Filmes por gênero

PERFUME DE MULHER (1992)

Scent of a woman
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Le temps d'un week-end (França)
Scent of a Woman - Profumo di donna (Itália)
Esencia de mujer (Espanha)
Perfume de mujer (Argentina, México, Venezuela, Peru)
Der duft der frauen (Alemanha, Austria)
En kvinnas doft (Suécia)
En duft af kvinde (Dinamarca)
Zapach kobiety (Polônia)
Запах женщины (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Martin Brest
Roteiro: Bo Goldman
Produção: Martin Brest
Design Produção: Angelo P. Graham
Música Original: Thomas Newman
Coreografia: Jerry Mitchell, Paul Pellicoro
Fotografia: Donald E. Thorin
Edição: William Steinkamp, Michael Tronick, Harvey Rosenstock
Direção de Arte: W. Steven Graham
Figurino: Aude Bronson-Howard
Guarda-Roupa: Benjamin Wilson, Melissa Stanton, David C. Robinson
Maquiagem: Carl Fullerton, Robert Laden, Allen Weisinger
Efeitos Sonoros: Daniel Rosenblum, J. Paul Huntsman, John Haeny e outros
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Al Pacino Ten. Coronel Frank Slade
Chris O'Donnell Charlie Simms
Gabrielle Anwar Donna
James Rebhorn Sr. Trask
Philip Seymour Hoffman George Willis Jr.
Richard Venture W. R. Slade
Bradley Whitford Randy
Rochelle Oliver Gretchen
Margaret Eginton Gail
Tom Riis Farrell Garry
Nicholas Sadler Harry Havemeyer
Todd Louiso Trent Potter
Matt Smith Jimmy Jameson
Gene Canfield Manny
Frances Conroy Christine Downes
June Squibb Sra. Hunsaker
Sally Murphy Karen Rossi
Michael Santoro Donny Rossi
Alyson Feldman Francine Rossi
Erika Feldman Francine Rossi
Max Stein Willie Rossi
Anh Duong Sofia
David Lansbury Michael
Baxter Harris George Willis, Sr.
Paul Stocker Porteiro

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator (Al Pacino)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Al Pacino)

Prêmio de Melhor Roteiro (Bo Goldman)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (Chris O'Donnell)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (Martin Brest)

Oscar de Melhor Filme (Martin Brest)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Bo Goldman )

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Chris O'Donnell)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado (Bo Goldman )

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Ator (Al Pacino)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Al Pacino)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro baseado em material previamente publicado (Bo Goldman )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Frank Slade é um tenente-coronel da reserva do exército dos Estados Unidos.  Ele é cego, arrogante, incapaz de se deslocar sozinho e vive na casa de uma sobrinha.  Para realizar o sonho de passar um fim-de-semana em grande estilo, aproveitando o feriado do Dia de Ação de Graças, contrata por US$ 300 o jovem e inexperiente estudante, Charlie Simms, como seu acompanhante, e viaja para Nova York.

Durante a viagem, Frank, esquecendo um pouco sua amarga infelicidade, começa a se interessar pelos problemas do rapaz.  Desse modo, um trabalho que começara, para Charlie, apenas como uma forma de ganhar um pouco de dinheiro, que o ajudaria em seus planos de entrar para a Universidade, transforma-se numa verdadeira viagem de auto-conhecimento para ele.

Por outro lado, por trás daquela aparente rigidez militar, surge um Frank romântico, capaz de identificar o perfume que uma mulher esteja usando, a quinze metros de distância.Frank Slade é um tenente-coronel da reserva do exército dos Estados Unidos.  Ele é cego, arrogante, incapaz de se deslocar sozinho e vive na casa de uma sobrinha.  Para realizar o sonho de passar um fim-de-semana em grande estilo, aproveitando o feriado do Dia de Ação de Graças, contrata por US$ 300 o jovem e inexperiente estudante, Charlie Simms, como seu acompanhante, e viaja para Nova York.

Durante a viagem, Frank, esquecendo um pouco sua amarga infelicidade, começa a se interessar pelos problemas do rapaz.  Desse modo, um trabalho que começara, para Charlie, apenas como uma forma de ganhar um pouco de dinheiro, que o ajudaria em seus planos de entrar para a Universidade, transforma-se numa verdadeira viagem de auto-conhecimento para ele.

Por outro lado, por trás daquela aparente rigidez militar, surge um Frank romântico, capaz de identificar o perfume que uma mulher esteja usando, a quinze metros de distância.

imagem

Comentários

"Perfume de Mulher" é um ótimo entretenimento.  Produzido e dirigido pelo cineasta Martin Brest, o filme narra as aventuras de um militar reformado e cego, ao viajar com um guia por ele contratado, num fim-de-semana que irá mudar suas vidas para sempre.

A produção é de alta qualidade e a direção de Brest é consistentemente boa do início ao fim, onde ele consegue dosar muito bem humor e drama.  Al Pacino dá um show de interpretação, como o arrogante militar, e nos brinda com momentos deliciosos como, por exemplo, na cena em que dança com a jovem Donna, personagem da atriz inglesa, Gabrielle Anwar.

Enfim, "Perfume de Mulher" é um filme gostoso de se assistir e imperdível para um bom cinéfilo.

CAA