Filmes por gênero

O SALÁRIO DO MEDO (1953)

Le salaire de la peur
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: The wages of fear (UK / USA)
Il salario della paura (Itália)
El salario del miedo (Espanha, México, Argentina)
Lohn der angst (Alemanha, Austria)
Fruktans lön (Suécia)
Cena strachu (Polônia)
Frygtens pris (Dinamarca)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama, Suspense
Direção: Henri-Georges Clouzot
Roteiro: Henri-Georges Clouzot, Jérôme Géronimi
Produção: Henri-Georges Clouzot, Raymond Borderie
Música Original: Georges Auric
Direção Musical: Georges Auric
Fotografia: Armand Thirard
Edição: Madeleine Gug, Etiennette Muse, Henri Rust
Direção de Arte: René Renoux
Maquiagem: Georges Bouban
Efeitos Sonoros: William Robert Sivel
Nota: 9.4
Filme Assistido em: 1955

Elenco

Yves Montand Mario
Charles Vanel Jo
Folco Lulli Luigi
Peter van Eyck Bimba
Véra Clouzot Linda
William Tubbs Bill O'Brien
Darío Moreno Hernández
Jo Dest Smerloff
Antonio Centa Chefe do Campo
Luis de Lima Bernardo
Jeronimo Mitchell Dick
René Baranger .
Pat Hurst .
Evelio Larenagas .
François Valorbe .

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (Henri-Georges Clouzot)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme (Henri-Georges Clouzot)

Festival Internacional de Cannes, França

Grand Prix do Festival (Henri-Georges Clouzot)

Menção Especial (Charles Vanel)

Sindicato Francês dos Críticos de Cinema, França

Prêmio da Crítica de Melhor Filme (Henri-Georges Clouzot)

Prêmios Blue Ribbon

Blue Ribbon de Melhor Filme Estrangeiro (Henri-Georges Clouzot)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Num pequeno vilarejo da América Central, a população depende das atividades da Southern Oil Company, uma empresa petrolífera americana.  Lá, quatro aventureiros estrangeiros aceitam a tarefa de conduzir dois caminhões carregados de nitroglicerina, ao longo de 500 km, a fim de apagar um incêndio num poço de petróleo.

Pensando na recompensa de US$ 2000, eles arriscam a própria vida pelas acidentadas e tortuosas estradas do país, onde uma maior vibração pode fazer com que tudo voe pelo ar.  São eles: dois franceses, Jo e Mario, o primeiro e mais velho é um covarde que se passa por valentão e o outro é um jovem sem grandes perspectivas de vida; um alemão, Bimba, homem frio e pragmático; e um italiano calabrês, Luigi, bem-humorado e cheio de sonhos e planos.

Ao longo da viagem, os quatro aventureiros, de temperamentos distintos, encaram a situação de forma diferente, aumentando a cada instante a tensão entre eles.  Dessa viagem, apenas Mario sobrevive.  Na viagem de retorno, esperado pela bela Linda, Mario perde o controle do caminhão...

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

"O Salário do Medo" é um brilhante filme de suspense, forte e inesquecível.

A câmera de Clouzot, com uma objetividade e fluidez quase clínicas, capta com maestria os movimentos e as emoções vividas pelos personagens.  Nos momentos de maior tensão, o espectador perde o fôlego, ao som da música de Georges Auric.

Por outro lado, "O Salário do Medo" retrata a situação geopolítica do pós-guerra, época em que os europeus em geral, e os franceses em particular, sofreram com as miseráveis condições de vida em países da América Central, em contraste com o emergente imperialismo norte - americano na exploração de suas populações pobres.

Além da magnífica direção e do excelente roteiro, o filme conta ainda com grandes atuações dos principais atores, com destaques para Yves Montand e Charles Vanel.

CAA