Filmes por gênero

O TIGRE E O DRAGÃO (2000)

Wo hu cang long
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ngo foo chong lung (Hong Kong)
Crouching tiger, hidden dragon (USA, UK)
Tigre et dragon (França)
La tigre e il dragone (Itália)
Pais: Taiwan, Hong Kong, Estados Unidos, China
Gênero: Ação, Aventura, Drama
Direção: Ang Lee
Roteiro: James Schamus, Hui-Ling Wang, Kuo Jung Tsai
Produção: Ang Lee, Li-Kong Hsu, William Kong
Design Produção: Timmy Yip
Música Original: Tan Dun
Fotografia: Peter Pau
Edição: Tim Squyres
Direção de Arte: Jian-Quo Wang, Bin Zhao
Figurino: Timmy Yip
Guarda-Roupa: Bao-Rong Huang, Wang Rong, Jun Chai e outros
Maquiagem: Yun-Ling Man, Yi-Gong Ren, Liu-Jing Dong e outros
Efeitos Sonoros: Eugene Gearty, Drew Kunin, James Ziegler e outros
Efeitos Visuais: Rob Hodgson, Patrick Ballin, Donald Fly e outros
Nota: 8.9
Filme Assistido em: 2003

Elenco

Yun-Fat Chow Mestre Li Mu Bai
Michelle Yeoh Yu Shu Lien
Ziyi Zhang Jen Yu
Chen Chang Lo 'Nuvem Negra'
Sihung Lung Sir Te
Pei-pei Cheng Jade Fox
Fa Zeng Li Governador Yu
Xian Gao Bo
Yan Hai Madame Yu
De Ming Wang Inspetor de Polícia Tsai
Su Ying Huang Tia Wu
Jin Ting Zhang De Lu
Rei Yang Empregada
Kai Li Gou Jun Pei
Jian Hua Feng Gou Jun Sinung
Cheng Lin Xu Capitão
Wen Sheng Wang Gangster
Dong Song Gangster
Zhong Xuan Ma Mi Biao
Yong De Yang Monge Jing

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Oscar de Melhor Fotografia

Oscar de Melhor Trilha Sonora

Oscar de Melhor Direção de Arte

Instituto Australiano de Cinema

Prêmio de Melhor Filme (Ang Lee)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Ang Lee)

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Ang Lee)

Prêmio de Melhor Figurino

Prêmio Anthony Asquith de Melhor Música

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Não Americano (Ang Lee)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Ang Lee)

Prêmio de Melhor Direção (Ang Lee)

Prêmios do Cinema, Hong Kong

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Pei-pei Cheng)

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros

Prêmio de Melhor Direção (Ang Lee)

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio de Melhor Canção (Moonlight Lover)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme em Língua Estrangeira do Ano

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio de Melhor Design de Produção

Prêmio de Melhor Trilha Sonora

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Fotografia (Peter Pau)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Não Americano (Ang Lee)

Associação dos Críticos de Cinema de Toronto, Canadá

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ziyi Zhang)

Festival Internacional de Toronto, Canadá

Prêmio Escolha do Povo (Ang Lee)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Ator ou Atriz Jovem em Filme Estrangeiro (Ziyi Zhang)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Ang Lee)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado

Oscar de Melhor Figurino

Oscar de Melhor Edição

Oscar de Melhor Canção Original (A love before time)

Oscar de Melhor Direção (Ang Lee)

Prêmios Amanda - Festival de Haugesund, Noruega

Amanda de Melhor Filme Estrangeiro (Ang Lee)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme (Ang Lee)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ziyi Zhang)

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais Especiais

Prêmio de Melhor Edição

Prêmio de Melhor Maquiagem

Prêmio de Melhor Design de Produção

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros

Prêmio de Melhor Atriz (Michelle Yeoh)

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

Academia do Cinema Europeu

Prêmio Internacional (Ang Lee)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original

Prêmios do Cinema, Hong Kong

Prêmio de Melhor Direção de Arte

Prêmio de Melhor Edição

Prêmio de Melhor Maquiagem

Prêmio de Melhor Roteiro

Prêmio de Melhor Ator (Yun-Fat Chow)

Prêmio de Melhor Atriz (Michelle Yeoh)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Chen Chang)

Prêmio de Melhor Figurino

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme do Ano

Prêmio Diretor do Ano (Ang Lee)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Ang Lee)

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Taiwan)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Na China do século XIX, o filme acompanha as aventuras de dois casais profundamente apaixonados mas que, devido às circunstâncias, são incapazes de viverem juntos.  Shu Lien e Li Mu Bai são guerreiros treinados na escola Wudan, que se amam e que não conseguem expressar seus verdadeiros sentimentos.  No passado, Shu Lien fora noiva de um irmão de sangue de Li Mu Bai, o qual foi morto numa luta tentando defendê-lo.  Por esse motivo, eles acreditam que uma maior aproximação entre eles iria desonrar a memória do morto.

Shu Lien fica surpresa quando Li Mu Bai chega à sua casa e lhe diz que está desistindo da vida de guerreiro.  Em seguida, ele lhe pede para que leve sua 'Espada do Destino Verde', de 400 anos,  até a casa de Sir Te, em Pequim, para presenteá-lo com a mesma.

Sir Te não quer aceitar um presente tão valioso, mas concorda em guardar a espada até que Li Mu Bai a queira de volta.  Logo depois, a valiosa espada é roubada.  Shu Lien ainda luta com a ladra, mas infelizmente esta consegue fugir.  Embora não tenha conseguido resgatá-la, ela tem uma idéia de quem seja a responsável pelo roubo.

A fim de evitar um escândalo, Shu Lien visita a casa do Governador Yu, a fim de passar algum tempo com a filha deste, Jen Yu, que ela recentemente conhecera e que ficara extremamente fascinada pela espada.  Jen Yu está para se casar contra sua vontade com um noivo arranjado por seu pai, de modo que sente ciúmes da liberdade que Shu Lien goza.  Shu Lien acredita que Jen Yu está escondendo alguma coisa, possivelmente a conhecida criminosa Jade Fox, responsável pelo assassinato do mestre de Li Mu Bai.  Quando este chega à Pequim para encontrar a espada desaparecida e toma conhecimento de que Jade Fox se encontra na área, ele se vê forçado a retornar ao seu antigo estilo de vida como forma de tentar vingar a morte do seu mestre.

Quando ele se acha frente a frente com a espada inimiga, encontra uma jovem guerreira super talentosa que está a procura de um verdadeiro mestre, a jovem Jen Yu.  Na realidade, ela precisa mais conhecer os princípios da meditação e da harmonia do stress Wudan, que propriamente melhorar suas habilidades como guerreira.  Jen Yu é, provavelmente, a melhor lutadora que ele jamais conhecera, mas lhe falta disciplina.  Ela escondeu os seus talentos da própria família e, embora respeite Li Mu Bai, não está a fim de se submeter a ninguém.  Jen Yu foi treinada pela bruxa e criminosa Jade Fox e logo se tornou muito melhor que sua mentora.

Jen Yu acredita que Li Mu Bai e Shu Lien estão tentando forçá-la a voltar para a vida que ela não deseja.  Entretanto, quando eles descobrem seu envolvimento amoroso com um bandido do deserto, Lo, eles tentam ajudá-los a ficarem juntos, mas Jen Yu não aceita ninguém manipulando sua vida, mesmo que isso represente uma chance de felicidade.  Lo sonha desesperadamente em ficar com Jen Yu, em voltar a ter uma vida simples ao seu lado.  No entanto, Jen Yu é incapaz de ceder e largar a vida independente e perigosa que escolheu.

No final, ambos os casais vêem suas chances de felicidade fugirem por entre os dedos.  Li Mu Bai consegue realizar a vingança que tanto perseguiu, porém não esperava ter que pagar um preço tão alto por ela.  Por outro lado, Jen Yu paga um preço muito alto por seu egoismo e sua tentativa de liberdade.  Ela pode ter adquirido todas as habilidades de uma grande guerreira, mas não aprendeu os princípios básicos que estão por trás dessa arte milenar.  Sem honra, nenhuma vitória tem sentido.

imagem imagem imagem

Comentários

"O Tigre e o Dragão" é um filme sobre artes marciais que se destaca em relação aos outros do gênero.  Os diálogos são muito bons, valorizando a liberdade de viver, a lealdade, a dignidade, a honra.

As cenas de artes marciais, com os personagens correndo sobre os tetos das casas, alçando vôos ou dançando sobre as águas formam uma verdadeira coreografia celebrando as belezas da forma e do movimento.

O diretor Ang Lee, cujo talento já havia sido muito bem demonstrado em filmes como 'Banquete de Casamento', Razão e Sensibilidade", entre outros, volta às suas origens chinesas com este novo trabalho.

O filme apresenta um bom roteiro, mas os destaques ficam para a bela fotografia e a majestosa trilha sonora.  O elenco apresenta boas interpretações, com destaques para as três mulheres: a ex-'Bond Girl' Michelle Yeoh, a jovem Ziyi Zhang e Pei-pei Cheng.

CAA