Filmes por gênero

ASSASSINATO DUVIDOSO (1999)

A slight case of murder

Ficha Técnica

Outros Títulos: O caso do assassino acidental (Portugal)
Un brin de meurtre (França)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Mistério, Crime
Direção: Steven Schachter
Roteiro: William H. Macy, Steven Schachter
Produção: Mitch Engel
Design Produção: Dan Davis
Música Original: Mader
Fotografia: André Pienaar
Edição: Paul Dixon
Direção de Arte: Arvinder Grewal, Carl Sprague
Figurino: Margaret Mohr
Guarda-Roupa: Ingrid Price
Maquiagem: Moira Verwijk, Mary Sue Heron
Efeitos Sonoros: G. Michael Graham, Chaim Gilad, James Sabat e outros
Efeitos Especiais: Michael Kavanagh, Skyler Wilson, Ray McMillan e outros
Nota: 6.7
Filme Assistido em: 2000

Elenco

Paul Mazursky John Brant
William H. Macy Terry Thorpe
Felicity Huffman Kit Wannamaker
James Cromwell John Edgerson
Sandi Stahlbrand Jane
Adam Arkin Detetive Fred Stapelli
Julia Campbell Patricia Stapelli
James Pickens Jr. Detetive Larry Gray
Vincent Pastore Cabby
Michael McMurtry Scott
Stephanie Belding Laura Penny
Vik Sahay Bob
Wenna Shaw Assistente de Brant
Len Doncheff Sr. Petrovsky
Tanja Jacobs Caixa do Banco
Vito Rezza Capt. O'Donnell
Robin Ward Lance
Raven Dauda Garçonete do Bar
Marilo Nunez Assistente de Produção
Tricia Williams Policial

Sinopse

Terry Thorpe, um crítico profissional de cinema, vê-se numa grande enrascada ao matar acidentalmente sua amante quando, durante um bate-boca, ela cai e leva uma forte pancada na cabeça.  Em pânico, ele tenta encobrir os fatos e deixa apressadamente o apartamento dela.

Infelizmente, um excêntrico investigador particular, que a vinha seguindo a pedido do seu ciumento ex-marido, percebe o que aconteceu, bem como, fotografa Thorpe ao deixar o apartamento da amante e arma um esquema para chantageá-lo.  Thorpe bate fortemente nele e joga seu corpo num lago onde se acha o barco de sua namorada, Kit Wannamaker.

Nesse meio tempo, a polícia entra oficialmente no caso e o crítico passa a ser considerado o principal suspeito.  As investigações são conduzidas por Fred Stapelli, um ambicioso detetive, aspirante a roteirista, que espera fazer com que Thorpe o ajude a vencer em Hollywood.

Stapelli convida Thorpe para jantar.  Este inicia um caso com a mulher de Stapelli.  Enquanto isso, a bela e atraente namorada regular de Thorpe, passa a ser suspeita de todo o "affair".  Entretanto, quando tudo leva a crer que Thorpe vai se livrar da culpa de suas diversas transgressões, ele é surpreendido ao chegar em casa e encontrar tudo revirado.  É que Stapelli descobrira o "caso" com sua mulher e decidira plantar algumas evidências que o incriminasse, como forma de retaliação por ele ter seduzido sua mulher e não por achar que ele fosse realmente culpado.

Comentários

Baseado no livro "A Travesty" de Donald Westlake, "Assassinato Duvidoso" é uma interessante comédia 'neo-noir'.  Realizado por  Steven Schachter, que também co-assina o roteiro com William H. Macy, este filme produzido para a televisão americana tem uma boa dose de humor e ironia e é, essencialmente, uma sátira aos filmes 'noir' do mestre Hitchcock.  Há uma grande cena com Paul Mazursky, que interpreta um diretor de cinema, na qual o personagem Terry Thorpe o entrevista, fazendo perguntas sobre um roteiro que ele está escrevendo e no qual o herói mata sua namorada.

William Macy está fabuloso no papel de Thorpe.  Felicity Huffman, sua mulher na vida real, tem uma atuação convincente como Kit Wannamaker.  Ainda no elenco coadjuvante, destacam-se as atuações de Adam Arkin e James Cromwell, num filme que faz do espectador parte da ação.

O filme termina quando Thorpe, ao ser conduzido na viatura da polícia, diz:  "Se você algum dia decidir cometer um assassinato, o que não recomendo, nunca se envolva com a mulher do detetive que estiver investigando o caso".

CAA