Filmes por gênero

DOIS BIRUTAS EM ÓRBITA (1962)

The road to Hong Kong
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A caminho de Hong Kong (Portugal)
Astronautes malgré eux (França)
Astronauti per forza (Itália)
Dos frescos en órbita (Espanha)
Ruta de Hong Kong (México)
Astronautas a la fuerza (Venezuela)
Der Weg nach Hongkong (Alemanha)
Vägen till Hongkong (Suécia)
Pais: Reino Unido
Gênero: Comédia, Ficção Científica
Direção: Norman Panama
Roteiro: Norman Panama, Melvin Frank
Produção: Melvin Frank
Design Produção: Roger K. Furse
Música Original: Robert Farnon
Direção Musical: Robert Farnon
Coreografia: Jack Baker, Sheila Meyers
Fotografia: Jack Hildyard
Edição: Alan Osbiston, John C. Smith, John Victor-Smith
Direção de Arte: Syd Cain, William Hutchinson
Figurino: Anthony Mendleson
Guarda-Roupa: May Walding, Mrs. Fei, Ernie Farrer
Maquiagem: David Aylott
Efeitos Sonoros: Bob Jones, Red Law, Buster Ambler, Chris Greenham
Efeitos Especiais: Jimmy Harris, Garth Inns, Ted Samuels e outros
Nota: 6.7
Filme Assistido em: 1963

Elenco

Bing Crosby Harry Turner
Bob Hope Chester Babcock
Joan Collins Diane
Robert Morley Chefe da Organização
Walter Gotell Dr. Zorbb
Felix Aylmer Grande Lama
Alan Gifford Oficial americano
Michele Mok Sr. Ahso
Katya Douglas Recepcionista da Organização
Roger Delgado Jhinnah
Robert Ayres Oficial americano
Mei Ling Ming Toy
Dorothy Lamour Dorothy Lamour
Frank Sinatra Frank Sinatra
Dean Martin Dean Martin
David Niven Lama
Peter Sellers Neurologista indiano
Julian Sherrier Médico
Jacqueline Jones Loura no Aeroporto
Guy Standeven Fotógrafo no Aeroporto de Calcutá
Bob Simmons Astronauta
Pat O'Brien Restaurador chinês

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Harry Turner e Chester Badcock formam uma dupla fracassada do teatro de variedades. Já procurados pela polícia por inúmeras fraudes, eles vão à Calcutá para vender ingressos para sua próxima e maior enganação: o voo interplanetário de um astronauta.

Uma vez lá, Chester se apresenta como sendo o astronauta, mas ao receber uma forte pancada na cabeça, fica inconsciente e termina perdendo a memória. Levado à emergência de um hospital, o médico que o atende afirma que ele precisa ser levado imediatamente ao Tibete a fim de tomar o chá de uma erva lá existente e que tem feito verdadeiros milagres em casos de amnésia como o dele.

Depois de se submeter a esse tratamento fitoterápico, não só Chester se recupera do mal causado pelo acidente, como passa a ter uma verdadeira memória fotográfica.

No aeroporto, ele conhece Diane, uma bela espiã de uma organização de cientistas loucos que têm grandes planos para conquistar o universo. Na ocasião, ela o confunde com um fotógrafo designado para obter uma cópia de uma fórmula secreta russa para fabricação de um combustível para foguetes.

Algum tempo depois, os dois homens são capturados pela Organização e se tornam substitutos de um par de macacos em um voo de reconhecimento à Lua. Após o retorno da nave à Terra, a Organização decide sacrificá-los em benefício da ciência. Para que a última noite deles seja mais agradável, os responsáveis pela operação permitem que eles a passem em um harém.

Entretanto, eles conseguem fugir e embarcar em um voo para Hong Kong em companhia de Diane que, a essa altura, percebeu que o líder da Organização é realmente um louco. Ao chegarem lá, encontram uma velha amiga, Dorothy Lamour, que se apresenta em uma Casa Noturna. Ela os ajuda a passarem a perna em seus perseguidores e alerta a Polícia de Hong Kong sobre o que está ocorrendo.

Enquanto as dependências da Organização são atacadas e invadidas, Harry, Chester e Diane embarcam em um foguete que os leva a Plutomium, um remoto planeta, onde encontram Frank Sinatra e Dean Martin que haviam chegado em outra espaçonave.

imagem imagem imagem

Comentários

Realizada pelo cineasta Norman Panama, ‘’Dois Birutas em Órbita’’ é a última comédia da série ‘’Road to...’’ com os atores Bing Crosby, Bob Hope e Dorothy Lamour. Na realidade, Dorothy Lamour, que protagonizara as anteriores, aparece aqui em um papel secundário ao ser substituída por Joan Collins, 19 anos mais jovem.

Da série, esta comédia é, a meu ver, a mais fraca de todas. Os melhores momentos ocorrem logo no início, envolvendo Bing Crosby, Bob Hope e Peter Sellers, este último no papel de um neurologista indiano. Crosby e Hope demonstram, mais uma vez, a excelente química que têm ao trabalharem juntos. Já Joan Collins não mostra qualquer habilidade como comediante.

CAA