Filmes por gênero

CARÍCIAS DE LUXO (1962)

That touch of mink
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Un soupçon de vison (França)
La belle et le milliardaire (Bélgica)
Il visone sulla pelle (Itália)
Suave como visón (Espanha)
Amor al vuelo (México)
Ein Hauch von Nerz (Alemanha)
Älskling, jag ger mig! (Suécia)
Sig det med mink (Dinamarca)
Этот мех норки (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Romântica
Direção: Delbert Mann
Roteiro: Stanley Shapiro, Nate Monaster
Produção: Martin Melcher, Stanley Shapiro
Música Original: George Duning
Fotografia: Russell Metty
Edição: Ted J. Kent
Direção de Arte: Alexander Golitzen, Robert Clatworthy
Figurino: Rosemary Odell
Maquiagem: Bud Westmore
Efeitos Sonoros: Waldon Watson, Corson Jowett
Efeitos Visuais: Albert Whitlock
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Doris Day Cathy Timberlake
Cary Grant Philip Shayne
Gig Young Roger
Audrey Meadows Connie Emerson
Alan Hewitt Dr. Gruber, psicanalista
John Astin Sr. Everett Beasley
Dick Sargent Jovem
John Fiedler Sr. Smith
Willard Sage Tom Hodges
Jack Livesey Dr. Richardson
Isabella Albonico Isabella
Alice Backes Miriam
Russ Bender Williams
Edna Bennett Sra. Wilson
Helen Brown Sra. Charlotte Farnum
Jan Burrell Srta. Jones, secretária de Roger
Barbara Collentine Sra. Smith
Melora Conway Srta. Farrell
Richard Deacon Sr. Miller
June Ericson Millie
Kathryn Givney Sra. Evelyn Haskell
William Gleason Gerente do Hotel
Cathie Merchant Irene
Nelson Olmsted Paul Hackett
Leola Wendorff Sra. Golden
Bette Woods Modelo
Doris Lynn Modelo
Suzanne Barton Modelo
Dorothy Abbott Aeromoça
Rosalind Roberts Aeromoça

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de uma Comédia Americana (Stanley Shapiro, Nate Monaster )

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Comédia

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em uma Comédia (Doris Day)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em uma Comédia (Cary Grant)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante (Gig Young)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original (Stanley Shapiro, Nate Monaster)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Alexander Golitzen, Robert Clatworthy, George Milo)

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Waldon O. Watson)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Cary Grant)

Prêmios Bambi, Alemanha

Prêmio Bambi de Melhor Atriz Internacional (Doris Day)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

 Cathy Timberlake é uma bela jovem solteira, desempregada, que divide um quarto com sua melhor amiga, Connie Emerson.  Certo dia, a caminho de uma entrevista de trabalho, ela tem seu melhor vestido sujo de lama, quando um rico empresário, Philip Shayne, passa em velocidade com seu Rolls Royce.  Este vê quando ela entra num restaurante e pede para que seu assistente, Roger, a procure para se desculpar em seu nome.

Cathy não aceita as desculpas, por achar uma falta de educação Shayne não vir pessoalmente se justificar.  Roger a incentiva a ir até o escritório do patrão a fim de, pessoalmente, tomar satisfações junto ao mega-empresário.  Uma vez lá, ela se sente atraída e sem ação junto àquele homem fino e atencioso.  Ele propõe mandar comprar um vestido novo, mas ela não aceita.  Diante da negativa, ele chama um de seus empregados a quem pede que providencie a imediata lavagem do vestido enlameado.

Enquanto aguarda, usando um belo casaco que lhe é oferecido, Cathy é convidada para assistir a uma reunião de Shayne com funcionários de seu Departamento Jurídico.  O assunto é a compra de uma grande empresa de Baltimore.  Os funcionários informam que já fizeram de tudo para fechar o negócio, sem resultado: falaram com os advogados do proprietário, Sr. Benson, com o conselho de diretores e com os executivos e não sabem a quem mais apelar.  Shayne vira-se para Cathy e comenta que está oferecendo muito mais do que a empresa vale e, como ela está vendo, sem êxito.  Cathy pergunta aos presentes se já falaram diretamente com o Sr. Benson e eles respondem que não.  Ela conta uma velha história de sua avó e conclui que a solução talvez seja procurar falar pessoalmente com o Sr. Benson.

Encantado com as colocações dela, Shayne a convida para irem juntos à Baltimore falar com o Sr. Benson.  Ela aceita o convite e, uma vez lá, o negócio é fechado.  A fim de comemorarem o evento, Shayne a convida para, em seu jato particular, irem até a Filadélfia saborearem o melhor fetuccine que conhece.  De lá, retornam à Nova York onde ele a leva até seu apartamento, em construção, para ouvir suas sugestões.  Ao final, Shayne diz que está indo às Bermudas e que gostaria que ela fosse encontrá-lo lá, de onde poderiam seguir para Paris e Ilhas Gregas.  Depois de todos esses convites, ela lhe pergunta se ele está querendo pedi-la em casamento, ao que ele responde que não.

De volta ao seu quarto, Connie lhe aconselha a cair fora porque o ricaço só quer se aproveitar dela.  A essa altura apaixonada, ela termina indo ao seu encontro nas Bermudas.  Uma vez lá, o receio de ter que ir para a cama, com ele, provoca uma crise alérgica que deixa seu rosto todo empolado com brotoejas e fazendo com que o casal regresse sem que haja uma maior aproximação entre eles.

Em Nova York, Cathy sente-se culpada por não atender aos anseios de Shayne, principalmente pelo fato dele já ter gasto uma verdadeira fortuna com ela e decide voltar às Bermudas.  Uma vez lá, telefona para Shayne e lhe diz que o está esperando.  Enquanto aguarda sua chegada, abre uma garrafa de gin e, aos poucos, a esvazia, de modo que, ele a encontra sem que ela consiga se manter em pé.  Os dois regressam imediatamente à Nova York.

Depois de algum tempo, Roger procura Cathy a quem diz que o solteirão convicto já admite casar-se e sugere que ela faça algo que o deixe enciumado.  Ela marca uma saída com Everett Beasley, um seu antigo admirador, enquanto Roger se encarrega de fazer com que Shayne saiba desse encontro e procure evitá-lo.  E assim, ultrapassando uma série de imprevistos, os dois terminam casados.  Em sua primeira noite de lua-de-mel, Shayne é atacado por brotoejas.  Com o tempo, entretanto, o casal tem um lindo filho.

imagem imagem imagem

Comentários

"Carícias de Luxo" é mais uma deliciosa comédia romântica com Doris Day dos anos 60.  Realizado pelo cineasta Delbert Mann, o filme conta a história de um rico empresário e convicto solteirão, à procura de uma amante, que se envolve com uma bela solteira crente que ele pretende desposá-la.  O humor é mais sugestivo que explícito.

Mann apresenta um bom trabalho, no que é ajudado pelo ótimo roteiro e por um elenco bastante afinado, onde se destacam as atuações de Doris Day, Cary Grant, Gig Young e Audrey Meadows.

Enfim, "Carícias de Luxo" é um ótimo entretenimento, imperdível para os fãs de carteirinha de Doris Day.
 
CAA