Filmes por gênero

CARTA DE UMA DESCONHECIDA (1948)

Letter from an unknown woman
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Lettera da una sconosciuta (Itália)
Lettre d'une inconnue (França)
Brief einer unbekannten (Alemanha)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Max Ophüls
Roteiro: Howard Koch
Produção: John Houseman
Música Original: Daniele Amfitheatrof
Fotografia: Franz Planer
Edição: Ted Kent
Direção de Arte: Alexander Golitzen
Figurino: Travis Banton
Guarda-Roupa: Virginia Tutwiler
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: Leslie Carey, Glenn Anderson
Nota: 8.7
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Joan Fontaine Lisa Berndle
Louis Jourdan Stefan Brand
Mady Christians Sra. Berndle
Marcel Journet Johann Stauffer
Art Smith John, o mordomo
Carol Yorke Marie
Howard Freeman Sr. Kastner
John Good Ten. Leopold von Kaltnegger
Otto Waldis Porteiro
Sonja Bryden Sra. Spitzer
Edna Holland Freira
Leo B. Pessin Stefan Jr.
John Elliott Vendedor de flores
Hermine Sterler Madre Superiora
Jean Ransome Empregada
Betty Blythe Sra. Kohner

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Numa chuvosa noite, amigos do pianista Stefan Brand o deixam em casa, lembrando-o que logo mais voltarão para acompanhá-lo ao duelo para o qual fora desafiado por um marido traído, a ser travado nas primeiras horas da manhã.  Ao entrar em casa, entretanto, Stefan diz a seu mordomo que não tem a menor intenção de honrar o desafio e o instrui a providenciar uma carruagem que lhe permita fugir da cidade, evitando o duelo.  O empregado entrega-lhe uma carta que chegara há pouco e se retira para cumprir as ordens recebidas.

Ao abrir a carta, Stefan se espanta com sua primeira linha: "Ao ler esta carta, eu deverei estar morta".  A carta foi escrita por uma desconhecida Lisa Berndle, que ele vem a descobrir tratar-se de uma bela jovem que fora sua vizinha muitos anos atrás.  Em flashbacks, volta-se à época em que Lisa conheceu o pianista:

A jovem sente-se fascinada ao vê-lo, pela primeira vez, quando Stefan se muda para o edifício onde ela mora.  Bastante tímida, ela não se aproxima do novo vizinho, mas em pouco tempo mostra-se inteiramente apaixonada por ele.  A música dele a encanta e a constatação de seu sucesso com as mulheres a deixa enciumada.

Algum tempo depois, no local da escada onde costuma observar a chegada de Stefan com suas mulheres, Lisa surpreende a mãe com um homem.  Esta, então, lhe diz que sua viuvez chegou ao fim, já que decidira casar-se novamente.  Realizado o casamento, a família muda-se para Linz, onde Lisa conhece o jovem tenente Leopold von Kaltnegger, sobrinho de um militar importante.

Quando Leopold lhe propõe casamento, ela lhe diz que se acha secretamente comprometida com um músico de Viena.  Sua mãe e seu padrasto ficam chocados com a revelação, ocasião em que Lisa rompe com a família e volta sozinha para Viena, onde passa a trabalhar como manequim de alta costura.

Certa noite, ela e Stefan se encontram.  Ela não revela sua identidade, os dois vão a um famoso restaurante, ele lhe dá uma rosa branca, dançam e divertem-se depois num parque de diversões e, finalmente, seguem para o apartamento dele.

No dia seguinte, Stefan cancela um compromisso assumido com ela, alegando que vai ter que passar duas semanas em Milão.  Na ocasião, pede-lhe que vá até a estação ferroviária para se despedirem.  Na plataforma de embarque, após um caloroso adeus, ele embarca no trem onde outra mulher o espera.

Stefan não volta a procurá-la.  Grávida e abandonada, Lisa dá à luz um filho, Stefan Jr.  Sem dizer o nome do pai, ela cria a criança sozinha.  Nove anos depois, ela se casa com Johann Stauffer, um homem rico e poderoso da sociedade vienense, o qual sabe de sua antiga paixão pelo músico.

Certa noite, indo à ópera com o marido, Lisa encontra-se com Stefan.  Alegando um mal-estar, deixa-o no camarote e diz que vai voltar para casa.  Enquanto aguarda a carruagem, é abordada pelo músico, que diz achá-la familiar e pergunta se já se encontraram antes, insistindo em revê-la.

No dia seguinte, Lisa põe seu filho num trem de volta para um colégio interno.  Ao se afastar, ouve algumas pessoas comentarem que foi descoberto um caso de tifo no trem.  Ela compra um buquê de rosas brancas e vai até a casa de Stefan, enquanto Johann a observa de sua carruagem.

Stefan a recebe amorosamente.  No entanto, ela constata que ele não mais se dedica à música, vivendo de conquistas e bebidas.  Quando finalmente percebe que ele não tem a menor idéia de quem ela seja, ela deixa o local aos prantos.  Arrependida, reconhece pela primeira vez que se achava equivocada em relação ao homem que julgava conhecer tão bem.

Após vagar por horas pelas ruas da cidade, Lisa decide procurar o filho, ocasião em que toma conhecimento que ele morrera de tifo durante a noite.  Acometida igualmente da mesma doença, ela escreve a carta que Stefan está a ler.  Ao terminar sua leitura, ele encontra uma nota escrita por uma freira de um hospital, dizendo que Lisa havia morrido.

Com lágrimas nos olhos, Stefan recorda os momentos vividos com Lisa.  O tempo passara e ele não realizou seu plano de fuga.  Os amigos chegam para levá-lo ao local onde se dará o duelo.  Não há mais condições de fugir.  Assim, ele parte para a luta na certeza de que não será o vencedor.  Ao sair, vê-se que o desafiante é o agora viúvo de Lisa.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseado num romance do famoso escritor austríaco, que veio a se suicidar em Petrópolis, Rio de Janeiro, em 1942, Stefan Zweig, "Carta de Uma Desconhecida" é um clássico melodrama cuja história se passa na Viena do início do século XX.  Realizado pelo grande cineasta alemão Max Ophüls, sua trama gira em torno do amor obsessivo e trágico de uma bela mulher por um pianista que viu nela apenas mais uma de suas passageiras amantes.

A história é narrada em flashback à medida que Stefan, o pianista, lê a carta deixada por Lisa, a mulher que o amou loucamente, a ponto de destruir praticamente tudo que estava ao seu redor: seus relacionamentos com os pais, com seu filho e com os homens que a amaram.

Ophüls e o fotógrafo Franz Planer conseguem capturar, com rara habilidade, a atmosfera da Viena de 1900, no que são ajudados pelo belíssimo figurino assinado por Travis Banton.  Merece ainda ser destacada, como um dos pontos altos do filme, sua trilha sonora.  Cada momento desse drama é realçado pela música que o acompanha.

Com três indicações ao Oscar, das quais foi ganhadora por sua atuação em "Suspeita", de 1941, Joan Fontaine nos brinda com mais uma brilhante e comovente interpretação.  Ao seu lado, o ator Louis Jourdan, apresenta-nos também um excelente trabalho, com certeza um dos melhores de sua carreira.  Entre os atores coadjuvantes, Art Smith, no papel do mordomo, vive um dos personagens mais interessantes.

CAA