Filmes por gênero

A DIFÍCIL ARTE DE AMAR (1986)

Heartburn
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La brûlure (França, Canadá)
Affari di cuore (Itália)
Se acabó el pastel (Espanha)
El difícil arte de amar (Peru)
Sodbrennen (Alemanha)
I lust och nöd (Suécia)
Vägen från mannens hjärta (Finlândia)
Til ægteskabet os skiller (Dinamarca)
Ревность (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Drama
Direção: Mike Nichols
Roteiro: Nora Ephron
Produção: Mike Nichols, Robert Greenhut
Design Produção: Tony Walton
Música Original: Carly Simon
Fotografia: Néstor Almendros
Edição: Sam O'Steen
Direção de Arte: John Kasarda
Figurino: Ann Roth
Guarda-Roupa: Alba Censoplano, Michael Dennison
Maquiagem: Lee Halls, J. Roy Helland
Efeitos Sonoros: Stan Bochner, Frank Graziadei, Paul Trejo, Dick Vorisek
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 1987

Elenco

Meryl Streep Rachel Samstat
Jack Nicholson Mark Louis Forman
Jeff Daniels Richard
Maureen Stapleton Vera
Stockard Channing Julie Siegel
Richard Masur Arthur Siegel
Catherine O'Hara Betty
Steven Hill Harry Samstat, pai de Rachel
Milos Forman Dmitri
Natalie Stern Annie Forman
Karen Akers Thelma Rice
Aida Liñares Juanita
Anna Maria Horsford Della, empregada de Harry
Ron McLarty Detetive Andrew O'Brien
Kenneth Welsh Dr. Appel
Kevin Spacey Ladrão
Mercedes Ruehl Eve
Jack Gilpin Ellis
Christian Clemenson Sidney
Sidney Armus Leo
Caroline Aaron Judith
Joanna Gleason Diana
Libby Titus Irmã de Rachel
John Rothman Jonathan Rice
Salem Ludwig Juiz
Natasha Lyonne Sobrinha de Rachel
Michael Regan Pai da noiva
Kim Parks Filha de Arthur e Julie
Elijah Lindsay Anestesista
Angela Pietropinto Recepcionista do Hospital
Lela Ivey Mary Beth, cabeleireira

Prêmios

Festival Internacional de Valladolid, Espanha

Prêmio de Melhor Atriz (Meryl Streep)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Rachel Samstat é responsável por uma coluna especializada em culinária de uma conhecida revista nova-iorquina.  Separada de seu primeiro marido, vai a uma festa de casamento, onde conhece Mark Forman, um colunista de um jornal de Washington, divorciado e com fama de mulherengo.

O encontro dos dois desperta em ambos um amor à primeira vista.  Tal fato os leva a deixar o recinto antes do término da festa, irem a um restaurante onde conversam sobre suas vidas e terminarem a noite numa mesma cama.

Poucos dias depois, estão de casamento marcado.  No dia da cerimônia, enquanto o noivo, pais e demais amigos e convidados a aguardam, Rachel tranca-se num quarto onde começa a questionar o passo que está para dar.  Várias pessoas a procuram, mas ela continua relutante até que o noivo a convence a oficializar a relação deles.

Uma vez casados, os dois montam uma bela casa em Washington, onde o casal passa a morar.  Em pouco tempo, Rachel descobre que está grávida, nascendo daí sua primeira filhinha, Annie.  A vida continua, com pequenas discussões normais numa vida a dois, até que ela engravida novamente.  A nova gravidez não altera em nada sua rotina.  No fundo, ela se sente uma mulher feliz.

As coisas se complicam quando ela descobre que Mark a está traindo com Thelma Rice, uma sofisticada mulher da alta sociedade local.  Indignada, faz as malas e viaja com a filha para a casa de seu pai, em Nova York.  Uma vez lá, procura Richard, seu antigo editor, conseguindo retomar seu trabalho na revista.  Paralelamente, entra para um grupo de terapia.

Um dia, ao chegar em casa, encontra Mark, que se mostra arrependido e lhe pede para que volte para Washington com ele.  Como, no fundo, ainda o ama, ela concorda  e retorna à Washington, mantendo o vínculo com a revista.

Na capital federal, volta à sua antiga rotina até dar à luz um novo bebê.  Pouco depois, entretanto, descobre que Mark continua a trai-la.  Numa reunião íntima com dois casais amigos, quando o nome de Thelma vem à tona, Rachel não pensa duas vezes e esfrega uma torna no rosto do marido, retirando-se em seguida.  Em casa, pega suas duas filhas e vai direto ao aeroporto, onde embarca num vôo para Nova York, desta vez para não mais voltar.

imagem imagem imagem

Comentários

Tendo como roteirista  Nora Ephron, "A Difícil Arte de Amar" é baseado num livro dela, o qual trata do seu tumultuado casamento com Carl Bernstein, um antigo repórter do Washington Post.

Realizado pelo diretor Mike Nichols, o filme conta a história de um homem e uma mulher que, no fundo, não foram feitos um para o outro, mas que demoram a perceber isso.  É a históra de duas pessoas reais vivendo num mundo real.

Entretanto, "A Difícil Arte de Amar" não chega a ser um bom filme.  A despeito de Meryl Streep e Jack Nicholson serem dois monstros sagrados de Hollywood e desempenharem bem seus respectivos papéis, há algo no filme que não funciona, de modo que o mesmo se torna maçante, enfadonho.

CAA