Filmes por gênero

BEM ME QUER, MAL ME QUER (2002)

À la folie... pas du tout
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: He loves me... He loves me not (USA, UK)
M'ama non m'ama (Itália)
Sólo te tengo a ti (Espanha)
Loca de amor (Argentina)
Wahnsinnig verliebt (Alemanha)
Pais: França
Gênero: Romance, Drama, Suspense
Direção: Laetitia Colombani
Roteiro: Laetitia Colombani, Caroline Thivel
Produção: Charles Gassot
Design Produção: Jean-Marc Kerdelhue
Música Original: Jérôme Coullet
Fotografia: Pierre Aïm
Edição: Véronique Parnet
Direção de Arte: Cécile Arlet Colin
Figurino: Jacqueline Bouchard
Guarda-Roupa: Annie Paris
Maquiagem: Annick Legout, Jean-Christophe Roger
Efeitos Sonoros: Marc-Antoine Beldent, Jean Dubreuil, Cyril Holtz e outros
Efeitos Visuais: Philippe Leprince, Yann Blondel, Christian Guillon
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 2004

Elenco

Audrey Tautou Angélique
Samuel Le Bihan Dr. Loïc Le Garrec
Isabelle Carré Rachel (Sra. Le Garrec)
Sophie Guillemin Héloïse
Clément Sibony David
Élodie Navarre Anita
Eric Savin Julien
Michèle Garay Claire Belmont
Catherine Cyler Jeanne
Mathilde Blache Léa
Charles Chevalier Arthur
Michael Mourot Jean-Louis
Yannick Alnet Jean Timbault
Nathalie Krebs Sonia Jasmin
Sophie Vaslot Sra. Dubois-Rollin
Michel Bonnefon Sr. Dubois-Rollin
Daniel Villattes O florista
Frédéric Kneip O advogado
Jean-Claude Bonnifait O professor
Marek Kastelnik Stéphane
Benoît Guilbot Inspetor Joffrey
Jean-Louis Michaud O pai

Indicações

Festival Internacional de Valladolid, Espanha

Prêmio Espiga de Ouro (Laetitia Colombani)

Videoclipes

70 anos de cinema 70 anos de cinema

Sinopse

Em Bordeaux, Angélique é uma bela jovem que divide sua vida entre seus estudos em Belas Artes e seu trabalho como garçonete de um Café. Certo dia, após as aulas, sua professora lhe comunica que ela acaba de ganhar um concurso para participar de uma exposição em Paris. Ainda segundo a professora, a Escola deverá bancar as despesas com a viagem e hospedagem. Seu grande problema se deve ao fato dela ter desenvolvido uma paixão desmedida por um renomado cardiologista, Dr. Loïc Le Garrec, 35 anos, casado com Rachel, uma advogada.

Ao chegar ao seu local de trabalho, um pouco atrasada, ela conta para sua melhor amiga, Héloïse, as novidades trazidas da Escola, bem como, que irá sair à noite com o Dr. Le Garrec. Horas depois, a Sra. Dubois-Rollin, que está de partida para Washington, onde deverá permanecer por cerca de um ano, decide deixar sua bela casa aos cuidados de Angélique, a qual é, por acaso, basicamente vizinha à do cardiologista. Na oportunidade, a Sra. Dubois-Rollin recomenda-lhe muito cuidado com uma planta extremamente frágil que adquirira no exterior, a qual deverá ser mantida sempre protegida por uma redoma à temperatura constante.

À noite, como por ela planejado, Angélique comparece a uma recepção programada como encerramento de um simpósio médico do qual o Dr. Le Garrec participara. Com dificuldade para abordá-lo, ela se mantém a uma certa distância em companhia de David, um estudante de medicina por ela apaixonado. Sempre de olho em Garrec, ao final da recepção, ela finalmente consegue pegar uma carona com ele até sua casa.

Nas horas vagas, Angélique passa a trabalhar numa grande tela retratando o médico de corpo inteiro. Ao terminá-la, ela a envia anonimamente de presente para o consultório de Garrec, expressando num bilhete todo o seu amor por ele. No dia seguinte, ela leva a amiga Héloïse para mostrá-lo na hora em que ele sai do hospital, ocasião em que fica furiosa ao vê-lo beijar amorosamente a esposa Rachel, grávida de cinco meses.

Pouco depois, sem permissão de Héloïse, Angélique sai na moto da amiga e, ao voltar para o Café onde trabalha, o veículo acha-se amassado e ela com um ferimento em seu braço direito. Coincidentemente, naquele dia, Rachel é atropelada por uma moto e a criança que esperava morre ao dar entrada no hospital.

Ao voltar para casa, Rachel encontra sob a porta um envelope contendo a chave de uma casa e um bilhete com o seguinte teor: “Sonho com a viagem que me propôs. Venha rápido”. Tal fato faz com que o casal discuta e Rachel se separe do marido.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, Angélique corre até a casa de Héloïse para lhe falar da novidade e lhe dizer que já está com a viagem marcada para Florença. No dia do vôo, ela chega cedo ao aeroporto a fim de esperar Garrec. O tempo passa, ele não chega e, após a partida do vôo, ela volta para casa arrasada, a ponto de jogar sua mala no Rio Garonne. Enquanto isso, o cardiologista dirige seu carro na estrada, indo ao encontro de Rachel com o propósito de conseguir uma reconciliação.

Ao chegar em casa, Angélique recebe um telefonema da Sra. Dubois-Rollin, que lhe pede informações sobre como está a casa, pois ela já está se preparando para voltar de Washington. Num acesso de raiva, a jovem bate o telefone e começa a fazer um estrago no ambiente, inclusive acabando com a planta tão recomendada. Enquanto isso, Héloïse sugere a David, o estudante de medicina apaixonado por Angélique, que ele procure falar com o Dr. Garrec a respeito da jovem. David gosta da idéia, marca uma consulta com o cardiologista e resolve enfrentá-lo. Assim, depois de insultado, Garrec se defende, dizendo que só esteve com Angélique uma única vez, que foi muito franco com ela, não lhe dando qualquer tipo de esperança.

Em seguida, David a procura, ocasião em que ela admite que precisa realmente esquecer o médico. Ele a acompanha até a casa dela, ocasião em que encontra tudo desarrumado e nota a falta de um dos móveis. Perguntada a respeito, Angélique confessa que o vendeu para comprar um presente para Garrec.

Quando David vai embora, ela liga a televisão e ouve a apresentadora dizer que uma paciente, Sonia Jasmin, havia acusado o cardiologista Dr. Loïc Le Garrec de tê-la molestado e agredido durante uma consulta. Indignada, Angélique chama a Sra. Jasmin de vagabunda e desliga a televisão em seguida.

No dia seguinte, Héloïse ouve no rádio a notícia de que a Sra. Jasmin havia sido encontrada morta de um ataque cardíaco, em sua casa, provavelmente após ter discutido com alguém. Ato contínuo, a jovem corre até a casa da amiga onde chega praticamente na mesma hora em que a polícia vai até lá para fazer algumas perguntas à Angélique. Depois que os policiais se retiram, esta confessa que realmente discutira com a Sra. Jasmin, sem no entanto saber que ela sofresse de qualquer tipo de doença cardíaca. As duas discutem e, ao final, Angélique ameaça Héloïse ao dizer que ela poderá perder o emprego se o patrão souber de seus atos de desonestidade.

Pouco depois, ao passar defronte à casa de Garrec, Angélique vê quando uma viatura da polícia se prepara para levar o cardiologista preso. Nesse exato momento, Rachel chega ao local  onde, alegando ser advogada do médico, o abraça e o beija longamente com troca de juras de amor. Na Delegacia, ela afirma que o casal havia se reconciliado e que os dois passaram a noite juntos, afastando a hipótese de que ele teria discutido e provocado a morte da Sra. Jasmin.

Uma vez em casa, Garrec confessa para Rachel que se sente aliviado com a morte de sua cliente, acreditando que ela fosse a mulher que tanto o perturbara com seu amor obsessivo. Enquanto isso, em sua casa, Angélique tenta o suicídio depois de abrir todas as válvulas de gás de seu fogão. Pouco depois, Garrec é acordado com a buzina do Corpo de Bombeiros. Ao sair, ele vê a jovem praticamente morta em cima de uma maca, corre até ela e, depois de várias tentativas de respiração boca a boca, consegue reverter o processo. Na ambulância, ele a acompanha até o hospital.

Enquanto se acha internada, Angélique recebe a visita de David. Este, ao sair do quarto onde ela se encontra, volta a agredir o Dr. Garrec, acusando-o mais uma vez de só trazer problemas para a jovem que ele tanto ama. Tal incidente faz com que o médico tome consciência de ser Angélique a jovem que tem por ele uma paixão obsessivo-compulsiva. Para tirar qualquer dúvida a respeito, ele vai até a casa dela com a chave que Rachel havia encontrado dentro de um envelope. A porta é aberta, ele vê a bagunça em que o imóvel se encontra e o mistério é finalmente esclarecido.

De volta ao hospital, Garrec descobre, para sua alegria, que Rachel se acha grávida. Em seguida, ao passar pelo quarto de Angélique, toma conhecimento de que a jovem havia deixado o hospital em companhia do estudante de medicina, o qual ia levá-la para passar alguns dias no campo, o que o deixa apreensivo porque a alta dela só estava prevista para dois dias depois.

Enquanto isso, a Sra. Dubois-Rollin chega dos Estados Unidos e encontra sua casa completamente desarrumada e repleta de policiais. Dias depois, ao retornar do campo, Angélique volta a se encontrat com Garrec, a quem cobra a viagem à Florença e tudo o mais que só existia na cabeça dela. O cardiologista lhe diz que está se mudando para bem longe dali e que nunca houve nem jamais haverá qualquer ligação entre os dois. Ao lhe dar as costas para se retirar, Garrec é fortemente golpeano na cabeça e levado para o hospital, onde se recupera e volta à sua vida normal.

Quanto à Angélique, é considerada pelos psiquiatras como portadora de uma forma aguda de erotomania, não sendo responsável por seus atos. Enviada a uma Instituição Psiquiátrica, é submetida a um tratamento por diversos anos quando, finalmente, recebe alta.

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

"Bem Me Quer, Mal Me Quer" é um ótimo filme que envolve romance, drama e suspense, muito bem conduzido pela cineasta Laetitia Colombani, que também co-assina o roteiro.  O filme é basicamente dividido em duas partes:  inicialmente, Colombani apresenta a versão de Angélique sobre os fatos;  em seguida, a história é recontada sob a ótica do Dr. Le Garrec.  Esse tipo de narração parece extremamente eficaz, num fascinante exemplo de como contar uma história, proporcionando uma inesperada reviravolta.

Além dos ótimos roteiro e direção, "Bem Me Quer, Mal Me Quer" apresenta ainda uma bela fotografia, assinada por Pierre Aïm, uma ótima trilha sonora e excelentes interpretações, com destaque para a atuação da bela atriz francesa Audrey Tautou.

CAA