Filmes por gênero

A BESTA HUMANA (1938)

La bête humaine
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A fera humana (Portugal)
La bestia humana (Espanha, México)
L'angelo del male (Itália)
Bestie Mensch (Alemanha)
Judas was a woman (UK)
Människans lägre jag (Suécia)
Bestia ludzka (Polônia)
Het dierlijke in de mens (Holanda)
Человек-зверь (União Soviética)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: Jean Renoir
Roteiro: Jean Renoir
Produção: Robert Hakim, Raymond Hakim
Design Produção: Eugène Lourié
Música Original: Joseph Kosma
Fotografia: Curt Courant
Edição: Suzanne de Troeye, Marguerite Renoir
Figurino: Laure Lourie
Efeitos Sonoros: Robert Teisseire
Nota: 8.9
Filme Assistido em: 1952

Elenco

Jean Gabin Jacques Lantier
Simone Simon Séverine Roubaud
Fernand Ledoux Roubaud
Blanchette Brunoy Flore
Gérard Landry O filho Dauvergne
Jenny Hélia Philomène Sauvagnat
Julien Carette Pecqueux
Colette Régis Victoire Pecqueux
Charlotte Clasis Tia Phasie
Jacques Berlioz Grandmorin
Tony Corteggiani Dabadie
André Tavernier Juiz Denizet
Jean Renoir Cabuche
Jacques Roussel Comissário Cauche
Maurice Marceau Mecânico
Georges Spanelly Camy-Lamotte
Georges Péclet Ferroviário
Marcel Veyran Cantor
Léon Larive Criado

Indicações

Festival Internacional de Veneza, Itália

Copa Mussolini de Melhor Filme Estrangeiro (Jean Renoir)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Jacques Lantier é um atormentado e alcoólatra maquinista  que trabalha na rota entre Le Havre e Paris. Certo dia, ele testemunha o casal Roubaud e Séverine cometer um assassinato. Roubaud, que é sub-chefe da estação ferroviária de Le Havre, solicita que sua mulher convença Jacques a não denunciá-los.

Quando ela se aproxima dele, Jacques se sente fortemente atraído pela jovem e bela mulher. Eles finalmente se tornam amantes e, algum tempo depois, Séverine tenta fazer com que ele mate seu marido.

No entanto, tomado por um ataque de loucura, ele termina assassinando-a e, movido por um forte remorso, se lança para a morte ao saltar com o trem em alta velocidade.

imagem

Comentários

scrito e dirigido pelo cineasta Jean Renoir, “A Besta Humana” é um excelente filme produzido pela Paris Film em 1938. Sua trama, baseada num romance de Émile Zola, conta uma história macabra, sombria e estranhamente fascinante.

Na direção, Renoir, demonstrando mais uma vez seu completo domínio da câmera, nos brinda com mais um belo trabalho. A fotografia, a cargo de Curt Courant, é outro quesito que merece elogios.

No elenco, Jean Gabin brilha no papel de Jacques Lantier, seguido pelas ótimas atuações de Simone Simon e Fernand Ledoux.

Finalmente, indicado à Copa Mussolini de Melhor Filme Estrangeiro, durante o Festival de Veneza, “A Besta Humana” é um filme altamente recomendável.

CAA