Filmes por gênero

O REI DO RIO (1985)

imagem

Ficha Técnica

Pais: Brasil
Gênero: Drama
Direção: Fábio Barreto
Roteiro: Fábio Barreto, Jorge Durán, José Jóffily
Produção: Lucy Barreto, Luiz Carlos Barreto, Luiz Carlos Lacerda
Design Produção: Pedro Nanni
Música Original: Sérgio Saraceni
Coreografia: Ciro Barcelos
Fotografia: José Tadeu Ribeiro
Edição: Raimundo Higino
Direção de Arte: Anísio Medeiros
Figurino: Tetê Amarante
Maquiagem: Antônio Pacheco
Efeitos Sonoros: Heron Alencar, Luiz Cristiano, Jorge Saldanha, Denise Fontoura
Efeitos Especiais: Sérgio Farjalla
Nota: 5.5
Filme Assistido em: 1986

Elenco

Nuno Leal Maia Tucão
Nelson Xavier Nico Sabonete
Milton Gonçalves Mestre Cacareco
Andréa Beltrão Taís
Amparo Grizales Marília
Antônio Pitanga Geraldão
Tonico Pereira Delegado Paixão
Flávio São Thiago Farias
Toni Tornado Kidoka
Arthur Muhlenberg Marco
Tessy Callado Tereza
Márcia Barreto Célia
Arthur Muhlemberg Márcio
Zezé Macedo
Thelma Reston
Guilherme Karan
Lutero Luiz
Carlos Gregório

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No Rio de Janeiro, Tucão e Nico Sabonete, amigos desde criança, trabalham no jogo do bicho para Mestre Cacareco.  Sonham com uma vida melhor e se associam para fazer frente ao grande banqueiro e ocupar seu lugar.

Com o próprio dinheiro de Cacareco, Tucão e Nico acertam uma aposta, montam seu negócio e conseguem vencer o grande banqueiro.  Estamos em 1964.  Um golpe militar derruba o governo João Goulart.  A vida melhora para os dois quando Cacareco é eliminado.

Já casados e com filhos, Marco e Taís, e com as mulheres também amigas, o relacionamento deles começa, entretanto, a ser abalado quando se inicia a disputa pelo poder.  Os dois trabalham e se arriscam igualmente, mas Tucão usufrui do poder com maiores regalias.  Ganha a diretoria da escola de samba, sai nos jornais ao lado de empresários e políticos, e tem um maior número de pontos de bicho espalhados pela cidade.

Marília, amante desde sempre de Tucão, é uma cantora que começou em teatro de revista e, no momento, canta os sucessos do rádio e da TV nos melhores palcos da cidade.  Mulher influente, amiga dos políticos e delegados, faz tudo para ampliar os contatos de Tucão.  Ela quer levá-lo ao tráfico de drogas.

Tucão recusa-se, pois quer proteger o nome e a honra de sua bem constituída família.  O grupo de Marília consegue, então, a prisão de Nico e Tucão para intimidá-los.  Deixando Nico na cadeia entregue à sua própria sorte, Tucão sai da prisão, simulando que vai aceitar o tráfico de drogas.

Entretanto, engana Marília, uma vez que, para ele, "jogo e droga não se casam".  Com a declaração de guerra, rompe-se definitivamente a relação de amizade entre as duas famílias.  Tucão persegue e proíbe o amor entre Marco e Taís.  Marco fica à frente dos negócios do pai e logo evidencia também sua sede de poder.

imagem

Comentários

Baseado na peça "O Rei de Ramos" de Dias Gomes, "Rei do Rio" não chega a ser um bom filme nacional. 

Realizado pelo cineasta Fábio Barreto, que também participou da elaboração do roteiro, o filme narra a rivalidade de dois banqueiros do jogo bicho, na cidade do Rio de Janeiro, durante os anos que se seguiram ao golpe militar de 1964.

Embora tenha ficado abaixo de minhas expectativas, "Rei do Rio" merece ser visto.

CAA