Filmes por gênero

A FORÇA DO DESTINO (1982)

An Officer and a Gentleman
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Oficial e cavalheiro (Portugal)
Un officier et un gentleman (França, Canadá)
Ufficiale e gentiluomo (Itália)
Oficial y caballero (Espanha)
Reto al destino (Argentina, México, Peru)
Ein Offizier und Gentleman (Austria, Alemanha)
En officer och gentleman (Suécia)
Officer og gentleman (Dinamarca)
Офицер и джентльмен (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Taylor Hackford
Roteiro: Douglas Day Stewart
Produção: Martin Elfand
Design Produção: Philip Jefferies
Música Original: Jack Nitzsche
Direção Musical: David Spear
Fotografia: Donald Thorin
Edição: Peter Zinner
Direção de Arte: John Cartwright
Guarda-Roupa: Rita Riggs, Laurie Riley
Maquiagem: Jerry O'Dell, Jim Gillespie
Efeitos Sonoros: Clive Smith, Jeff Wexler, Don Coufal, Robert Glass e outros
Efeitos Especiais: Joseph Mercurio
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1983

Elenco

Richard Gere Zack Mayo
Debra Winger Paula Pokrifki
David Keith Sid Worley
Robert Loggia Byron Mayo
Lisa Blount Lynette Pomeroy
Lisa Eilbacher Casey Seeger
Louis Gossett Jr. Sargento Emil Foley
Tony Plana Emiliano Della Serra
Harold Sylvester Perryman
David Caruso Topper Daniels
Victor French Joe Pokrifki
Grace Zabriskie Esther Pokrifki
Tommy Petersen Zack, jovem
Mara Scott-Wood Bunny
David Greenfield Schneider
Dennis Rucker Donny
Jane Wilbur Nellie Rufferwell
Vern Taylor Tom Worley
Elizabeth Rogers Betty Worley
William Graves Capitão Graves
Danna Kiesel Irmã de Paula
Pia Boyer Irmã de Paula
John Laughlin Troy
Meleesa Wyatt Prostituta
Jo Anna Keane Prostituta

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Louis Gossett Jr.)

Oscar de Melhor Canção Original (Jack Nitzsche, Buffy Sainte-Marie, Will Jennings)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Louis Gossett Jr.)

Prêmio de Melhor Canção Original (Jack Nitzsche, Buffy Sainte-Marie, Will Jennings)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Canção Original (Jack Nitzsche, Buffy Sainte-Marie, Will Jennings)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Debra Winger)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Jack Nitzsche)

Oscar de Melhor Roteiro Original (Douglas Day Stewart)

Oscar de Melhor Edição (Peter Zinner )

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Richard Gere)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Debra Winger)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (David Keith)

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (David Keith)

Prêmio de Melhor Revelação Feminina (Lisa Blount)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Jack Nitzsche)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Taylor Hackford)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama escrito diretamente para o cinema (Douglas Day Stewart )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Após ter passado por uma infância e o início de uma adolescência difíceis, tendo que lidar com o suicídio de sua mãe e com o pai alcoólatra, o jovem Zack Mayo decide entrar para a Academia de Preparação de Pilotos da Marinha, a fim de realizar seu sonho de voar em velozes caças a jato.

Na Academia, o curso preparatório de treze semanas é extremamente puxado, tendo no sargento Emil Foley um instrutor enérgico que beira o sadismo.  Zack e Sid Worley, um jovem vindo de uma pequena cidade de Oklahoma, tornam-se grandes amigos.  Em suas folgas, sempre estão juntos.  Apesar dos avisos do Sgt. Foley sobre as garotas locais, que procuram engravidar para tentarem conseguir maridos pilotos, os dois amigos terminam se envolvendo com duas garotas, Paula Pokrifki e Lynette Pomeroy, que trabalham numa grande fábrica localizada nas proximidades da Academia.

A mãe de Paula não vê com bons olhos seu relacionamento com Zack, por notar que a filha a cada dia torna-se mais apaixonada pelo aspirante a oficial.  É que, 22 anos antes, ela passara pela mesma situação, terminando grávida de um aluno da Academia que, ao terminar seu Curso, foi embora sem assumir a paternidade da criança que ia nascer.  Ela realmente está certa, pois Zack não tem a menor intenção de vir a se casar com Paula, chegando ao ponto de sugerir um aborto quando ela suspeita de se achar grávida.  Por sorte, a gravidez é finalmente afastada quando a jovem volta a menstruar.  Não querendo assumir um compromisso mais sério, Zack se afasta de Paula, deixando inclusive de atender a seus telefonemas.

Certa noite, ao entrar com um grupo de colegas numa boate, ele a encontra.  Ao se aproximar dela, pede-lhe desculpas por não a ter procurado, nem através de um simples telefonema.  Desculpando-se, ela se afasta alegando estar acompanhada.

Ao contrário de Paula, Lynette não ama verdadeiramente Sid, vendo nele a oportunidade de se casar com um piloto e poder assim viajar e eventualmente vir a morar no exterior.  Como ocorreu com Paula, certo dia ela acredita que se acha grávida e imediatamente comunica sua suspeita a Sid, certa de que vai finalmente realizar seu sonho de se casar com um aviador.  Ao contrário de Zack,  Sid sente-se responsável pela provável paternidade e resolve pedir baixa da Academia Militar, a fim de retornar à Oklahoma e começar uma vida nova com Lynette.  Em seguida, compra um anel e procura sua amada, a quem pede que se case com ele a fim de seguirem juntos para sua cidade natal.  Surpresa com o fracasso de seu plano, Lynette comunica a Sid que sua gravidez não passou de um alarme falso e que não pretende se casar com um caipira de Oklahoma.  Desolado, ele a chama de vagabunda e vai embora.

No dia seguinte, ao verificar que Sid não voltou à Academia, Zack monta em sua motocicleta e parte à procura do amigo.  Nessa tarefa, passa pela casa de Paula, que não tem notícias de Sid e que resolve acompanhá-lo em suas buscas.  Depois de várias tentativas infrutíferas, os dois encontram Sid enforcado em um quarto de motel.  Lembrando-se do suicídio de sua mãe, Zack sente-se de alguma forma culpado pela morte do amigo.  Paula tenta convencê-lo de que ele não teve culpa em nenhum dos dois episódios.

Os dois discutem, ocasião em que Zack lhe diz que logo virá uma nova turma para a Academia e que ela e Lynette certamente voltarão à ativa.  Sentindo-se agredida, Paula lhe responde que ele está sendo injusto, pois ela passou a amá-lo desde o primeiro momento em que o viu.  Afastando-se, ele lhe diz que não quer que ninguém o ame.

Duas semanas se passam até chegar o dia de sua formatura, como oficial da marinha americana, e de preparar as malas para deixar a Academia.  Antes de viajar, entretanto, ele entra na fábrica onde Paula trabalha, vai até a máquina onde ela se encontra e, sob os olhares curiosos de todas as suas colegas, ele a beija e, em seguida, deixa o local, carregando-a em seus braços.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito pelo roteirista  Douglas Day Stewart, "A Força do Destino" é um ótimo filme.  Realizado pelo cineasta Taylor Hackford, sua trama gira em torno de um jovem que teve uma infância cheia de problemas e que, ao crescer, sonha em ser piloto da marinha, tendo para isso que se submeter a treze semanas de intenso treinamento com um sargento durão, período em que aprende a grande importância da disciplina, da solidariedade e, de quebra, encontra um grande amor.

O filme recebeu 6 indicações ao Oscar, as quais renderam-lhe duas estatuetas.  Embora apresente alguns clichês, como a presença do sargento durão já vista em tantos outros filmes, o roteiro de Stewart merece ser destacado.  E por falar neste roteirista, ele acaba de concluir um documentário em curta-metragem, intitulado "An Officer and a Gentleman: 25 Years Later", contando com as presenças do diretor e de atores como Richard Gere, Louis Gossett Jr., David Keith, entre outros, todos se apresentando como eles próprios.

Hackford consegue manter um ótimo ritmo ao longo do filme, contando para isso com as excelentes atuações de Richard Gere, Debra Winger e, principalmente, de Louis Gossett Jr.  A trilha sonora conta com a canção ganhadora do Oscar, "Up Where We Belong", composta por Will Jennings (letra), Jack Nitzsche e Buffy Sainte-Marie (música), e  interpretada por Joe Cocker e Jennifer Warnes, canção esta que faz parte desta página.

CAA