Filmes por gênero

PEIXE GRANDE E SUAS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS (2003)

Big Fish
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O grande peixe (Portugal)
Big fish - Le storie di una vita incredibile (Itália)
Big fish: La légende du gros poisson (Canadá francês)
El gran pez (México, Argentina)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Fantasia
Direção: Tim Burton
Roteiro: John August
Produção: Richard D. Zanuck, Bruce Cohen, Dan Jinks
Design Produção: Dennis Gassner
Música Original: Danny Elfman
Fotografia: Philippe Rousselot
Edição: Chris Lebenzon
Direção de Arte: Roy Barnes, Robert Fechtman, Jack Johnson e outros
Figurino: Colleen Atwood
Guarda-Roupa: Cha Blevins, Deborah Ambrosino, Lee Clayton e outros
Maquiagem: Jean Ann Black, Dorothy J. Pearl, Michelle Vittone e outros
Efeitos Sonoros: Sean Landeros, Skip Lievsay, Kevin O'Connell e outros
Efeitos Especiais: Keith Marbory, Hans Metz, Shane Mahan e outros
Efeitos Visuais: Paddy Eason, Kevin Scott Mack, Seth Maury e outros
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 2004

Elenco

Ewan McGregor Ed Bloom (Jovem)
Albert Finney Ed Bloom (Adulto)
Jessica Lange Sandra Boom (Adulta)
Alison Lohman Sandra Bloom (Jovem)
Billy Crudup Will Bloom
Helena Bonham Carter Jenny / Bruxa
Robert Guillaume Dr. Bennett (Adulto)
Marion Cotillard Josephine
Matthew McGrory Karl, o gigante
David Denman Don Price, entre 18 e 22 anos
Missi Pyle Mildred
Steve Buscemi Norther Winslow
Danny DeVito Amos Calloway
Perry Walston Ed Bloom, aos 10 anos
Hailey Anne Nelson Jenny, aos 8 anos
Grayson Stone Will Bloom, entre 6 e 8 anos
Zachary Gardner Zacky Price, aos 10 anos
John Lowell Don Price, aos 12 anos
Darrell Vanterpool Wilbur, aos 10 anos
Destiny Cyrus Ruthie, aos 8 anos
Karlos Walkes Dr. Bennett (Jovem)
Jake Brake Zacky (Idoso)
Ada Tai Ping
Arlene Tai Jing
Don Young Shephard

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Estrangeiro em Língua não Espanhola (Tim Burton)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Tim Burton)

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais Especiais

Prêmio de Melhor Maquiagem

Prêmio de Melhor Design de Produção

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Albert Finney )

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro (Tim Burton)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Canção Original (Man of the Hour)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Albert Finney )

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Filme-Comédia para a Família

Prêmio de Melhor Atriz com 10 anos ou menos (Hailey Anne Nelson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Aos oito anos, confinado em uma cama por causa de uma anomalia no crescimento, Ed Bloom passa o tempo lendo a Enciclopédia Mundial.  O que mais lhe chama a atenção, é um artigo sobre o peixe-dourado, no qual ele aprende que "se um peixe-dourado é mantido num pequeno aquário ou compartimento, ele não crescerá.  E que, com mais espaço, este ser pode dobrar, triplicar e até mesmo quadruplicar seu tamanho".

Dez anos mais tarde, depois de se tornar um dos mais populares jovens de Ashton, na Carolina do Sul, ele percebe que, tal como o peixe-dourado, para crescer, ele terá de sair de casa e explorar o mundo.  Como ele diz para o seu novo amigo, Karl o Gigante, "Você acha que esta cidade é muito pequena para você? Bem, ela é muita pequena para um homem de ambições tão grandes como as minhas.  Eu adoro cada canto deste lugar.  Mas eu sinto que seus limites se fecham em direção a mim.  A vida de um homem só pode crescer até um certo ponto num lugar como este".

Muitos anos depois, após ter vivido inúmeras aventuras, Bloom é conhecido como sendo um contador de histórias fabulosas sobre sua vida, rica em momentos incríveis, bem diferente daquela de um jovem comum vivida por ele no passado, quando sua sede de viajar o levou ao redor do mundo e o trouxe de volta.

Suas façanhas foram do encantador ao surreal, passando por seus encontros com gigantes, cantoras coreanas, uma bruxa de olho de vidro, capaz de prever o futuro - e, é claro, um peixe grande que se recusa a ser capturado.

As fabulosas histórias de Bloom encantam a todos que ele encontra, exceto a seu filho Will, que também deixou sua casa para fugir da proteção paterna.

Anos depois, quando Ed Bloom adoece, Will mora na França com a mulher Josephine, grávida.  Chamado pela mãe, ele viaja até a casa dos pais, acompanhado da mulher, onde percebe que Ed não perdeu o hábito de contar e repetir suas velhas estórias.  Tal oportunidade, faz com que Will embarque numa jornada pessoal para tentar separar o mito da realidade sobre a vida de seu pai e chegar a uma aceitação em relação aos enormes feitos e grandes fracassos daquele homem. 

imagem imagem imagem

Comentários

"Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas" é uma deliciosa fantasia, com toques de comédia.  Realizado pelo cineasta Tim Burton, o filme parte de um excelente roteiro, assinado por John August, que se baseou no livro de Daniel Wallace.

A história é bastante rica e contada de forma extremamente inteligente.  Além dos ótimos trabalhos de Tim Burton e John August, o filme apresenta ainda um grande design de produção, assinado por Dennis Gassner, uma maravilhosa trilha sonora, a bela fotografia de Philippe Rousselot e um bom trabalho de efeitos visuais.

O elenco é de primeiríssima qualidade.  Ewan McGregor e Albert Finney estão perfeitos como Ed Bloom, em épocas diferentes.  Coadjuvando-os, destacam-se Jessica Lange, Billy Crudup, Danny DeVito, Steve Buscemi, Helena Bonham Carter, Alison Lohman e Hailey Anne Nelson.

CAA