Filmes por gênero

A HORA DA ESTRELA (1985)

imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Hour of the Star (USA)
La hora de la estrella (México)
Godzina gwiazdy (Polônia)
A csillag órája (Hungria)
Tähden aika (Finlândia)
Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Suzana Amaral
Roteiro: Suzana Amaral, Alfredo Oroz
Produção: Assunção Hernandes
Design Produção: Clovis Bueno
Música Original: Marcus Vinícius
Fotografia: Edgar Moura
Edição: Idê Lacreta
Direção de Arte: Clovis Bueno
Figurino: Mauricio Kawamura
Maquiagem: Maria Antônia Lombardi
Efeitos Sonoros: Tide Borges, José Luiz Sasso
Efeitos Especiais: Paulo Schettino
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1986

Elenco

Marcélia Cartaxo Macabéa
José Dumont Olímpico de Jesus
Fernanda Montenegro Madame Carlota
Tamara Taxman Glória
Rubens Rollo Pai de Glória
Dirce Militello Mãe de Glória
Lizete Negreiros Maria
Manoel Luiz Aranha Fotógrafo
Denoy de Oliveira Pereira
Walter Filho Homem na Mercedes
Maria do Carmo Soares Maria do Carmo
Marli Botoletto Assistente de Madame Carlota
Sônia Guedes Sra. Joana
Umberto Magnani Sr. Raimundo
Raymundo Matos Arnaldo
Eurício Martins Guarda do Metrô
Miro Martinez Cego
Cláudia Rezende Maria de Penha

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Prata de Melhor Atriz (Marcélia Cartaxo)

Prêmio CICAE (Suzana Amaral)

Prêmio OCIC (Suzana Amaral)

Festival de Cinema de Havana, Cuba

Grand Coral - 1º Prêmio (Suzana Amaral)

Festival de Cinema de Brasília, DF

Troféu Candango de Melhor Direção (Suzana Amaral)

Troféu Candango de Melhor Edição (Idê Lacreta )

Troféu Candango de Melhor Filme (Suzana Amaral)

Troféu Candango de Melhor Fotografia (Edgar Moura)

Troféu Candango de Melhor Ator (José Dumont)

Troféu Candango de Melhor Atriz (Marcélia Cartaxo)

Indicações

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (Suzana Amaral)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Macabéa, uma imigrante nordestina semi-analfabeta de 19 anos, trabalha em São Paulo como datilógrafa numa pequena firma e vive numa pensão miserável.

Conhece casualmente, num Parque, o também nordestino Olímpico, operário metalúrgico, e os dois começam um casto e desajeitado namoro.  Mas Glória, esperta colega de trabalho de Macabéa, rouba-lhe o namorado, seguindo o conselho de uma cartomante.

Macabéa faz uma consulta à mesma cartomante, Madame Carlota, e esta prevê seu encontro com um homem rico, bonito e carinhoso, que vem para levá-la em sua Mercedes Benz.

A jovem sai radiante, compra um vestido novo e ainda está saltando de alegria quando é atropelada em uma esquina por uma Mercedes Benz de um jovem bonito.

imagem imagem imagem

Comentários

Adaptação para o cinema do livro de Clarice Lispector, "A Hora da Estrela" é um excelente filme brasileiro.

Realizado pela diretora Suzana Amaral, que também co-assina o roteiro, o filme narra a estória do encontro de uma jovem nordestina, pobre, ingênua, com as artimanhas da cidade grande.

O trabalho de Suzana Amaral é perfeito, sensível, com grandes momentos como as seqüências em que Macabéa para defronte a uma vitrine e fica admirando um vestido de noiva e, mais tarde, defronte a um espelho, ela sonha consigo vestida de noiva.

Além do ótimo trabalho de Suzana Amaral, "A Hora da Estrela" apresenta a bela fotografia de Edgar Moura e as maravilhosas atuações de Marcélia Cartaxo e José Dumont.

CAA