Filmes por gênero

O REI DA NOITE (1975)

imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: King of the night (Estados Unidos)
Król nocy (Polônia)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Hector Babenco
Roteiro: Orlando Senna
Produção: Hector Babenco, Ignácio Gerber, José Pinto
Música Original: Paulo Herculano
Fotografia: Lauro Escorel
Edição: Sylvio Renoldi
Direção de Arte: Laonte Klawa
Figurino: Laonte Klawa
Maquiagem: Nena
Efeitos Sonoros: Júlio Perez Caballar, José Tavares, Geraldo José
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 1976

Elenco

Paulo José Tertuliano (Tezinho)
Marília Pêra Pupi
Vick Militello Maria das Graças
Isadora de Farias Maria do Socorro
Cristina Pereira Maria das Dores
Yara Amaral Mãe de Tezinho
Márcia Real Sinhá
Emílio Fontana Pai de Tezinho
Dorothée-Marie Bouvyer Aninha
Ivete Bonfá Agripina
Gledys Marisa Maria do Roccio
Francisco Cúrcio Tabelião
Maria do Roccio .
Neuza Borges .
Áurea Campos .
France Mary .
Kleber Afonso .

Prêmios

Festival de Cinema de Brasília, DF

Troféu Candango de Melhor Ator (Paulo José)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1920, na capital paulista, o jovem Tezinho namora Aninha, sua primeira paixão.  Entretanto, a pedido dos pais da menina, é obrigado a se afastar dela, que está com sopro no coração.  Inicia-se entre ambos uma correspondência para o resto da vida.

Em casa de uma amiga de sua mãe, conhece as três filhas da proprietária: Maria das Dores, Maria do Socorro e Maria das Graças. Namora das Dores mas a moça enlouquece. Tezinho passa a freqüentar a vida boêmia, mantendo um intenso caso de amor com Pupi, cantora de cabaré, que o sustenta, e torna-se o rei da noite.

Paralelamente, casa-se com Maria das Graças, que o transforma num marido frustrado pelas cenas de ciúmes e brigas constantes. Chegam a uma situação limite em que ela pede que ele a mate, para acabar com seu sofrimento.  Em casa, Tezinho surpreende das Graças, na cama com um tabelião, e satisfaz seu velho pedido, envenenando-a.  No velório, seduz a cunhada, Maria do Socorro.

Tezinho reencontra Pupi, envelhecida e doente, que o rejeita porque ele não assume a paternidade do filho de ambos.  Sozinho, vendedor de bilhetes de loteria nas ruas de uma São Paulo já totalmente diferente e modernizada, ele relembra os seus tempos de glória em um asilo para idosos. 

imagem imagem imagem

Comentários

"O Rei da Noite" é um bom filme nacional, através do qual o cineasta Hector Babenco narra a história de Tezinho, desde sua adolescência até a velhice, mostrando suas experiências amorosas e sua vida boêmia nas noites de São Paulo.

A direção de Babenco é consistentemente muito boa, fazendo com que o espectador mantenha o seu interesse ao longo de toda a projeção.  Um outro ponto a destacar é a bela fotografia de Lauro Escorel.

No elenco, disparados, destacam-se Paulo José e Marília Pêra com interpretações impecáveis.

CAA