Filmes por gênero

DANÇA COM LOBOS (1990)

Dances with wolves
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Danse avec les loups (França)
Il danse avec les loups (Canadá)
Balla coi lupi (Itália)
Bailando con lobos (Espanha)
Danza con lobos (Argentina, México, Peru)
Der mit dem Wolf tanzt (Alemanha, Austria)
Dansar med vargar (Suécia)
Tanczacy z wilkami (Polônia)
Pais: Estados Unidos, Reino Unido
Gênero: Aventura, Drama
Direção: Kevin Costner
Roteiro: Michael Blake
Produção: Kevin Costner, Jim Wilson
Design Produção: Jeffrey Beecroft
Música Original: John Barry
Direção Musical: John J. Coinman, John Barry
Fotografia: Dean Semler
Edição: Neil Travis, Willam Hoy, Chip Masamitsu, Steve Potter
Direção de Arte: William Ladd Skinner
Figurino: Elsa Zamparelli
Guarda-Roupa: Birgitta Bjerke, Cathy Smith, Julia Gombert
Maquiagem: Francisco X. Pérez, David Atherton, Frank Carrisosa
Efeitos Sonoros: Russell Williams II, Jeffrey Perkins, Bill Benton, G. Watkins
Efeitos Especiais: Robbie Knott, Shannon Shea, Howard Berger e outros
Efeitos Visuais: Robert Bailey, Paul Curley, Rocco Gioffre, Matthew Yuricich
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 1991

Elenco

Kevin Costner Tenente Dunbar
Mary McDonnell Faca em Punho
Graham Greene Pássaro Esperneante
Rodney A. Grant Cabelo ao Vento
Tantoo Cardinal Xale Negro
Robert Pastorelli Timmons
Charles Rocket Tenente Elgin
Maury Chaykin Major Fambrough
Jimmy Herman Bezerro de Pedra
Nathan Lee Chasing Horse Grande Sorriso
Floyd Westerman Chefe Dez Ursos
Michael Spears Lontra
Jason R. Lone Hill Verme
Donald Hotton General Tide
Wayne Grace Major
Larry Joshua Sargento Bauer
Tom Everett Sargento Pepper
Tony Pierce Cabo Spivey
Kirk Baltz Edwards
Annie Costner Christine
Elisa Daniel Mãe de Christine
Conor Duffy Willie
James A. Mitchell Ray
Percy White Plume Grande Guerreiro
Redwing Ted Nez Guerreiro Sioux
Marvin Holy Guerreiro Sioux
Raymond Newholy Guerreiro Sioux
Nick Thompson Soldado Confederado
Carter Hanner Soldado Confederado
Robert Goldman Soldado da União
Bill Costner Soldado da União

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Kevin Costner, Jim Wilson)

Oscar de Melhor Direção (Kevin Costner)

Oscar de Melhor Fotografia (Dean Semler)

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Russell Williams II, Jeffrey Perkins, Bill Benton, Gregory Watkins )

Oscar de Melhor Edição (Neil Travis)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (John Barry)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Michael Blake)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Direção (Kevin Costner)

Prêmio de Melhor Roteiro (Michael Blake)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Estrangeiro (Kevin Costner)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Filme-Drama para a Família

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Prata de Melhor Contribuição Artística (Kevin Costner)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Fotografia (Dean Semler)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Kevin Costner)

Prêmios Júpiter, Alemanha

Prêmio Jupiter de Melhor Filme Internacional (Kevin Costner)

Prêmio Jupiter de Melhor Diretor Internacional (Kevin Costner)

Prêmio Júpiter de Melhor Ator Internacional (Kevin Costner)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro baseado em material previamente publicado (Michael Blake)

Prêmios Golden Camera, Alemanha

Prêmio Golden Camera de Melhor Filme Internacional (Kevin Costner)

Prêmios Golden Screen, Alemanha

Prêmio Golden Screen

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Arranjo Instrumental (John Barry)

Sociedade dos Filmes Políticos, Estados Unidos

Prêmio da Paz

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator (Kevin Costner)

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Graham Greene)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary McDonnell)

Oscar de Melhor Figurino (Elsa Zamparelli)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Jeffrey Beecroft, Lisa Dean)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Ator (Kevin Costner)

Prêmio de Melhor Direção (Kevin Costner)

Prêmio de Melhor Filme (Kevin Costner, Jim Wilson)

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado (Michael Blake )

Prêmio de Melhor Fotografia (Dean Semler)

Prêmio de Melhor Edição (Neil Travis)

Prêmio de Melhor Maquiagem (Francisco X. Pérez)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (John Barry )

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Jeffrey Perkins, Bill Benton, Gregory Watkins, Russell Williams II )

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (Kevin Costner)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro (Kevin Costner)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary McDonnell)

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Kevin Costner)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (John Barry )

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Roteiro (Michael Blake)

Prêmio de Melhor Diretor (Kevin Costner)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro (Kevin Costner)

David de Melhor Ator Estrangeiro (Kevin Costner)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Figurino (Elsa Zamparelli )

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Kevin Costner)

Prêmio Nova Geração (Kevin Costner)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Durante a Guerra Civil Americana, o tenente John Dunbar, do exército da União, foge de um hospital de campanha quando percebe que vão amputar um dos seus pés.  Conseguindo, milagrosamente, sobreviver, é recebido como herói e condecorado.  A seu pedido, vai para um longínquo e pequeno Posto de fronteira, em Dakota, numa região povoada por índios da tribo Sioux.  Ao chegar ao novo local, Fort Sedgewick, ele estranha o fato de encontrar tudo abandonado.

Lá, seu primeiro visitante é um lobo curioso que ele lhe dá o nome de 'Duas Meias'.  Mantendo um diário, ele registra suas rotinas do dia-a-dia.  Nos seus primeiros encontros com os Sioux, em meio às pradarias, ele registra como essa tribo é cautelosa ao se aproximar de estranhos.  O homem sagrado da tribo é pensativo e genuinamente interessado em comunicar-se com Dunbar.  Um dia, eles trazem consigo, 'Faca em Punho', uma mulher branca criada pelos Sioux, após sua família ser massacrada pela tribo 'Pawnee'.  Como ainda se lembra um pouco da língua inglesa, ela passa a ser intérprete e, assim, em pouco tempo, Dunbar passa a viver com a tribo, que lhe dá o nome de 'Dança com Lobos'.

A convivência com os indígenas faz com que Dunbar, pouco a pouco, vá adquirindo seus costumes, ao mesmo tempo em que ganha respeito dos nativos e conquista o coração de 'Faca em Punho'.

imagem

Comentários

"Dança com Lobos" é um filme que consegue capturar a essência de algo que, infelizmente, há muito foi esquecido: o respeito à cultura das antigas tribos americanas.  O filme tem passagens inesquecíveis como, por exemplo, a seqüência da caçada a búfalos.

Costner, além de produzir, juntamente com Jim Wilson, dirige e atua, como o personagem central deste fabuloso épico.  Para tanto, ele conta com um ótimo roteiro e uma bela trilha sonora.

Enfim, "Dança com Lobos" é um filme apaixonante e uma das obras mais marcantes dos anos 90.

CAA