Filmes por gênero

AO MESTRE, COM CARINHO (1967)

To Sir, with love
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O ódio que gerou o amor (Portugal)
Les anges aux poings serrés (França)
La scuola della violenza (Itália)
Al maestro, con cariño (Argentina, México, Venezuela)
Herausgefordert (Alemanha)
De upproriska (Suécia)
Junge Dornen (Austria)
Den hårde klasse (Dinamarca)
Учителю, с любовью (Rússia)
Pais: Reino Unido
Gênero: Drama
Direção: James Clavell
Roteiro: James Clavell
Produção: James Clavell, John R. Sloan
Música Original: Ron Grainer
Direção Musical: Philip Martell
Fotografia: Paul Beeson
Edição: Peter Thornton
Direção de Arte: Tony Woollard
Guarda-Roupa: John Wilson-Apperson
Maquiagem: Jill Carpenter
Efeitos Sonoros: Bert Ross, Ted Karnon, Dino Di Campo
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1968

Elenco

Sidney Poitier Mark Thackeray
Christian Roberts Denham
Judy Geeson Pamela Dare
Suzy Kendall Gillian Blanchard
Ann Bell Sra. Dare
Geoffrey Bayldon Weston
Faith Brook Grace Evans
Patricia Routledge Clinty
Chris Chittell Potter
Adrienne Posta Moira Joseph
Edward Burnham Florian
Rita Webb Sra. Joseph
Fiona Duncan Srta. Phillips
Fred Griffiths Sr. Clark
Mona Bruce Josie Dawes
Marianne Stone Gert
Dervis Ward Sr. Bell
Peter Atard Ingham
Grahame Charles Fernman
Michael Des Barres Williams
Richard Willson Curly
Lynne Sue Moon Srta. Wong
Jayne Peach Jeanie Clarke
Gareth Robinson Tich Jackson
Lulu Barbara Pegg
Cyril Shaps Sr. Pinkus

Indicações

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (James Clavell)

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Trilha Sonora para Mídia Visual (Ron Grainer, Don Black, Mark London)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

 Mark Thackeray é um engenheiro negro desempregado que, enquanto não consegue um novo emprego em sua área, decide aceitar uma proposta para dar aulas numa escola secundária de Londres, no bairro operário de East End.

Ao chegar lá, lhe é dada uma classe de adolescentes que cursam o último ano e que não querem nada com a vida.  Os alunos, sem exceção, são extremamente indisciplinados.  Liderados por Denham, Pamela Dare e Barbara Pegg, estão determinados a destruírem Thackeray, como fizeram com seu antecessor.

Em sua primeira aula, percebe que a missão que tem pela frente não vai ser fácil de ser realizada.  Entretanto, acostumado a hostilidades, principalmente por ser negro, enfrenta o desafio, mesmo com seus colegas professores não acreditando na possibilidade de qualquer êxito.

O tempo passa, sempre sofrendo a hostilidade crescente dos alunos, principalmente de Denham, não conseguindo passar a matéria prevista no currículo.  Certo dia, o grupo o irrita a tal ponto que ele termina perdendo a calma, única coisa que havia jurado nunca perder.  Em plena sala de aula, pega todos os livros e os joga numa lixeira, alegando serem os mesmos inúteis para aquele grupo.

Em seguida, diz aos alunos que, daquele momento em diante, vai passar a tratá-los como adultos responsáveis que, em poucas semanas, estarão deixando a escola e enfrentando o mundo que os aguarda, batalhando por uma vaga no mercado de trabalho, com todas as responsabilidades exigidas pela vida adulta.

O conteúdo das aulas passa a ser uma conversa franca entre professor e alunos sobre os mais diversos temas como, por exemplo, a vida, sobrevivência, amor, morte, sexo, casamento.  Antes de mais nada, entretanto, todos vão ter que se submeter a certas formalidades que fazem parte do mundo competitivo que os aguarda, desde a forma de se tratarem entre si, com respeito, à forma de se vestirem.

A estratégia adotada por Thackeray dá certo e, em pouco tempo, ele se torna o grande líder da classe.  Denham ainda tenta hostilizá-lo, mas termina se curvando diante da nova realidade.

Ao final do ano letivo, pouco antes das festividades de encerramento, Thackeray recebe uma carta que o confirma no cargo de engenheiro-assistente de uma fábrica de rádios no interior.  Entretanto, após receber uma calorosa e carinhosa homenagem de seus alunos, tem dificuldades em se decidir se aceita o novo emprego ou se continua a lecionar na referida escola.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado no livro homônimo de E. R. Braithwaite, "Ao Mestre, Com Carinho" é um ótimo drama vivido por um professor negro em uma escola de um bairro operário de Londres, quando decide enfrentar uma indisciplinada classe de alunos adolescentes, disposto a transformá-los em futuros homens e mulheres de bem.

Escrito, dirigido e produzido pelo cineasta James Clavell, o filme levanta alguns problemas sociais, raciais e outros próprios das angústias e inseguranças da adolescência, bem como, apresenta várias mensagens positivas em relação a esse universo.

Clavell realiza um excelente trabalho, tanto como roteirista como diretor, digno de uma indicação ao Oscar.  Acredito que a mesma não saiu porque, nesse ano, a concorrência foi acirrada com grandes filmes como "Adivinhe Quem Vem Para Jantar", do qual Sidney Poitier participou, "A Primeira Noite de um Homem", "Uma Rajada de Balas", "No Calor da Noite", que também contou com a participação de Poitier, entre outros.

A fotografia de Paul Beeson e a trilha sonora são outros pontos de destaque do filme.  A atriz e cantora escocesa, Lulu, estréia na telona como uma das líderes dos estudantes e, nas festividades de encerramento do ano letivo, é ela quem sobe ao palco para cantar "To Sir, With Love", em homenagem ao agora querido professor.  Ainda nessa festa de encerramento, o fato da radiante loura Pamela Dare, vivida pela atriz britânica Judy Geeson, dançar com o professor negro, mostra mais uma vez que as barreiras sociais e raciais de que falei no início, foram totalmente superadas.  Quanto a Sidney Poitier, como sempre apresenta uma magnífica atuação.

CAA