Filmes por gênero

O PIANO (1993)

The piano
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La leçon de piano (França)
Lezioni di piano (Itália)
Das piano (Alemanha, Austria)
La lección de piano (Argentina)
El piano (Espanha, México)
Pianot (Suécia)
Fortepian (Polônia)
Zongoralecke (Hungria)
Pais: Nova Zelândia, Austrália, França
Gênero: Drama, Música, Romance
Direção: Jane Campion
Roteiro: Jane Campion
Produção: Jan Chapman
Design Produção: Andrew McAlpine
Música Original: Michael Nyman
Fotografia: Stuart Dryburgh
Edição: Veronika Jenet
Direção de Arte: Gregory Keen
Figurino: Janet Patterson
Guarda-Roupa: Barbara Darragh, Sue Gandy, Marian Hera, Liz McGregor
Maquiagem: Katherine James, Marjory Hamlin, Francia Smeets e outros
Efeitos Sonoros: Tony Johnson, Gethin Creagh, Peter Townend e outros
Efeitos Especiais: Jason Docherty, Ken Durey, Waynne Rugg, Jason Durey
Efeitos Visuais: Roger Cowland
Nota: 9.2
Filme Assistido em: 1994

Elenco

Holly Hunter Ada McGrath
Harvey Keitel George Baines
Sam Neill Alisdair Stewart
Anna Paquin Flora McGrath
Kerry Walker Tia Morag
Geneviève Lemon Nessie
Tungia Baker Hira
Ian Mune Reverendo
Peter Dennett Marinheiro-Chefe
Cliff Curtis Mana
Pete Smith Hone
Carla Rupuha Heni
Mahina Tunui Mere
George Boyle Avô de Flora
Gordon Hatfield Te Kori
Kirsten Batley Marama
Tania Burney Mahina
Annie Edwards Te Tiwha
Harina Haare Roimata/Anjo
Christina Harimate Parearau
Steve Kanuta Amohia
Guy Moana Kohuru
Glynis Paraha Mairangi
Susan Tuialii Pare

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Oscar de Melhor Roteiro Original (Jane Campion )

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmio de Melhor Figurino (Janet Patterson)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Andrew McAlpine )

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme do Ano

Prêmio Atriz do Ano (Holly Hunter)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh )

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmio de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Estrangeiro (Jane Campion)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Holly Hunter)

Instituto Australiano de Cinema

Prêmio de Melhor Filme (Jan Chapman )

Prêmio de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Som (Lee Smith, Tony Johnson, Gethin Creagh, Peter Townend, Annabelle Sheehan)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Andrew McAlpine )

Prêmio de Melhor Figurino (Janet Patterson)

Prêmio de Melhor Edição (Veronika Jenet)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Michael Nyman )

Prêmio de Melhor Ator (Harvey Keitel)

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Não Americano (Jane Campion)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro (Jane Campion)

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Estrangeiro (Jane Campion)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Boston

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Michael Nyman )

Círculo de Críticos de Cinema da Austrália

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Prêmio de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion )

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Michael Nyman)

Prêmios Guldbagge, Suécia

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz (Holly Hunter)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion)

Festival de Cinema do SESC, Brasil

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Jane Campion)

Festival Internacional de Vancouver, Canadá

Prêmio do Filme Mais Popular (Jane Campion)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro escrito diretamente para o cinema (Jane Campion)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Jan Chapman )

Oscar de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh )

Oscar de Melhor Direção (Jane Campion)

Oscar de Melhor Figurino (Janet Patterson)

Oscar de Melhor Edição (Veronika Jenet)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh)

Prêmio de Melhor Filme (Jan Chapman, Jane Campion )

Prêmio de Melhor Edição (Veronika Jenet)

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Som (Lee Smith, Tony Johnson, Tony Johnson)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Michael Nyman)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Michael Nyman)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion )

Prêmio de Melhor Direção (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Instituto Australiano de Cinema

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Sam Neill)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Kerry Walker)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Diretor (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Roteiro (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Atriz Estrangeira (Holly Hunter)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Jane Campion)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Jane Campion)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Música (Michael Nyman)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Diretor (Jane Campion)

Prêmio de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh )

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Anna Paquin)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Fotografia (Stuart Dryburgh)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Segunda metade do século XIX.  Muda desde os seis anos de idade, a escocesa Ada McGrath deixa sua terra natal, junto com a filha Flora, para uma viagem até a Nova Zelândia, onde irá conhecer o homem a quem foi prometida e com quem deverá casar-se, em matrimônio arranjado pela família.

Morando numa pequena propriedade na floresta, rodeado de índios Maori, Alisdair Stewart, o noivo, a princípio estranha o comportamento arredio de Ada, imaginando que é só uma questão de tempo para que ela venha a tornar-se mais "afetuosa".  Mas Ada vive num mundo particular, compartilhado apenas pela filha esperta e por um piano, que agora acha-se abandonado na praia devido às dificuldades de transporte.

A contragosto, o vizinho, George Baines, índio amigo de Stewart, leva mãe e filha até a praia, encantando-se no entanto quando ouve Ada ao piano.  Para irritação da futura esposa, Stewart vende o instrumento a Baines, que argumenta ter interesse em aprender música quando, na verdade, é Ada a fonte de seu desejo.

Obrigada pelo marido e pela vontade de voltar a tocar, Ada aceita dar aulas de piano a Baines, não recuando mesmo quando descobre suas reais intenções.  Assim, ela se vê envolvida no sensual e perigoso jogo do índio, que lhe oferece uma tecla do piano a cada carícia que ela lhe permite.

imagem

Comentários

Escrito, dirigido e produzido pela cineasta neozelandesa, radicada na Austrália, Jane Campion, "O Piano" tem todos os ingredientes necessários a um grande filme: um excelente roteiro, uma direção consistentemente boa, uma belíssima fotografia, figurinos coerentes com a época, uma ótima trilha sonora e brilhantes interpretações.

Intimista e sensual, o filme aborda temas como o universo da mulher, o preconceito contra os índios, entre outros.  Holly Hunter está maravilhosa, merecendo o Oscar de Melhor Atriz ganho pela interpretação da frágil Ada McGrath.

CAA