Filmes por gênero

O SOL É PARA TODOS (1962)

To kill a Mockingbird
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Na sombra e no silêncio (Portugal)
Du silence et des ombres (França, Bélgica, Canadá)
Il buio oltre la siepe (Itália)
Matar a un ruiseñor (Espanha, Argentina, Peru, México)
Wer die Nachtigall stört (Austria, Alemanha)
Skuggor över södern (Suécia)
Dræb ikke en sangfugl (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Robert Mulligan
Roteiro: Horton Foote
Produção: Alan J. Pakula
Música Original: Elmer Bernstein
Fotografia: Russell Harlan
Edição: Aaron Stell
Direção de Arte: Henry Bumstead, Alexander Golitzen
Figurino: Rosemary Odell
Guarda-Roupa: Seth Banks
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: Waldon O. Watson, Corson Jowett
Efeitos Especiais: Don Wolz
Efeitos Visuais: Carole Cowley
Nota: 9.3
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Gregory Peck Atticus Finch
John Megna Dill Harris
Frank Overton Xerife Heck Tate
Rosemary Murphy Maudie Atkinson
Ruth White Sra. Dubose
Brock Peters Tom Robinson
Estelle Evans Calpurnia
Paul Fix Juiz Taylor
Collin Wilcox Paxton Mayella Violet Ewell
James Anderson Bob Ewell
Alice Ghostley Tia Stéphanie Crawford
Robert Duvall Boo Radley
William Windom Sr. Gilmer, Promotor
Crahan Denton Walter Cunningham Sr.
Richard Hale Nathan Radley
Mary Badham Jean Louise 'Scout' Finch
Phillip Alford Jeremy 'Jem' Finch
Hugh Sanders Dr. Reynolds
Bill Walker Rev. Sykes
Guy Wilkerson Primeiro Jurado
David Crawford David Robinson
Kim Hamilton Helen Robinson, esposa de Tom
Jester Hairston Spence Robinson, pai de Tom
Nancy Marshall Professora
Kim Hector Cecil Jacobs

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator (Gregory Peck)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Design de Produção (Alexander Golitzen, Henry Bumstead, Oliver Emert )

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Horton Foote)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme a Promover a Paz entre os Povos

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Gregory Peck)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Elmer Bernstein )

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Gary Cooper (Robert Mulligan)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Ator Estrangeiro (Gregory Peck)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama escrito diretamente para o cinema (Horton Foote)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Robert Mulligan)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary Badham)

Oscar de Melhor Filme (Alan J. Pakula )

Oscar de Melhor Fotografia (Russell Harlan)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Elmer Bernstein)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Ator Estrangeiro (Gregory Peck)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Direção (Robert Mulligan)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Robert Mulligan)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Robert Mulligan)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Horton Foote )

Prêmio de Melhor Filme

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em um Drama (Gregory Peck)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary Badham)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Alabama, 1932. Os habitantes da pacata cidadezinha de Maycomb são em sua maioria pequenos agricultores, ainda sofrendo os efeitos da Crise de 1929.  Num ambiente ameno em que todos se conhecem e se cumprimentam nas ruas, vivem os irmãos Jem e Scout Finch, ele um menino de 12 anos e ela sua irmã caçula, quatro anos mais nova.

Órfãos de mãe, os dois são cuidados pela babá, a negra Calpurnia, e o pai Atticus, advogado respeitado na cidade, que não se furta em atender gratuitamente os mais pobres.  A infância normal, dividida entre a escola, as brincadeiras com o amigo Dill e as fantasias acerca do vizinho, o malvado Sr. Radley, aos poucos cederão espaço à crueldade do mundo adulto como, por exemplo, a discriminação.

Tudo começa quando seu pai resolve defender um negro acusado de ter estuprado uma moça branca.  Toda a conservadora cidade se volta contra ele, embora a inocência do homem seja evidente.  Assim, sua comovente defesa irá custar-lhe muitas inimizades...

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num romance de Harper Lee, "O Sol é para Todos" é um excelente filme de tribunal.  Realizado pelo cineasta Robert Mulligan, o filme apresenta, sob a ótica de duas crianças, preceitos básicos como a ética e a dignidade.

A direção de Mulligan é consistentemente boa, do início ao fim.  Adicionalmente, "O Sol é para Todos" conta ainda com uma ótima trilha sonora, uma excelente fotografia em preto-e-branco e a magnífica direção de arte de Henry Bumstead.

Finalmente, Gregory Peck tem, talvez, a melhor atuação de sua carreira, nesse fabuloso e imperdível clássico.

CAA