Filmes por gênero

O MILAGRE DE ANNIE SULLIVAN (1962)

The miracle worker
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Miracle en Alabama (França)
Anna dei miracoli (Itália)
El milagro de Ana Sullivan (Espanha)
Ana de los milagros (Argentina, México, Peru)
La maestra milagrosa (Venezuela)
Licht im Dunkel (Alemanha)
Helen Kellers triumf (Dinamarca)
Сотворившая чудо (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Biográfico
Direção: Arthur Penn
Roteiro: William Gibson
Produção: Fred Coe
Música Original: Laurence Rosenthal
Fotografia: Ernesto Caparrós
Edição: Aram Avakian
Direção de Arte: George Jenkins
Figurino: Ruth Morley
Maquiagem: Herman Buchman
Efeitos Sonoros: Emil Kolisch, Richard Vorisek, Hugh Robertson
Nota: 8.9
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Anne Bancroft Annie Sullivan
Victor Jory Cap. Arthur Keller
Inga Swenson Kate Keller
Andrew Pine James Keller
Kathleen Comegys Tia Ev
Patty Duke Helen Keller
Madge West Viney
Grant Code Médico
Michele Farr Annie aos 10 anos
Jack Hollander Sr. Anagnos, da Perkins School de Boston
Michael Darden Percy aos 10 anos
Dale Ellen Bethea Martha aos 10 anos
Alan Howard Jimmie aos 8 anos
Beah Richards Viney, empregada de Keller
Maribel Ayuso .
John Bliss .
William F. Haddock .
Judith Lowry .
Helen Ludlam .

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Anne Bancroft)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Patty Duke)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Estrangeira (Anne Bancroft)

Festival Internacional de San Sebastián, Espanha

Prêmio San Sebastián de Melhor Atriz (Anne Bancroft)

Prêmio OCIC (Arthur Penn)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante (Patty Duke)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Arthur Penn)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (William Gibson)

Oscar de Melhor Figurino em Branco e Preto (Ruth Morley)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Patty Duke)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Anne Bancroft)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Drama

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama (Anne Bancroft)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (William Gibson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1887, no Alabama, a jovem Helen Keller, cega e muda, desde a infância, devido a uma congestão cerebral, está a ponto de ser enviada para uma Instituição especializada em doentes mentais.  Sua falta de habilidade para se comunicar a deixou frustrada e violenta.  É um tempo difícil no sul dos Estados Unidos.

Desesperados, seus pais procuram ajuda junto ao Perkins Institute, de Boston, que lhes encaminha a jovem Annie Sullivan para ser tutora de sua filha.  Annie acabara de concluir seu curso, de modo que Helen será sua primeira aluna.

Em sua incansável tarefa para tentar fazer com que Helen se adapte e entenda, pelo menos em parte, o mundo que a cerca, Annie não se mostra condescendente nem a trata como uma pessoa deficiente.  Com essa atitude e determinação, entra muitas vezes em confronto com os pais de Helen, que sempre sentiram pena da filha e a mimaram.  Por várias vezes, o pai a ameaça de mandá-la embora.  A situação chega a tal ponto que Annie diz que, para seu trabalho apresentar bons resultados, é preciso que ela e Helen passem a morar sozinhas numa outra casa da família.  

A tarefa é realmente difícil, mas com pulso firme e muito amor, Annie consegue, em relativamente pouco tempo, tornar Helen uma garota dócil, bem como, fazer com que ela aprenda a linguagem dos dedos e a pronunciar suas primeiras palavras.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado no livro autobiográfico "The Story of my Life" de Helen Keller, "O Milagre de Annie Sullivan" é um grande clássico do cinema americano.  Realizado pelo cineasta Arthur Penn, o filme é comovente e retrata a luta pela vida , nesse caso, contra a adversidade.

A direção de Arthur Penn é soberba.  O roteiro, assinado por William Gibson, é muito bem escrito e estruturado.  As interpretações de Anne Bancroft e Patty Duke são impactantes em sua sinceridade brutal.  A emoção envolve o espectador à medida em que o personagem vivido por Patty Duke vai-se despojando de suas defesas e aversões para descobrir algo novo entre elas, o milagre a que o título se refere.

Enfim, "O Milagre de Annie Sullivan" é um filme imperdível.

CAA