Filmes por gênero

O HOMEM DO OESTE (1958)

Man of the West
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'homme de l'Ouest (França)
Dove la terra scotta (Itália)
El hombre del Oeste (Espanha, Argentina)
Der Mann aus dem Westen (Austria, Alemanha)
Mannen från västern (Suécia)
Manden fra Vesten (Dinamarca)
Czlowiek z Zachodu (Polônia)
A vadnyugati ember (Hungria)
Человек с запада (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Anthony Mann
Roteiro: Reginald Rose
Produção: Walter Mirisch
Música Original: Leigh Harline
Fotografia: Ernest Haller
Direção de Arte: Hilyard M. Brown
Figurino: Yvonne Wood
Guarda-Roupa: Bert Henrikson
Maquiagem: Emile LaVigne
Efeitos Sonoros: Jack Solomon, Robert A. Reich
Efeitos Especiais: Jack Erickson
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1960

Elenco

Gary Cooper Link Jones
Julie London Billie Ellis
Lee J. Cobb Dock Tobin
Arthur O'Connell Sam Beasley
Jack Lord Coaley
John Dehner Claude
Royal Dano Trout
Robert J. Wilke Ponch
Dick Elliott Willie
Frank Ferguson Delegado de Crosscut
Emory Parnell Henry
Guy Wilkerson Condutor do trem
Joe Dominguez Homem mexicano
Tina Menard Juanita
Tom London Amigo de Henry
Jack Williams Alcutt
Glen Walters Passageira do trem
Herman Hack Passageiro do trem
Signe Hack Passageira do trem
Ann Kunde Passageira do trem

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

O forasteiro Link Jones viaja para a pequena cidade de Crosscut, no Texas, para pegar o trem para Fort Worth, onde pretende usar as economias de sua comunidade de Good Hope para contratar uma professora. Na plataforma do trem, Sam Beasley fala brevemente com Link, despertando as suspeitas do xerife da cidade, que diz à Link que Sam é um conhecido vigarista. Quando o xerife comenta que Link parece ser familiar, ele se mostra evasivo em relação à sua identidade. A bordo do trem, Sam junta-se à Link e, depois de tomar conhecimento de sua missão em Fort Worth, afirma que ele pode ajudar. Sua conversa é ouvida por um passageiro de aparência suspeita, Alcutt.

Quando o trem faz uma parada para se abastecer de madeira, usada como combustível, Sam apresenta Link à cantora Billie Ellis, que trabalha em um Bar de Crosscut, que Sam insiste que seria a professora ideal. Enquanto os outros passageiros ajudam a carregar o trem com a madeira, Alcutt permanece a bordo, fingindo dormir, para sinalizar aos seus comparsas, Coaley, Trout e Ponch, que com ele pretendem assaltar o trem. Link tenta intervir e é deixado inconsciente. O assalto, no entanto, é impedido pela ação rápida do guarda-trem, que ordena sua partida imediatamente. Alcutt leva as economias de Good Hope, mas é ferido ao saltar do trem com os assaltantes.

Ao recobrar sua consciência, Link descobre que ele, Sam e Billie foram deixados para trás, muitas milhas de distância da cidade mais próxima. Link leva Billie e Sam para uma fazenda deserta, onde morou anos atrás. Enquanto os outros aguardam no celeiro, ele entra na casa e descobre que os ladrões do trem se escondem lá dentro. Ao vê-lo, Coaley desconfia de sua afirmação de que ele e os outros querem apenas passar a noite. Os dois são interrompidos pela chegada de Dock Tobin, que se mostra surpreso ao ver Link, seu sobrinho, que ele criou como assassino e ladrão e que o abandonou há mais de doze anos, para levar uma vida digna.

Tobin lamenta que nada tenha sido o mesmo desde a partida de Link e o apresenta a um grupo que ele agora comanda, incluindo Coaley, que é primo do próprio Link. Perturbado com a revelação da identidade de Link, Coaley mata Alcutt, que se achava ferido desde a fuga do trem. Percebendo o perigo da sua situação, Link traz Billie e Sam para a casa, dizendo-lhes que havia procurado seu tio após ter perdido o trem. Na ocasião, Tobin revela sua intenção de roubar o Banco de Lassoo e afirma que o retorno de Link para a gangue tornará esse seu desejo possível.

Link concorda em participar do assalto ao Banco para proteger Billie, e depois de declarar que ela é sua namorada, sai para ajudar Sam a cavar uma sepultura para Alcutt. Logo em seguida, ao ouvir os gritos de Billie, Link descobre que Coaley, embriagado, está forçando a cantora a fazer um striptease. Ao procurar defendê-la, Link é imobilizado por Coaley, com uma faca em sua garganta, enquanto Tobin se mostra desinteressado até que a moça esteja quase nua. O velho, então, intervém e, rindo, ordena que Link e Billie vão dormir no celeiro. Ao chegarem lá, Billie confessa que não está acreditando que ele tenha um dia se envolvido com gente daquela espécie.

Quando Link encontra o saco das economias de sua comunidade vazio sobre o feno, ele declara que vai recuperar o dinheiro de Good Hope, nem que tenha que matar toda a gangue. Embora preocupada com a situação, Billie se mostra tocada pelos esforços sinceros de Link em protegê-la. Na ocasião, ele lhe fala das dificuldades que encontrou para começar uma vida nova, de sua esposa e seus dois filhos, além do respeito das pessoas de sua cidade que, mesmo conhecendo seu passado, confiaram nele a ponto de lhe entregarem suas economias.

Claude Tobin, outro primo de Link, chega perguntando sobre o atentado ao trem e se mostra descontente ao tomar conhecimento de seu retorno. Claude, então, revela que o xerife de Crosscut descobriu a identidade de Link e o conectou à gangue Tobin. Este rejeita a sugestão de Claude e Coaley, de matar Link e, com os outros, parte numa viagem de quatro dias para Lassoo. Naquela noite, Link briga com Coaley e, depois de esmurrá-lo fortemente, o obriga a tirar a roupa. Profundamente humilhado, e contra as ordens de Tobin, Coaley tenta atirar em Link, mas Sam intercede e é morto. Em seguida, Tobin atira em Coaley por desobedecê-lo.

Naquela noite, durante uma conversa com Link, Billie lamenta que finalmente tenha encontrado um homem que valha a pena amar, mas que nunca poderá ser dela. No dia seguinte, Link pergunta a Claude por que ele permaneceu com Tobin, levando ele a declarar que o ama como o único pai que já teve e adverte Link de que ele não conseguirá vencer a gangue. Fora de Lassoo, os voluntários para o assalto ao Banco insistem que ele deve ser acompanhado pelo mudo Trout. Os dois descobrem que Lassoo é uma cidade fantasma e que o Banco encontra-se deserto, tendo apenas uma amedrontada mexicana, que Trout mata em pânico. Em seguida, Link mata Trout e aguarda a chegada de Claude e Ponch. Em um embate prolongado, Claude e Ponch tentam cercar Link, mas este consegue matar Ponch e, em seguida, com algum arrependimento, Claude.

Voltando ao acampamento, Link descobre que Tobin violou e espancou Billie e sai em busca do velho, que se acha vagando embriagado pelas montanhas próximas. Ao encontrá-lo, ele lhe diz que, como Lassoo, ele é um fantasma e, em seguida, o mata e recupera sua bolsa com as economias de Good Hope. Ao voltar com ele, Ellie declara que vai continuar a cantar, sabendo que ele retornará para sua casa e família.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Anthony Mann, a partir de um roteiro escrito por Reginald Rose, “O Homem do Oeste” é um faroeste norte-americano produzido pelas empresas Ashton Productions, Inc. e Walter Mirisch Productions em 1958. Sua trama, baseada no livro “The Border Jumpers” de Will C. Brown, é marcada por um ótimo ritmo do início ao fim.

Na direção, Mann nos brinda com um ótimo trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia em CinemaScope, assinada por Ernest Haller. No elenco, Gary Cooper e Lee J. Cobb brilham em seus respectivos papeis, seguidos pelas ótimas atuações de Julie London, Arthur O'Connell e Jack Lord.

CAA