meses.  Embora não tenha participado do motim, Byam não segue com o capitão por falta de espaço no pequeno barco.

Depois de 49 dias, Bligh consegue chegar com o pequeno barco ao Timor, nas Índias Orientais Holandesas.  Um ano depois, a bordo de uma outra fragata britânica, 'The Pandora', Bligh volta ao Tahiti disposto a caçar os responsáveis pelo motim e levá-los à corte marcial.

Christian e vários outros colegas fogem, antes da chegada de Bligh, para a Ilha Pitcaim, entre o Chile e a Austrália, a fim de começarem uma vida nova.

Byam, embora insista em que não aderira ao motim, é levado a julgamento na Inglaterra e, em seguida, condenado à morte.  Em seu depoimento, ele denuncia as atrocidades e injustiças impostas por Bligh à tripulação.  Antes de sua sentença ser levada a efeito, Byam tem sua pena perdoada pelo rei, voltando a servir à marinha britânica.

imagem

Comentários

Baseado no livro de Charles Nordhoff e James Norman Hall, "O Grande Motim" é um excelente filme de aventuras.  Realizado pelo diretor Frank Lloyd, o filme narra a forma desumana com que o capitão de um navio inglês trata sua tripulação e a reação destes, liderados pelo 1º Oficial.

Partindo de um magnífico roteiro, Lloyd mostra uma competente direção, trabalhando muito bem os diversos personagens.  Adicionalmente, "O Grande Motim" conta ainda com uma ótima trilha sonora, efeitos especiais incríveis para a época, uma bela fotografia e as excepcionais atuações de Clark Gable, Franchot Tone e, principalmente, Charles Laughton.

Enfim, trata-se de um filme imperdível.

CAA