Filmes por gênero

A LAGOA AZUL (1980)

The Blue Lagoon
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Le lagon bleu (França, Canadá)
Laguna blu (Itália)
El lago azul (Espanha)
La laguna azul (Argentina, México, Peru)
Die blaue Lagune (Alemanha)
Den blå lagunen (Suécia)
Den blå lagune (Noruega, Dinamarca)
De blauwe lagune (Holanda)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Drama, Romance
Direção: Randal Kleiser
Roteiro: Douglas Day Stewart
Produção: Randal Kleiser, Richard Franklin
Música Original: Basil Poledouris
Direção Musical: Brian May
Fotografia: Néstor Almendros
Edição: Robert Gordon
Direção de Arte: Jon Dowding
Figurino: Jean-Pierre Dorléac
Guarda-Roupa: Aphrodite Kondos
Maquiagem: Irene Walls
Efeitos Sonoros: John Duffy, Paul Clark, Chris Goldsmith, Emile Razpopov
Efeitos Especiais: Chuck Stewart
Efeitos Visuais: Jeffrey Kleiser
Nota: 6.9
Filme Assistido em: 1981

Elenco

Brooke Shields Emmeline
Christopher Atkins Richard
Leo McKern Paddy Button
William Daniels Arthur Lestrange
Elva Josephson Emmeline, garotinha
Glenn Kohan Richard, garotinho
Alan Hopgood Capitão
Gert Jacoby Marinheiro
Alex Hamilton Marinheiro
Richard Evanson Marinheiro

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia (Néstor Almendros)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (Christopher Atkins)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Ator Jovem (Christopher Atkins)

Prêmio de Melhor Atriz Jovem (Brooke Shields)

Prêmio de Melhor Filme-Drama para a Família

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio Saturn de Melhor Filme de Fantasia

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Emmeline e Richard, duas crianças, juntamente com Paddy Button, um velho marinheiro, são os únicos sobreviventes de um naufrágio numa época em que navegar era a única forma de viajar. Após ficarem à deriva por várias horas, eles vão parar numa ilha do Pacífico Sul que é um verdadeiro paraíso.

O lado oposto da ilha é habitado por nativos que praticam certos sacrifícios em seus rituais mas, em momento algum, eles são ameaça para os náufragos.  Algum tempo depois, Paddy aparece morto, ficando as duas crianças sozinhas.

Com o tempo, Emmeline e Richard crescem, tornam-se adolescentes e vivem em uma cabana que eles mesmos construíram.  Nesse período, novas emoções influenciam o relacionamento deles, os dois descobrem o amor, Emmeline fica grávida e dá à luz um lindo garotinho.

Ao longo de todos esses anos, o pai de Richard nunca perdeu a esperança de encontrar o filho.  Numa de suas expedições, chega a vê-los com sua luneta, na praia, mas não os reconhece por estarem brincando com os corpos cobertos por uma lama escura.  Finalmente, ao passar mais uma vez pelo local, encontra os dois jovens e a criança dormindo num pequeno barco à deriva.

imagem

Comentários

"A Lagoa Azul" é um filme sobre um casal de garotos, sobreviventes de um naufrágio, que crescem sozinhos numa paradisíaca ilha do Pacífico Sul, onde descobrem o amor e a sexualidade.

Produzido e dirigido por Randal Kleiser, o filme apresenta uma maravilhosa fotografia, assinada por Néstor Almendros, que explora muito bem as belezas naturais, com suas belas cachoeiras e um mar de corais mas, mesmo assim, não pode ser considerado um bom filme.

O roteiro, escrito por Douglas Day Stewart apresenta uma série de falhas e não convence em muitos pontos.  Não dá para entender, por exemplo, como duas crianças inexperientes conseguem construir uma cabana que mais parece uma habitação de um Club Méditerranée.  A existência de uma tribo de nativos, no lado oposto da pequena ilha, não faz o menor sentido.  Os garotos ouvem os seus tambores mas, vivendo ali por cerca de dez anos, em nenhum momento, se encontram com eles e vice-versa.

Brooke Shields, na época com 15 anos, e Christopher Atkins, com 19 anos, fazem um belo trabalho e são indicados a prêmios destinados a jovens atores.

CAA