Filmes por gênero

CORAÇÕES LOUCOS (1974)

Les Valseuses
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: As bailarinas (Portugal)
Los rompepelotas (Espanha)
Las cosas por su nombre (Argentina)
I santissimi (Itália)
Going places (USA)
Die Ausgebufften (Alemanha)
Flörtkulorna (Suécia)
De to frække (Dinamarca)
Pais: França
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Bertrand Blier
Roteiro: Bertrand Blier, Philippe Dumarçay
Produção: Paul Claudon
Design Produção: Jean-Jacques Caziot, Françoise Hardy
Música Original: Stéphane Grappelli
Fotografia: Bruno Nuytten
Edição: Kenout Peltier
Figurino: Michèle Cerf
Guarda-Roupa: Ginette Manzon
Maquiagem: Simone Knapp
Efeitos Sonoros: Dominique Dalmasso, Paul Bertault, Jacques Lévy, Gilles Ortion
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1975

Elenco

Gérard Depardieu Jean-Claude
Patrick Dewaere Pierrot
Miou-Miou Marie-Ange
Jeanne Moreau Jeanne Pirolle
Brigitte Fossey Mulher no trem
Isabelle Huppert Jacqueline
Christian Alers Henri, pai de Jacqueline
Christiane Muller Mãe de Jacqueline
Jacques Chailleux Jacques Pirolle
Michel Peyrelon Médico
Eva Damien Esposa do médico
Gérard Boucaron Carnot
Dominique Davray Ursula
Marco Perrin Inspetor do supermercado
Jacques Rispal Maton
Thierry Lhermitte Porteiro
Michel Pilorgé Homem numa lambreta
Claude Vergnes Merlan

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Dois jovens de vinte anos, ex-detentos, Jean-Claude e Pierrot, aterrorizam por pura diversão os habitantes do bairro. Após furtarem a bolsa de uma senhora, eles roubam um automóvel. O proprietário do veículo, um conhecido cabeleireiro, consegue ferir Pierrot. Os dois jovens fogem do local levando Marie-Ange, amiga do cabeleireiro. Na fuga, forçam um cirurgião a tratar o ferimento de Pierrot e ainda tomam o dinheiro do médico.

Após abandonarem o veículo roubado, Jean-Claude e Pierrot atormentam uma jovem mãe em um trem e devastam uma casa cujos habitantes se acham ausentes. A seguir, eles se encontram com Jeanne, uma mulher que acaba de sair da prisão. Após passar a noite com os dois, ela se suicida.

Ao se encontrarem com Jacques, filho de Jeanne e igualmente liberado da prisão, eles decidem arrombar a casa do guarda da penitenciária onde Jacques havia estado encarcerado, ocasião em que este o abate com a arma que Jean-Claude e Pierrot lhe haviam emprestado.

Os dois fogem, roubam diversos veículos e encontram a família proprietária da casa que eles haviam devastado algum tempo atrás. Espontaneamente, Jacqueline, a filha dos proprietários, junta-se a eles e os ajuda a roubarem o carro e o dinheiro de seus próprios pais. Juntos, os três partem em busca de novas aventuras...

imagem imagem imagem

Comentários

Com roteiro e direção a cargo do cineasta francês Bertrand Blier, a partir de um romance por ele escrito, “Corações Loucos” é uma excelente comédia dramática de meados dos anos 70. Sua trama gira em torno de dois jovens que vivem a aterrorizar as pessoas por pura diversão.

Com bastante segurança, Blier nos brinda com uma obra dinâmica, provocante ao apresentar a nudez sem no entanto ser vulgar, que fala de juventude, de sexo, de amor, de liberdade. Seus diálogos se mostram geniais.

Com relação ao elenco, o trio formado por Gérard Depardieu, Patrick Dewaere e Miou-Miou é inesquecível, secundado por atores do porte de Jacques Chailleux, Jeanne Moreau, Brigitte Fossey e Isabelle Huppert aos 21 anos de idade.

Enfim, “Corações Loucos” é um filme imperdível.

CAA