Filmes por gênero

O PIANISTA (2002)

Le Pianiste
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Le pianiste (França, Canadá)
The pianist (UK, USA)
Il pianista (Itália)
Der pianist (Austria, Alemanha)
El pianista (Espanha, Argentina, México)
Pianisten (Noruega)
Pianisti (Finlândia)
Pijanist (Croácia)
Pais: França, Polônia, Alemanha, Reino Unido
Gênero: Drama, 2ª Guerra Mundial, Biográfico
Direção: Roman Polanski
Roteiro: Ronald Harwood
Produção: Alain Sarde, Roman Polanski, Robert Benmussa
Design Produção: Allan Starski
Música Original: Wojciech Kilar
Fotografia: Pawel Edelman
Edição: Hervé de Luze
Direção de Arte: Nenad Pecur, Sebastian T. Krawinkel
Figurino: Anna B. Sheppard
Guarda-Roupa: Sabine Groh, Adrianna Wozniak, Brita Hofmann
Maquiagem: Didier Lavergne, Waldemar Pokromski, Irmela Oswald
Efeitos Sonoros: Jean-Marie Blondel, Gérard Hardy, Dean Humphreys
Efeitos Especiais: Jan Gwiasda, Volker Lorig, Hans Seck e outros
Efeitos Visuais: Frédéric Moreau, Melanie Göggelmann e outros
Nota: 9.2
Filme Assistido em: 2003

Elenco

Adrien Brody Wladyslaw Szpilman
Emilia Fox Dorota
Michal Zebrowski Jurek
Ed Stoppard Henryk
Maureen Lipman Mãe de Wladyslaw
Frank Finlay Pai de Wladyslaw
Jessica Kate Meyer Halina
Julia Rayner Regina
Richard Ridings Sr. Lipa
Thomas Kretschmann Capitão Wilm Hosenfeld
Ronan Vibert Marido de Janina
Valentine Pelka Marido de Dorota
Cyril Shaps Sr. Grün
Roy Smiles Itzak Heller
Paul Bradley Yehuda
Daniel Caltagirone Majorek
Andrzej Blumenfeld Benek
Detlev von Wangenheim Oficial da SS
John Bennett Dr. Ehrlich
Tom Strauss Dr. Luczak
Ruth Platt Janina
Andrew Tiernan Szalas
Darian Wawer Criança no muro
Cezary Kosinski Lednicki
Frank-Michael Köbe Soldado da SS atiramdo em Benek
Uwe Rathsam Soldado da SS atirando numa mulher
Lucy Skeaping Músico de rua
Roddy Skeaping Músico de rua
Ben Harlan Músico de rua
Thomas Lawincky Policial
Joachim Paul Assböck Policial

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Roman Polanski)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Ronald Harwood )

Oscar de Melhor Ator (Adrien Brody)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme (Roman Polanski, Robert Benmussa, Alain Sarde)

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Roman Polanski)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Roman Polanski)

Prêmios Leão Tcheco, Praga, República Tcheca

Leão Tcheco de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Roman Polanski)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Direção (Roman Polanski)

César de Melhor Ator (Adrien Brody)

César de Melhor Filme (Roman Polanski)

César de Melhor Música escrita para um Filme (Wojciech Kilar)

César de Melhor Design de Produção (Allan Starski )

César de Melhor Som (Jean-Marie Blondel, Gérard Hardy, Dean Humphreys )

César de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro (Roman Polanski)

Academia do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Filme Europeu (Roman Polanski)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Roman Polanski)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Boston

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Roman Polanski)

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Círculo dos Roteiristas de Cinema, Espanha

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Cálices de Ouro, Itália

Prêmio Cálice de Ouro de Melhor Filme Europeu (Roman Polanski)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Diretor (Roman Polanski)

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Roteiro (Ronald Harwood)

Festival Norueguês do Cinema Internacional, Noruega

Prêmio do Cinema Ecumênico (Roman Polanski)

Prêmios do Cinema Polonês, Varsóvia, Polônia

Prêmio de Melhor Filme (Roman Polanski, Robert Benmussa, Alain Sarde)

Prêmio de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Prêmio de Melhor Direção (Roman Polanski)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Allan Starski )

Prêmio de Melhor Figurino (Anna B. Sheppard)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Wojciech Kilar )

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Jean-Marie Blondel)

Prêmio de Melhor Edição (Hervé de Luze)

Associação de Críticos de Cinema de San Francisco

Prêmio de Melhor Filme

Prêmios Sant Jordi de Barcelona

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Roman Polanski)

Prêmios Turia, Espanha

Prêmio Turia de Melhor Filme Estrangeiro (Roman Polanski)

Prêmios Étoiles d'Or, Paris, França

Étoile d'Or de Melhor Direção (Roman Polanski)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Roman Polanski, Robert Benmussa, Alain Sarde )

Oscar de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Oscar de Melhor Figurino (Anna B. Sheppard )

Oscar de Melhor Edição (Hervé de Luze)

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Estrangeiro (Roman Polanski)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio Anthony Asquith de Melhor Música (Wojciech Kilar)

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado (Ronald Harwood)

Prêmio de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Jean-Marie Blondel, Gérard Hardy, Dean Humphreys )

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Roteiro (Ronald Harwood)

César de Melhor Edição (Hervé de Luze)

César de Melhor Figurino (Anna B. Sheppard)

Academia do Cinema Europeu

Prêmio do Público de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Direção (Roman Polanski)

Prêmio de Melhor Filme (Roman Polanski, Robert Benmussa, Alain Sarde )

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Adrien Brody)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Diretor (Roman Polanski)

Associação dos Críticos de Cinema de Ohio, USA

Prêmio de Melhor Filme

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Roman Polanski)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio Sierra de Melhor Filme

Prêmio Sierra de Melhor Direção (Roman Polanski)

Prêmio Sierra de Melhor Ator (Adrien Brody)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Fotografia (Pawel Edelman)

Prêmios do Cinema Polonês, Varsóvia, Polônia

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Maureen Lipman)

Prêmio de Melhor Atriz (Emilia Fox)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ed Stoppard)

Prêmio de Melhor Roteiro (Ronald Harwood )

Grêmio dos Críticos de Cinema da Rússia

Prêmio de Melhor Ator Estrangeiro (Adrien Brody)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Roteiro Adaptado (Ronald Harwood)

Círculo dos Críticos de Cinema de Vancouver, Canadá

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Direção (Roman Polanski)

Associação dos Críticos de Cinema de Utah, USA

Prêmio de Melhor Ator (Adrien Brody)

Prêmio de Melhor Diretor (Roman Polanski)

Prêmio de Melhor Filme (Roman Polanski, Robert Benmussa, Alain Sarde)

Prêmio de Melhor Roteiro (Ronald Harwood)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Quando a 2ª Guerra Mundial eclodiu em 01/09/1939, Varsóvia foi um dos primeiros alvos nazistas, de modo que, a despeito da corajosa resistência da população, os habitantes se viram obrigados a capitular em 27 de setembro.

Após a ocupação, os alemães utilizaram as Famosas SS e a Gestapo para lançar uma política brutal contra a população judia, submetendo-a a tratamentos degradantes, confiscando seus bens e construindo muros para encerrar os judeus em algumas áreas, surgindo, então, o Gueto de Varsóvia.

O brilhante pianista e judeu polonês, Wladyslaw Szpilman, interpretava peças clássicas em uma rádio de Varsóvia quando as primeiras bombas caíram sobre a cidade.  Como os demais judeus locais, Wladyslaw e sua família perderam tudo e foram obrigados a se mudar para o famoso Gueto, onde as condições de vida eram super precárias e o sofrimento e a humilhação estavam sempre presentes.

A partir de julho de 1942, os nazistas começaram a enviar os judeus para o Campo de Extermínio de Treblinka. Durante essa nova onda de perseguição, a família de Wladyslaw foi capturada e enviada para o Campo de Treblinka.  Quando do embarque na estação ferroviária, Wladyslaw foi o único que conseguiu fugir.

Ele passou, então, a viver escondido nas ruínas da cidade, em prédios abandonados.  Tempos depois, foi encontrado por um oficial alemão num casarão semidestruído onde, ao ser perguntado sobre sua identidade, ele confessou ser um pianista judeu.  Por sorte, o referido oficial era um admirador da  boa música e decidiu ajudá-lo a sobreviver.

imagem imagem imagem

Comentários

Roman Polanski recusou-se a realizar "A Lista de Schindler", pois a ação se desenvolvia no gueto de Cracóvia, o mesmo de onde ele conseguira fugir aos oito anos de idade, enquanto sua mãe, morria em Auschwitz.  Agora, ao adaptar as memórias de Wladyslaw Szpilman, sobrevivente do gueto de Varsóvia, Polanski se dispõe a evocar algumas de suas lembranças mais traumatizantes.  De fato, através das experiências dolorosas do célebre pianista, muitas vezes são as emoções vividas pelo pequeno Roman durante a guerra que aparecem no filme.  Assim, "O Pianista" é, sem dúvida, a obra mais pessoal de Polanski.

O filme é uma verdadeira aula de história, forte, precisa e dotada de uma ambiciosa reconstituição de época.  Além de um roteiro extremamente feliz, o filme tem, na atuação de Adrien Brody, um dos seus pontos fortes.  Merecem ainda destaques o elenco de suporte, a excelente fotografia e a belíssima música.

Enfim, "O Pianista" é um canto à dignidade humana, um grito desesperado frente à violência da guerra, temas que se constituem nos tópicos fundamentais desta premiada obra do sempre discutido Roman Polanski.

CAA