Filmes por gênero

A ÚLTIMA SESSÃO DE CINEMA (1971)

The last picture show
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A última sessão (Portugal)
La dernière séance (França)
L'ultimo spettacolo (Itália)
La última película (Argentina, Espanha)
Die letzte vorstellung (Alemanha, Áustria)
Den sista föreställningen (Suécia)
Siste forestilling (Noruega)
Последний киносеанс (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Peter Bogdanovich
Roteiro: Larry McMurtry, Peter Bogdanovich
Produção: Stephen Friedman, Harold Schneider
Design Produção: Polly Platt
Música Original: Phil Harris, Johnny Standley, Hank Thompson
Fotografia: Robert Surtees
Edição: Donn Cambern, Peter Bogdanovich
Direção de Arte: Walter Scott Herndon
Figurino: Polly Platt
Guarda-Roupa: Nancy McArdle, Mickey Sherrard
Efeitos Sonoros: Tom Overton, Dean Salmon, James M. Falkinburg
Nota: 8.9
Filme Assistido em: 1972

Elenco

Timothy Bottoms Sonny Crawford
Jeff Bridges Duane Jackson
Cybill Shepherd Jacy Farrow
Ben Johnson Sam, o Leão
Cloris Leachman Ruth Popper
Ellen Burstyn Lois Farrow
Eileen Brennan Geneviève
Clu Gulager Abilene
Sam Bottoms Billy
Sharon Ullrick Charlene Duggs
Randy Quaid Lester Marlow
Joe Heathcock Xerife
Bill Thurman Popper
Barc Doyle Joe Bob Blanton
Jessie Lee Fulton Srta. Mosey
Gary Brockette Bobby Sheen
Helena Humann Jimmie Sue
Loyd Catlett Leroy
Robert Glenn Gene Farrow
John Hillerman Professor
Janice O'Malley Sra. Clarg
Kimberly Hyde Annie Annie Martin
Noble Willingham Chester
Marjorie Jay Winnie Snips
Joye Hash Sra. Jackson
Pamela Keller Jackie Lee French
Gordon Hurst Monroe
Mike Hosford Johnny
Faye Jordan Enfermeira
Grover Lewis Sr. Crawford
Rebecca Ulrick Marlene
Merrill Shepherd Agnes
Frank Marshall Tommy Logan
Antonia Bogdanovich Cantora

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Ben Johnson)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Cloris Leachman)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ben Johnson)

Prêmio de Melhor Roteiro (Larry McMurtry, Peter Bogdanovich)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Cloris Leachman)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Larry McMurtry, Peter Bogdanovich)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ben Johnson)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ellen Burstyn)

Associação Paulista de Críticos de Arte

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Peter Bogdanovich)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ben Johnson)

Círculo dos Críticos de Cinema de Kansas City, USA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Cloris Leachman)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ellen Burstyn)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Peter Bogdanovich)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Peter Bogdanovich, Larry McMurtry)

Oscar de Melhor Filme (Stephen J. Friedman)

Oscar de Melhor Fotografia (Robert Surtees)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Jeff Bridges)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Ellen Burstyn)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Peter Bogdanovich)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Eileen Brennan)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Cloris Leachman)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ellen Burstyn)

Prêmio de Melhor Direção (Peter Bogdanovich)

Prêmio de Melhor Revelação Feminina (Cybill Shepherd)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Peter Bogdanovich)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Preêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ben Johnson)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Peter Bogdanovich)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Cloris Leachman)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama adaptado de material previamente publicado (Peter Bogdanovich, Larry McMurtry)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1951, na pequena cidade de Anarene, Texas, Sam, um ex-vaqueiro, é proprietário  da única cafeteria, do único salão de sinuca e do único cinema do local.  Desse modo, seus estabelecimentos são os únicos pontos de encontro dos jovens que querem beber, jogar e namorar.  Entre eles, acham-se os amigos Sonny Crawford e Duane Jackson.

Sonny e Duane namoram duas colegas do colégio, respectivamente Charlene Duggs e Jacy Farrow, esta última a mais bela e mais rica garota da cidade, filha do proprietário da Farrow Oil Company, Gene Farrow, e de sua mulher, Lois.  Como fazem com uma certa freqüência, os quatro entram no cinema de Sam, mais para se beijarem do que para assistirem ao filme propriamente dito.

Terminada a sessão, Duane e Jacy saem no conversível desta, enquanto Sonny e Charlene vão até a beira de um lago onde, depois de se agarrarem dentro de uma velha camionete, Sonny tenta ir adiante, o que provoca uma briga e a separação do casal.

No dia seguinte, após as aulas regulares, os jovens que praticam basquete vão para mais um treino orientado pelo técnico Popper.  Este, com tendências homossexuais, não dá a devida atenção à sua esposa, Ruth, uma bela mulher de 40 anos.  Após o treinamento, chama Sonny, a quem diz que ele estará liberado do próximo treino se, no dia seguinte, lhe fizer o favor de acompanhar sua esposa a uma Clínica em Olney, proposta imediatamente aceita pelo jovem.

Como combinado, Sonny acompanha a Sra. Ruth Popper até a Clínica.  Na volta, ela se descontrola e começa a chorar.  Preocupado em deixá-la só, o jovem aceita seu convite  para entrar um pouco e tomar um refrigerante.

À noite, em casa, a mãe de Jacy desaprova seu namoro com Duane, por achar que o rapaz não tem futuro.  Lois acrescenta, ainda, que está pensando em enviar a filha para Dallas, onde ela poderá cursar uma Universidade, além de ter oportunidade de encontrar um bom partido para se casar.  Jacy lhe responde que não inveja seu casamento infeliz, realizado apenas por dinheiro.  Na realidade, Lois ama Sam e tem um caso com Abilene, um funcionário da empresa do marido.

Durante uma festa natalina, Abilene chega ao local em companhia de Jackie Lee French.  Ao vê-lo, Lois o beija na boca para indignação da jovem.  Na mesma festa, Jacy recebe um convite de Lester Marlow para participar de uma recepção à meia-noite na mansão dos pais de Bobby Sheen, em Wichita Falls.  Como eles estão em viagem, Bobby vai promover um banho na piscina, onde todos estarão nus.  Jacy mostra-se interessada, mas diz a Lester que, antes, vai ter que dar uma boa desculpa a Duane.  Enquanto isso, Sonny resolve ajudar a Sra. Ruth, responsável pelo serviço do bar, e termina sendo por ela seduzido, iniciando um intenso relacionamento amoroso.  Ao sair da festa, Jacy acompanha Lester e participa do esperado banho de piscina em Wichita Falls.

Certa noite, Sonny e Duane vão até uma cidade de fronteira, no México.  Ao voltarem, tomam conhecimento que Sam havia morrido e que teria deixado a cafeteria para Geneviève, sua eficiente garçonete, o cinema para a Srta. Mosey, responsável pela bilheteria, e o salão de sinuca para Sonny.

Duane e Jacy finalmente decidem ir a um motel mas, infelizmente, o rapaz não consegue consumar o ato sexual, deixando indignada a jovem, por continuar virgem, além de ver rompido seu namoro.  Ele resolve deixar a cidade e procurar trabalho em Odessa.

Ao saber que Sonny mantém um caso com a Sra. Ruth há seis meses, Jacy decide procurá-lo, pois ele sempre a desejou mas, em respeito ao amigo Duane, nunca verbalizou tal desejo.  Os dois passam a sair juntos.

Duane retorna à cidade em um belo carro, comprado graças a seu novo emprego, a fim de passar um final de semana e rever os amigos.  Ao se encontrar com Sonny, diz que soube que ele andou saindo com Jacy, iniciando uma briga que termina com Sonny no hospital.  Duane volta para Odessa e, pouco depois, alista-se no exército.

Enquanto isso, Jacy procura Sonny e os dois vão até Oklahoma a fim de se casarem.  Na volta, patrulheiros rodoviários os param na estrada e os levam à presença dos pais dela.  Jacy é obrigada a cursar a faculdade em Dallas, como a mãe já havia insinuado.

Duane retorna mais uma vez à Anarene, a fim de se despedir dos amigos, pois no dia seguinte vai  embarcar para a Guerra da Coréia.  Ao se encontrar com Sonny, os dois fazem as pazes e decidem assistir à última sessão do cinema, pois a Srta. Mosey vai fechá-lo, tendo em vista que o mesmo passou a dar prejuízo com o advento da televisão.

Depois da partida do amigo, Sonny procura a Sra. Ruth a fim de reatar o antigo relacionamento.  Ela não o recebe bem, por ter sido por ele abandonada meses atrás, tenta inclusive expulsá-lo, mas sua solidão fala mais alto e termina cedendo.

imagem imagem imagem

Comentários

Contando com a colaboração do cineasta Peter Bogdanovich, Larry McMurtry realiza uma bela adaptação para o cinema de um de seus próprios livros.  Produzido em preto-e-branco, "A Última Sessão de Cinema" gira em torno da desesperança em uma pequena cidade do Texas, no início dos anos 50.  Por um motivo ou outro, seus habitantes não são verdadeiramente felizes.  No final, um dos principais pontos de encontro da população, principalmente dos jovens, o único cinema da cidade, fecha suas portas.

Os trabalhos apresentados por McMurtry e Bogdanovich beiram a perfeição.  O filme não possui trilha sonora, o que dá até um ar de maior autenticidade.  As únicas músicas ouvidas partem da ação de seus personagens quando ligam o rádio do carro ou de casa.

O elenco é um outro ponto forte desse clássico dos anos 70.  Das 8 indicações ao Oscar, 4 foram dirigidas a seus atores, tendo Ben Johnson, no papel do velho Sam, e Cloris Leachman, como a quarentona mal amada, sido agraciados com a famosa estatueta.

Enfim, "A Última Sessão de Cinema" é um filme imperdível para os amantes da 7ª arte.

CAA