Filmes por gênero

A ARTE DE AMAR... BEM (1969)

imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Pais: Brasil
Gênero: Comédia
Direção: Fernando de Barros
Roteiro: Fernando de Barros, Roberto Freire, Maurício Rittner
Produção: Fernando de Barros
Design Produção: Hugo di Pace, Charles Marchand
Música Original: Rogério Duprat
Fotografia: Rudolf Icsey
Edição: Máximo Barro
Figurino: Maria Augusta Teixeira
Maquiagem: Edgar Cariboti
Efeitos Sonoros: Raul Nanni, Antônio Vitale
Nota: 5.6
Filme Assistido em: 1970

Elenco

Eva Wilma Inês
Raul Cortez Ronaldo
Luiza de Franco Paula
Newton Prado Roberto
Vera Lúcia Empregada
Hiroto Yoshioka Mecânico
Otelo Zeloni Oscar
Consuelo Leandro Cremilda
John Herbert Iseu
Karin Rodrigues Vivinha
Iris Bruzzi Gardênia
Sérgio Hingst
Walter Forster
Plínio Marcos

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Filme em três episódios:

1º Episódio - "A Inconveniência de Ser Esposa"
Paula, uma modelo famosa em São Paulo, abandona Ronaldo, seu marido, para viver com Roberto.  Porém Inês, a esposa de Roberto, decide então procurar Ronaldo e simular um caso ardente de amor.

2º Episódio - "A Honestidade de Mentir"
Oscar é um industrial que inventa para a esposa, Cremilda, inúmeras desculpas para suas chegadas noturnas em casa.  Na festa de casamento do casal, a mulher enganada acaba descobrindo os porquês dos "serões" do marido...

3º Episódio - "A Garçonnière de Meu Marido"
Gardênia é casada com Iseu, um piloto de provas de automóveis.  Ela descobre que o marido tem uma garçonnière, e secretamente vai ao local.  Iseu não a reconhece quando ela entra no mal iluminado apartamento e, a partir daí, começa uma grande confusão.

imagem imagem imagem

Comentários

Baseada em contos de Silveira Sampaio, "A Arte de Amar... Bem" é uma despretensiosa comédia nacional, feita para descontrair e rir.  Realizado pelo diretor Fernando de Barros, que também assina o roteiro, o filme trata, em três episódios, da infidelidade entre os casais da alta sociedade brasileira, durante os anos 60.

Nos papéis principais, "A Arte de Amar... Bem" conta com expressivos nomes do cinema, teatro e televisão brasileiros.

Embora não possa ser considerado como um bom filme, ele alcança seu objetivo: o de divertir.

CAA