Filmes por gênero

AS AVENTURAS DE MARK TWAIN (1944)

The adventures of Mark Twain
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les aventures de Mark Twain (França)
Il pilota del Mississippi (Itália)
Las aventuras de Mark Twain (Espanha)
Die abenteuer Mark Twains (Alemanha, Áustria)
Mark Twains äventyr (Suécia)
Aventurile Lui Mark Twain (Romênia)
Historien om Mark Twain (Dinamarca)
Mark Twainin seikkailut (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Biográfico
Direção: Irving Rapper
Roteiro: Alan Le May
Produção: Jesse L. Lasky
Música Original: Max Steiner
Direção Musical: Leo F. Forbstein
Fotografia: Sol Polito
Edição: Ralph Dawson
Direção de Arte: John Hughes
Figurino: Orry-Kelly
Maquiagem: Perc Westmore
Efeitos Sonoros: Robert B. Lee, Nathan Levinson
Efeitos Especiais: Lawrence Butler, John Crouse, Paul Detlefsen, Edward Linden
Efeitos Visuais: Chesley Bonestell
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1945

Elenco

Fredric March Samuel Langhorne Clemens (Mark Twain)
Alexis Smith Olivia Langdon Clemens
Donald Crisp J.B. Pond
Alan Hale Steve Gillis
C. Aubrey Smith Chanceler de Oxford
John Carradine Bret Harte
William Henry Charles Langdon
Robert Barrat Horace E. Bixby
Walter Hampden Jervis Langdon
Joyce Reynolds Clara Clemens
Whitford Kane Joe Goodwin, Editor
Nana Bryant Sra. Langdon
Jackie Brown Samuel Clemens, aos 12 anos
Dickie Jones Samuel Clemens, aos 15 anos
Russell Gleason Orion Clemens
Frank Wilcox Juiz Clemens
Kay Johnson Jane Clemens
Pat O'Malley Assistente do Comandante
Monte Blue Comandante do 'Queen of Dixie'
Peter Lawford Jovem em Oxford
Douglas Wood William Dean Howells
Willie Best George
Burr Caruth Oliver W. Holmes
Lynn Baggett Susie Clemens
Gene Holland Huckleberry Finn
Michael Miller Tom Sawyer

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção de Arte

Oscar de Melhor Trilha Sonora

Oscar de Melhores Efeitos Especiais

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 30 de novembro de 1835, na noite em que o cometa Halley é visível sobre o Rio Mississippi, em Missouri, nasce Samuel Clemens. Quando criança, Sam brinca com seus amigos, Tom Sawyer, Huckleberry Finn e Jim, um garoto negro e escravo. Sam ama o rio e os barcos a vapor que transitam por ele, a ponto de, apesar dos desejos de sua mãe viúva, largar seu trabalho como aprendiz de pintor para trabalhar num dos tais barcos. Assim, depois de vários anos de prática, Sam torna-se um grande piloto do rio.

Certa noite, Sam evita que um batedor de carteiras roube Charles Langdon, e os dois se tornam amigos. Sam fica particularmente impressionado com uma fotografia da bela irmã de Charles, Olivia, e afirma que pretende se casar com ela. Para alcançar seu objetivo, larga o rio e acompanha seu amigo Steve Gillis rumo ao Oeste, onde planejam fazer fortuna quando da corrida da prata. Os dois amigos não têm sorte, de modo que, quando o repórter de um jornal local é morto, Sam consegue assumir o seu posto.

Certo dia, Bret Harte desafia todos os recém-chegados a participarem de uma corrida de sapos no Angel’s Camp. Determinado a ganhar, Steve convence Sam a apostar todo o seu dinheiro na corrida. Depois que o sapo de Bret perde, devido ao fato de Steve tê-lo enchido de bolas de chumbo, Sam confessa que havia apostado todo o seu dinheiro no sapo de Bret, e os dois homens exigem um novo jogo. Mais tarde, Sam redige a história usando “Mark Twain” como seu pseudônimo.

Quando começa a Guerra Civil, Sam se alista no exército sulista. Enquanto isso, sua história é publicada em um jornal, e o editor Oxford Chancellor o convida para dar uma palestra. No auditório, acham-se Charles e sua irmã Olivia. Depois de sua bem-sucedida palestra, muitas famosas e influentes pessoas vão procurá-lo nos bastidores, mas ele só tem olhos para a jovem.

Charles e Olivia o convidam para ir até a casa da família, onde o austero Sr. Jervis Langdon não gosta do seu jeito e o convida a se retirar. Fingindo-se ferido, Sam consegue ficar perto de Olivia e, em pouco tempo, os dois se tornam noivos. Ao invés de lutar contra o casamento da filha, Jervis compra uma casa para ela como presente de casamento.

Rapidamente, Sam escreve vários livros de sucesso, mas quando seu filho morre, ele fica inconsolável e para de escrever. Olivia o convence a escrever a história de seu querido Mississippi, como ele gostaria de contar para o filho. É quando ele escreve “As Aventuras de Tom Sawyer”. Depois que Sam insulta os escritores da Nova Inglaterra, durante um jantar em honra de John Greenleaf Whittler, ele escreve “Huckleberry Finn” a fim de se redimir junto aos olhos de Olivia. Em seguida, ele pretende escrever um livro sério, mas problemas financeiros o obrigam a continuar com seu estilo de sucesso. Finalmente, depois que sua editora publica as memórias de Ulysses S. Grant e Sam dá todos os lucros à viúva de Grant, os Clemens enfrentam a falência.

Para levantar dinheiro, Sam deixa as três filhas e a mulher e parte numa turnê mundial de palestras. Ao conseguir pagar todas as suas dívidas, ele e Olivia se encontram em Florença, Itália. É quando tomam conhecimento que ele vai ser premiado com o grau honorário da Universidade de Oxford. Olivia faz com que ele lhe prometa comparecer à Oxford, mesmo no caso dela não poder acompanhá-lo. Logo depois, ela morre e ele cumpre sua promessa. Agora, sob os cuidados de sua filha mais velha, Sam acumula novas honrarias. Finalmente, no dia de seu 75º aniversário, ele morre, como nasceu, acompanhado pela nova passagem do cometa Halley.

imagem

Comentários

Baseado numa peça de Harold M. Sherman, com diálogos adicionais de Harry Chandlee e roteiro de Alan Le May, “As Aventuras de Mark Twain” é um ótimo filme biográfico. Realizado pelo cineasta Irving Rapper, o filme acompanha a vida do escritor Samuel Langhorne Clemens, desde sua infância até sua morte aos 75 anos de idade.

Rapper nos brinda com uma direção consistentemente boa. Merecem também ser mencionados os trabalhos de efeitos sonoros, de direção de arte, e a bela trilha sonora de Max Steiner.

São inúmeras as cenas marcantes apresentadas nesse filme. A cena final, por exemplo, é comovente e inesquecível.

No elenco, o grande destaque é Fredric March, mostrando-nos sua versatilidade, dominando o filme. Alexis Smith, como sempre, está maravilhosa no papel de Olivia, mostrando-se uma mulher devotada e ao mesmo tempo realista. Entre os coadjuvantes, o grande nome é o de Donald Crisp, seguido pelos de John Carradine e Alan Hale.

CAA