Filmes por gênero

CARRINGTON - DIAS DE PAIXÃO (1995)

Carrington
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Carrington - Liebe bis in den Tod (Alemanha)
Sotaoikeus (Finlândia)
A festőnő szerelmei (Hungria)
Кэррингтон (Rússia)
Pais: Reino Unido, França
Gênero: Drama, Biográfico
Direção: Christopher Hampton
Roteiro: Christopher Hampton
Produção: John McGrath, Ronald Shedlo
Design Produção: Caroline Amies
Música Original: Michael Nyman
Coreografia: Stuart Hopps
Fotografia: Denis Lenoir
Edição: George Akers
Direção de Arte: Frank Walsh
Figurino: Penny Rose
Guarda-Roupa: Adrian Simmons, Jill Avery, Loredana Nicolao, K. Hecktermann
Maquiagem: Norma Webb, Elaine Davis, Christine Beveridge
Efeitos Sonoros: Peter Lindsay, Graham Daniel, Ray Merrin, Jupiter Sen e outros
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1995

Elenco

Emma Thompson Dora Carrington
Jonathan Pryce Lytton Strachey
Steven Waddington Ralph Partridge
Samuel West Gerald Brenan
Rufus Sewell Mark Gertler
Penelope Wilton Lady Ottoline Morrell
Janet McTeer Vanessa Bell
Peter Blythe Phillip Morrell
Jeremy Northam Beacus Penrose
Alex Kingston Frances Partridge
Sebastian Harcombe Roger Senhouse
Richard Clifford Clive Bell
David Ryall Prefeito
Annabel Mullion Mary Hutchinson
Gary Turner Duncan Grant
Georgiana Dacombe Marjorie Gertler
Helen Blatch Enfermeira
Christopher Birch Dr. Starkey Smith
Eva Gray Dançarina
Marzio Idoni Gondoleiro
Daniel Betts .

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Ator (Jonathan Pryce)

Prêmio Especial do Júri (Christopher Hampton)

Sociedade dos Críticos de Cinema do Texas, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Emma Thompson)

Festival Internacional de Vancouver, Canadá

Prêmio do Filme Mais Popular (Christopher Hampton)

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Ator (Jonathan Pryce)

Prêmio Alexander Korda de Melhor Filme Britânico (Ronald Shedlo, John McGrath, Christopher Hampton)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Christopher Hampton)

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Filme Europeu

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

O filme é dividido em 6 capítulos:
1.    Lytton & Carrington, 1915: Durante a Grande Guerra, Lytton Strachey, em viagem, hospeda-se na casa de Vanessa Bell. Lá, ele conhece Dora Carrington, mas confunde-a com um menino e não esconde sua decepção. Por outro lado, durante uma caminhada pelo campo, ele tenta beijá-la, mas ela o rejeita. No entanto, no início da manhã seguinte, ela vai ao quarto dele com a intenção de cortar sua enorme barba, mas para no último minuto, ao contemplá-lo dormindo, e termina se apaixonando por ele.

2.    Gertler, 1916-1918: Mark Gertler tenta ter relações sexuais com Carrington, mas ela se recusa, já que pensa que ele só está interessado nela sexualmente. Preocupado, Gertler pede conselhos a Lytton, mas ela se dá conta de que se acha profundamente apaixonada por ele. Durante uma viagem ao País de Gales, ele propõe que os dois passem a viver juntos. Ela procura e encontra uma casa em Tidmarsh, uma vila na região de West Berkshire. Algum tempo depois, ao descobrir que Carrington e Lytton estão se encontrando, ele ataca o casal.

3.    Partridge 1918-1921: No mesmo ano, Carrington se apaixona por Ralph Partridge, um soldado que voltou da guerra. Em seu primeiro jantar juntos, ele expressa seus pontos de vista, completamente antagônicos aos de Lytton. Quando este vai de férias à Itália, Ralph deixa clara sua intenção de se casar com Carrington. Apaixonada, ela aceita o pedido de casamento e, em sua lua de mel, eles se encontram com Lytton em Veneza. Certo dia, Ralph apresenta seu amigo, Gerald Brenan, à Carrington e a Lytton. Ele está planejando ir para a Espanha a fim de se aperfeiçoar em seus estudos. Carrington e Brenan se sentem atraídos um pelo outro.

4.    Brenan 1921-1923: Embora tente ser fiel a seu amigo Ralph, Brenan e Carrington terminam tendo um caso e os dois passam a se encontrar às escondidas. Quando se aproxima o dia de Brenan ter que viajar para a Espanha, conforme planejado, ele pede para que Carrington fuja com ele, mas ela não aceita seu pedido. De qualquer forma, os dois continuam a se encontrar até o dia em que são apanhados por Ralph. Lytton, por outro lado, ajuda o casal a manter o caso até que este se acabe por si só.

5.    Casa em Ham Spray 1924-1931: Lytton compra uma casa em Ham Spray e vai morar lá em companhia de Carrington e Ralph.  Este agora está tendo um relacionamento com Frances Partridge, enquanto Lytton vive uma relação com Roger Senhouse, um homem mais jovem, de Oxford. Carrington, por outro lado, está se relacionando com Beacus Penrose, um marinheiro que realiza suas fantasias embora não se sinta verdadeiramente atraído sexualmente por ela. Carrington termina engravidando dele, mas em seguida sofre um aborto. Algum tempo depois, Lytton consegue um apartamento em Londres, onde pretende viver com Roger, mas a relação dos dois não terá futuro.

6.    Lytton 1931-1932: Roger e Lytton terminam seus relacionamentos. Pouco depois, Lytton adoece. Carrington, inicialmente, se mostra otimista, mas depois torna-se evidente que ele não vai se recuperar. Carrington tenta cometer suicídio ao se trancar na garagem com o motor de um carro ligado, mas é resgatada em tempo por Ralph. Pouco tempo depois, Lytton finalmente morre, cercado por Ralph, Carrington e Gerald. Deprimida, ela convence Ralph de que precisa ficar algum tempo sozinha. Assim, quando ele atende ao seu pedido, depois de queimar todos os pertences pessoais de Lytton, ela pega uma arma e se suicida.

imagem

Comentários

Baseado num romance de Michael Holroyd e realizado pelo cineasta Christopher Hampton, “Carrington – Dias de Paixão” é um bom filme de meados dos anos 1990. Sua trama gira em torno da tumultuada vida da pintora britânica, Dora Carrington.

Na direção, Hampton realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pelas brilhantes atuações de Emma Thompson e Jonathan Pryce. A trilha sonora, a cargo de Michael Nyman, é um outro aspecto que merece ser destacado.

Enfim, “Carrington – Dias de Paixão” é um filme que merece ser visto.

CAA