Filmes por gênero

AS AVENTURAS DO CAPITÃO MARVEL (1941)

Adventures of Captain Marvel
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O invencível Capitão Marvel (Portugal)
Le capitaine Marvel (França)
Aventuras del capitán Maravillas (Espanha)
Capitán Maravilla, el poderoso (Argentina, Chile)
Capitán Maravilla (México)
Pustolovine Kapetana Marvela (Sérvia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Ficção Científica
Direção: John English, William Witney
Roteiro: Ronald Davidson, Norman Hall, Arch Heath, J. Poland, Sol Shor
Produção: Hiram S. Brown Jr.
Música Original: Cy Feuer
Direção Musical: Cy Feuer
Fotografia: William Nobles
Edição: William P. Thompson, Edward Todd
Maquiagem: Bob Mark
Efeitos Sonoros: Daniel J. Bloomberg, Charles L. Lootens
Efeitos Especiais: Howard Lydecker, Theodore Lydecker
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1945

Elenco

Tom Tyler Capitão Marvel
Frank Coghlan Jr. Billy Batson
William Benedict Whitey Murphy
Louise Currie Betty Wallace
Robert Strange John Malcolm
Harry Worth Luther Bentley
Bryant Washburn Harry Carlyle
John Davidson Tal Chotali
George Pembroke Dr. Stephen Lang
George Lynn Prof. Dwight Fisher
Carleton Young Martin
Leyland Hodgson Major Rawley
Stanley Price Owens
Ernest Sarracino Akbar
Frank Marlowe Gus
Bud Geary Pete
Nigel De Brulier Shazam
Reed Hadley Rahman Bar
Jack Mulhall Howell
Kenne Duncan Barnett
Wilson Benge Benson
Ed Cassidy Capitão Dodge
Eddie Dew Tenente
Sam Harris Coronel Hudson
Francis Sayles Carter
Ken Terrell Hawks

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Uma Expedição zarpou rumo ao terrível Vale das Tumbas, no Sião, em busca dos tesouros de uma certa Dinastia Escorpião de milênios atrás.  Numa das tumbas, encontraram um ídolo em forma de escorpião, capaz de transformar pedras em ouro e disparar rajadas de energia.

Como bons arqueólogos, o grupo acionou a peça milenar e, de uma hora para outra, viu-se presa nos subterrâneos onde se achava.  Na confusão, Billy Batson, o operador de rádio da expedição, encontrou uma câmara secreta onde habitava um velho chamado Shazam e que está prestes a morrer.

Este lhe conferiu os poderes do Capitão Marvel, a fim de que o ídolo não viesse a cair em mãos erradas.  Explicou que ao se deparar com o perigo, pronunciasse a palavra "Shazam" e imediatamente se transformaria do herói e que essa palavra eraderivada das iniciais de seis deuses: Solomon, Hercules, Atlas, Zeus, Achilles e Mercury.

Logo a seguir, ocorreu exatamente o que mais o velho temia:  o vilão, intitulado de Escorpião, roubou o tal ídolo.  Daí em diante, foi perseguiçao após perseguição, com o Capitão Marvel na cola da estatueta  e o malvadão tentando eliminar o herói e seus amigos.

imagem

Comentários

Embora não se trate da melhor série já produzida, é sem dúvida a melhor adaptação de um livro em quadrinhos já feita para o cinema.  Além de ser um bom divertimento para as crianças, "As Aventuras do Capitão Marvel" agrada também aos adultos que preferem um entretenimento leve.  Particularmente, eu o assisti quando tinha 11 anos de idade, ou seja, na melhor faixa etária para esse tipo de filme.

Para os padrões da época, o filme apresenta uma boa direção, com cenas de ação empolgantes e, principalmente,  excelentes efeitos especiais produzidos pelos irmãos Lydecker.

Tom Tyler, no papel-título, está perfeito.  Na época, com 17 anos de profissão, Tyler já tinha tido a oportunidade de atuar em grandes westerns, como "No Tempo das Diligências", do grande John Ford,  bem como, em papeis menores, como o oficial por ele interpretado em "...E o Vento Levou". No elenco, merece ainda destaque Frank Coghlan Jr., como o operador de rádio Billy Batson.
 
CAA