Filmes por gênero

ADEUS, MENINOS (1987)

Au revoir les enfants
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Auf wiedersehen, kinder (Alemanha)
Adeus, rapazes (Portugal)
Arrivederci, ragazzi (Itália)
Adiós, muchachos (Espanha)
Adiós a los niños (Argentina, Peru, México)
Vaarwel kinderen (Holanda)
Vi ses igen, barn (Suécia)
Viszontlátásra, gyerekek! (Hungria)
Pais: França, Alemanha
Gênero: Drama, Guerra, Biográfico
Direção: Louis Malle
Roteiro: Louis Malle
Produção: Louis Malle
Design Produção: Willy Holt
Fotografia: Renato Berta
Edição: Emmanuelle Castro
Figurino: Corinne Jorry
Guarda-Roupa: Hélène Robin
Maquiagem: Susan Robertson
Efeitos Sonoros: Jean-Claude Laureux, Jean-Pierre Duret, Claude Villand e outros
Nota: 9.2
Filme Assistido em: 1989

Elenco

Gaspard Manesse Julien Quentin
Raphael Fejtö Jean Bonnet / Jean Kippelstein
Francine Racette Mme. Quentin
Stanislas Carré de Malberg François Quentin
Philippe Morier-Genoud Padre Jean
François Berléand Padre Michel
François Négret Joseph
Irène Jacob Srta. Davenne
Peter Fitz Müller
Benoît Henriet Ciron
Richard Leboeuf Sagard
Xavier Legrand Babinot
Arnaud Henriet Negus
Jean-Sébastien Chauvin Laviron
Luc Étienne Moreau
Marcel Bellot Guibourg
Ami Flammer Florent
Jean-Paul Dubarry Padre Hippolyte
Jacqueline Staup Enfermeira
Jacqueline Paris Mme. Perrin
René Bouloc Restaurador
Sergio Kato Jean-Pierre
Alain Clément .

Prêmios

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Direção (Louis Malle)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Europeu (Louis Malle)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme em Língua Estrangeira do Ano

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Leão de Ouro (Louis Malle)

Prêmio Sergio Trasatti (Louis Malle)

Prêmio UNICEF (Louis Malle)

Ciak de Ouro de Melhor Filme (Louis Malle)

Prêmio OCIC (Louis Malle)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Direção (Louis Malle)

César de Melhor Edição (Emmanuelle Castro)

César de Melhor Filme (Louis Malle)

César de Melhor Som (Jean-Claude Laureux, Claude Villand, Bernard Leroux )

César de Melhor Design de Produção (Willy Holt)

César de Melhor Fotografia (Renato Berta)

César de Melhor Roteiro (Louis Malle)

Sindicato Francês dos Críticos de Cinema, França

Prêmio de Melhor Filme (Louis Malle)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Louis Malle)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Louis Malle)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Roteiro Estrangeiro (Louis Malle )

Prêmio de Melhor Direção de um Filme Estrangeiro (Louis Malle)

David de Melhor Filme Estrangeiro (Louis Malle)

Prêmios Louis Delluc, França

Prêmio Louis Delluc (Louis Malle)

Prêmios do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Roteiro (Louis Malle)

Festival de Cinema do SESC, Brasil

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Louis Malle)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original (Louis Malle)

Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Louis Malle)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Revelação Masculina (François Négret)

César de Melhor Figurino (Corinne Jorry)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme (Louis Malle)

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Louis Malle)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Louis Malle)

Academia do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme (Louis Malle)

Prêmios do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Direção (Louis Malle)

Prêmio de Melhor Filme (Louis Malle)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No inverno francês de 1944, em meio às dificuldades causadas pela ocupação nazista, durante a 2ª Guerra Mundial, Julien Quentin, um garoto de 12 anos, vai estudar no colégio interno católico St. Jean-de-la-Croix.

Lá, a maioria de seus colegas implica com ele porque, ao contrário deles, Julien leva seus estudos a sério, recebendo elogios dos professores.  Entretanto, ele tem um rival, na pessoa do jovem Jean Bonnet, pois os alunos implicam ainda mais com este.  A princípio, os dois garotos não se dão bem mas, em pouco tempo, tornam-se grandes amigos.  Juntos, passam a ir escondidos até a sala de música, procuram um tesouro nas matas próximas e, secretamente lêem 'Arabian Nights'.

Um dia, Julien descobre que seu amigo é judeu, um dos muitos que o colégio acolhe como forma de tentar protegê-los da política anti-semita alemã.  Tal descoberta não altera em nada a amizade entre eles.

Entretanto, com base na denúncia de um ex-empregado do colégio, um grupo de soldados nazistas invade o local, prendendo Jean, dois outros alunos e o padre responsável pelo educandário.

imagem

Comentários

"Adeus Meninos" é um comovente e nostálgico filme sobre a amizade entre dois garotos de um colégio interno, na França ocupada, e que são cruelmente afastados quando a Gestapo descobre que um deles é de origem judaica.

Escrito, produzido e dirigido pelo grande cineasta francês, Louis Malle, "Adeus Meninos" está entre seus melhores trabalhos.

Com um roteiro bem estruturado e uma direção competente, o filme conta ainda com uma ótima fotografia e um bom elenco, marcando a estréia no cinema da bela Irène Jacob, na época com apenas 21 anos.

CAA