Filmes por gênero

AMARGO REGRESSO (1978)

Coming home
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O regresso dos heróis (Portugal)
Le retour (França)
Tornando a casa (Itália)
El regreso (Espanha)
Regreso sin gloria (Argentina, México)
Sie kehren heim (Alemanha)
Hemkomsten (Suécia)
Coming Home - På vej hjem (Dinamarca)
Возвращение домой (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Guerra do Vietnã
Direção: Hal Ashby
Roteiro: Waldo Salt, Robert C. Jones
Produção: Jerome Hellman
Design Produção: Michael D. Haller
Música Original: Paul McCartney
Fotografia: Haskell Wexler
Edição: Don Zimmerman
Figurino: Ann Roth
Guarda-Roupa: Jennifer Parsons, Silvio Scarano
Maquiagem: Lynda Gurasich, Gary Liddiard, Lola McNally, Bernadine Anderson
Efeitos Sonoros: Robert Knudson, Jeff Wexler, Frank Warner, Pat Suraci
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1979

Elenco

Jane Fonda Sally Hyde
Jon Voight Luke Martin
Bruce Dern Capitão Bob Hyde
Penelope Milford Vi Munson
Robert Carradine Bill Munson
Robert Ginty Sargento Dink Mobley
Mary Gregory Martha Vickery
Kathleen Miller Kathy Delise
Beeson Carroll Capitão Earl Delise
Willie Tyler Virgil
Louis Carello Bozo
Charles Cyphers Pee Wee
Olivia Cole Corrine
Tresa Hughes Enfermeira Degroot
Bruce French Dr. Lincoln
Mary Jackson Feeta Wilson
Tim Pelt Jason
Richard Lawson Pat
Rita Taggart Johnson
Claudie Watson Bridges
Sally Frei Connie
Pat Corley Harris
Gwen Van Dam Sra. Harris
Jim Klein Willie Malone
Stacey Pickren Sophie
Arthur Rosenberg Bruce
David Clennon Tim
Jan Michael Shultz Tenente Roscoe
George Roberts Agente do FBI
Bob Ott Agente do FBI

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator (Jon Voight)

Oscar de Melhor Atriz (Jane Fonda)

Oscar de Melhor Roteiro (Waldo Salt, Robert C. Jones)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Ator (Jon Voight)

Prêmio de Melhor Atriz (Jane Fonda)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Ator (Jon Voight)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Jon Voight)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Jane Fonda)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Jon Voight)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama escrito diretamente para o cinema (Robert C. Jones)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme

Oscar de Melhor Direção (Hal Ashby)

Oscar de Melhor Edição (Don Zimmerman)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Bruce Dern)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Penelope Milford)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Hal Ashby)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Roteiro (Waldo Salt, Robert C. Jones)

Prêmio de Melhor Direção (Hal Ashby)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Bruce Dern)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Hal Ashby)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz (Jane Fonda)

Prêmio de Melhor Ator (Jon Voight)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Jane Fonda)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1968, na Base Naval de San Diego, o Capt. Bob Hyde , um oficial de carreira, prepara-se para embarcar com um grupo de fuzileiros navais para o Vietnã.  Ele é um homem disciplinado e espera poder voltar como um herói, após provar suas qualidades de comandante.  Sally Hyde é sua leal e subserviente esposa.

Abalada pela partida de Bob, ela se torna amiga de Vi Munson, uma dinâmica nutricionista do Hospital para Veteranos de Guerra.  Influenciada pela nova amiga e querendo preencher o seu tempo, Sally decide se engajar no esforço de guerra e trabalhar como voluntária no mesmo Hospital.

Lá, ela reencontra um antigo colega de escola, Luke Martin, um homem amargo que se recupera de ferimentos causados durante sua estada na Guerra do Vietnã, e que o deixaram paraplégico.  À medida que a amizade entre os dois cresce, ele vai aumentando sua auto-estima e sentindo cada vez mais razão para retomar sua vida, mesmo com as restrições físicas com as quais terá que conviver.  Por outro lado, ao ver os efeitos da guerra sobre os soldados que dela voltam, Sally começa a repensar suas prioridades, seu modo de ver a vida.

Ao visitar o marido em Hong-Kong, ela sente que a guerra está mudando sua personalidade e que ele se acha mais reservado e distante do que nunca.  De volta a San Diego, encontra em Luke, agora liberado pelo Hospital e em cadeira-de-rodas, o amor e o companheirismo que jamais conhecera com Bob.  Envolvendo-se com os problemas e traumas dos que retornam do 'front', os dois se tornam ativistas contra a guerra.

Ao voltar ferido do Vietnã, com suas próprias cicatrizes, Bob toma conhecimento do envolvimento de sua mulher com Luke e se sente incapaz de levar sua vida adiante.

imagem imagem imagem

Comentários

Embora seja um filme sobre a Guerra do Vietnã, "Amargo Regresso" não dirige seu foco para as cenas de ação, próprias de uma guerra, e sim para os efeitos devastadores, físicos e emocionais, que uma guerra causa em seus soldados e naqueles que lhes são próximos.

Realizado pelo cineasta Hal Ashby, o filme parte de um ótimo roteiro e se desenvolve de forma bem estruturada, sob a direção firme de Ashby.

Com 8 indicações ao Oscar, das quais foi agraciado com 3 estatuetas, o filme tem em seu elenco um de seus pontos mais fortes.  Jon Voight interpreta o personagem principal com uma tremenda atuação.  O discurso que faz, no final do filme, para um grupo de estudantes, é simplesmente emocionante.  Jane Fonda, no papel da mulher que se envolve com os problemas e traumas dos soldados feridos que retornam do 'front', também está magnífica.  No elenco de suporte, os grandes destaques ficam por conta das atuações de Bruce Dern, Penelope Milford e Robert Carradine.

"Amargo Regresso" conta ainda com belas seqüências proporcionadas pelo diretor de fotografia, Haskell Wexler, e com uma excepcional trilha sonora, composta de músicas contemporâneas dos Beattles, Bob Dylan, Jimi Hendrix, Buffalo Springfield e Rolling Stones.

CAA