Filmes por gênero

ALMA EM SUPLÍCIO (1945)

Mildred Pierce
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Alma em suplício (Portugal)
Le roman de Mildred Pierce (França)
Il romanzo di Mildred (Itália)
Alma en suplicio (Espanha)
Abnegación de mujer (Argentina)
El suplicio de una madre (Uruguai)
Solange ein Herz schlägt (Alemanha, Austria)
Mildred Pierce: En amerikansk kvinna (Suécia)
Милдред Пирс (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Filme Noir, Melodrama
Direção: Michael Curtiz
Roteiro: Ranald MacDougall
Produção: Jerry Wald
Música Original: Max Steiner
Direção Musical: Leo F. Forbstein
Fotografia: Ernest Haller
Edição: David Weisbart
Direção de Arte: Anton Grot
Guarda-Roupa: Milo Anderson
Maquiagem: Perc Westmore
Efeitos Sonoros: Oliver S. Garretson
Efeitos Especiais: Willard Van Enger
Nota: 8.8
Filme Assistido em: 1951

Elenco

Joan Crawford Mildred Pierce Beragon
Jack Carson Wally Fay
Zachary Scott Monte Beragon
Eve Arden Ida Corwin
Ann Blyth Veda Pierce Forrester
Bruce Bennett Bert Pierce
Lee Patrick Sra. Maggie Biederhof
Moroni Olsen Inspetor Peterson
Veda Ann Borg Miriam Ellis
Jo Ann Marlowe Kay Pierce
Barbara Brown Sra. Forrester
Wallis Clark Advogado de Wally
George Tobias Sr. Chris
Charles Trowbridge Sr. Williams
Jack O'Connor Detetive
Dorothy Barrett Dorothy
Joan Winfield Professora de piano
Betty Alexander Convidada na festa
Angela Greene Convidada na festa
Marjorie Kane Garçonete
Bess Flowers Mulher no Restaurante

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Joan Crawford)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Eve Arden)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Ann Blyth)

Oscar de Melhor Roteiro (Ranald MacDougall)

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Ernest Haller)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Joan Crawford)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Numa bela casa de praia, seis tiros são disparados e o proprietário, Monte Beragon, cai morto.  Na mesma noite, num píer em Santa Monica, Mildred Pierce Beragon é encorajada por um policial a deixar o local e a não cometer suicídio.

Ao sair, enxugando as lágrimas, ela é reconhecida por Wally Fay, proprietário de um restaurante próximo, que a leva até a casa de praia.  Ao entrarem na casa, ela pede um minuto para trocar de roupa, mas o engana, saindo e deixando-o preso no local.  Ao tentar localizá-la, ele se depara com o cadáver de Beragon.  Desesperado, ele consegue sair por uma janela, no momento em que passa uma patrulha policial, que pensa tratar-se de um ladrão.

Mildred chega de táxi à sua elegante casa em Pasadena.  Ao entrar, sua filha de 19 anos, Veda, corre ao seu encontro e lhe diz que dois detetives estão à sua espera.  Eles lhe comunicam que seu marido foi encontrado morto e ela os acompanha até a Delegacia.  Uma vez lá, o Inspetor Peterson comunica~lhe que seu ex-marido, Bert Pierce, confessou a autoria do crime.  Ela responde que ele seria incapaz de matar alguém, mas Peterson lhe diz que, adicionalmente, a arma usada pertencia a Bert.

Em 'flashback', aparece Mildred, casada com Bert e mãe de duas adolescentes, Veda e Kay.  Bert e Wally Fay são sócios no mercado imobiliário.  Quando a demanda cai, Bert deixa a sociedade.  O casamento deles entra em crise pelo fato de Mildred gastar o que não pode com vestidos caros para a ambiciosa filha Veda.  Um dia, depois de discutirem, eles se separam.  Bert encontra consolo junto à Maggie Biederhof.

Ao saber que Wally Fay gosta da mãe, Veda a incentiva a se casar com ele, pois, assim, elas teriam mordomos, limusine e uma nova casa.  Mildred não aceita a idéia da filha.

Tentando recomeçar sua vida, ela decide abrir um restaurante.  Procura então Wally, que ainda está no ramo imobiliário e este sugere um imóvel de propriedade de Monte Beragon.  Ao ser apresentada a Beragon, este a convida para ir até sua casa de praia.  Horas depois, ele a leva até sua casa, onde encontra Bert enfurecido, pelo fato dela estar ausente, quando a filha Kay adoeceu com pneumonia, doença que a leva à morte.

Com o novo restaurante, Mildred trabalha bastante, Beragon se apaixona por ela, enquanto Veda passa a se insinuar para ele.  O restaurante é um sucesso.  Em três anos, Mildred torna-se uma grande empresária, co-proprietária de uma rede de cinco restaurantes.

Cada vez mais, ela faz as vontades de Veda.  Quando ela presenteia a filha com um novo carro, Beragon passa a se interessar por Veda, de quem aceita um beijo.  Mildred sente o clima entre os dois e pede a Beragon para se afastar da filha.

Sedenta por dinheiro, Veda consegue ficar grávida do milionário Ted Forrester e, para se afastar dele, recebe um cheque de US 10.000.  Ao chegar em casa, Mildred discute com Veda e termina rasgando o cheque e expulsando a filha de sua casa.

Bert telefona para Mildred e a convida para jantarem no restaurante de Wally, junto ao píer.  Ao chegar lá, Mildred é surpreendida ao ver a filha entrar num palco, cantando para uma platéia repleta de marinheiros.  Embaraçada com a performance musical de Veda, Mildred tenta levá-la de volta para casa, e esta diz que só voltaria se a mãe pudesse manter a vida de luxo que ela tanto ama.

Mais tarde, na mansão de Beragon, Mildred tenta comprar o imóvel para prover uma residência adequada aos caprichos de Veda.  Ele reluta e ela lhe propõe um casamento de conveniência.  Ele diz aceitar desde que ela passe para ele 1/3 das ações de seu lucrativo negócio.  Concordando, os dois se casam.  Veda volta a morar com a mãe, mas logo fica claro que há algo entre Beragon e a filha.

Tempos depois, Mildred toma conhecimento de que Beragon está vendendo o 1/3 das ações da rede de restaurantes, fazendo com que ela perca o controle acionário de seus negócios.  Ela sente, assim, que o marido a está passando pra trás, tanto em sua vida amorosa quanto na profissional.

Voltando ao presente, na Delegacia, Mildred diz ao Inspetor Peterson que foi ela quem matou o marido, ao que o policial responde que ela está tentando proteger alguém.  A seguir, Peterson faz entrar dois detetives trazendo Veda.  Com habilidade, o Inspetor a interroga, deixando claro ter sido ela a assassina de Beragon.

Em novo 'flashback', aparece Mildred descendo as escadas da mansão e se deparando com Veda e Beragon aos beijos.  Veda encara a mãe e lhe diz que o caso entre eles é antigo e que Beragon vai pedir o divórcio para se casar com ela.

Desesperada, Mildred sai correndo em direção ao seu carro.  Enquanto isso, Beragon se dirige à Veda e lhe diz que jamais se casaria com uma mulher como ela.  

É quando Mildred ouve seis tiros disparados do interior da mansão.  Assustada, ela volta e encontra Beragon morto e a filha a lhe pedir ajuda.

Voltando ao presente, Mildred explica tudo o que ocorreu.  Veda é, então levada pelos policiais.  Mildred deixa a Delegacia e encontra Bert a esperá-la do lado de fora.  É quando percebe quanto ela negligenciou o marido em benefício da filha, deixando implícito que o casal terá um final feliz.

imagem

Comentários

"Alma em Suplício" é um excelente clássico 'filme noir' dos anos 40, repleto de tensão e suspense. Baseado no livro 'Mildred Pierce' de James M. Cain, o filme foi magnificamente roteirizado por  Ranald MacDougall e dirigido por Michael Curtiz.

A forma como a história é narrada, em 'flashbacks', ajuda a prender a atenção da platéia, do início ao fim.  No filme, não há vilões.  O escritor vê cada personagem como um ser humano, com suas complexidades e contradições.

Dotado de uma caprichosa fotografia e de uma dramática trilha sonora, o filme apresenta, ainda, uma ótima direção de arte, recriando a atmosfera da Califórnia do Sul da época.  Seu elenco é, também, um dos pontos altos do filme.  Joan Crawford, no auge de sua carreira, tem em Mildred Pierce, talvez sua melhor interpretação, o que lhe valeu o Oscar de Melhor Atriz.  Ann Blyth, com apenas 17 anos, está ótima no papel da complicada Veda.  Merecem ainda destaques as atuações de Eve Arden, Jack Carson, Zachary Scott e Bruce Bennett.

CAA